Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Blogs

Relacionamento Digital

Empresas verdes são empresas inteligentes ? Parte 2

Tenha mais energia para gastar menos energia. Com todos os recursos tecnológicos que temos disponíveis a um clique do mouse o que precisamos mesmo é de mais ?energia verde? por parte dos gestores da TI.

Por: | 19/11/2007

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Autor: Vinicius Lara Cezar


Grande parte do mercado de TI já conhece soluções como thin clients, printer monitor, virtualização, projetos de refrigeração, mas será que é só isso? Comprou, economizou? Essa visão pode ser estendida, pois a redução de energia elétrica na TI não está apenas relacionada ao retorno financeiro e podemos enxergá-la como um gatilho para várias outras economias e melhorias dentro de uma empresa independente de seu porte e cultura.

Como em nosso ecossistema em que o primeiro elo da cadeia alimentar é o reino vegetal, nós podemos classificar a eletricidade como primeiro elo da "cadeia empresarial" de necessidades básicas para um escritório funcionar, pois de algum modo ela que fornece "vida" a todas as nossas impressoras, computadores, servidores, centrais PABX e até mesmo nossa querida e inestimável cafeteira.

Não é à toa que o Gartner classificou a TI Verde a primeira entre as 10 principais tendências para 2008, isso ainda sem falar nas outras 9 que de alguma forma ajudam direta ou indiretamente  o meio ambiente.

Desenvolver alternativas para economia de energia em uma empresa pode ser muito compensatório ( em todos os sentidos ) visto que como uma cadeia ela irá de forma positiva impactar gastos que fatalmente podem ou já poderiam ter sido reduzidos e até mesmo "cortados". Desenvolver um projeto no qual crie metas inteligentes para a redução do uso da energia elétrica pode até mesmo servir de base para diminuir as impressões ( veja meu artigo anterior ) que conseqüentemente diminuirá o gasto com papel, cartucho, manutenção, operação, etc... Outro exemplo é se calcularmos em 1 ano todos os gastos que um PC fornece comparado a um Thin Client desde energia, manutenção, funcionário parado, funcionário nervoso, etc.,  veremos claramente que vai muito além de ser apenas uma questão financeira e sim até mesmo uma questão de bem estar ( Isso sem contar com a redução de espaço ocupado, calor propagado, e até mesmo do barulho do cooler ).

Por que não inovar agora?

Além de avaliarmos a viabilidade econômica, risco, entre outras análises quando estamos em fase de arquitetura de um projeto, porque não avaliarmos minimamente seu o impacto ambiental? Quanto menor o impacto ambiental mais inteligente e econômico será o projeto e claramente admirado e visto com bons olhos por sua empresa ou cliente.

Com todas as ferramentas e recursos tecnológicos que dispomos no mercado, em 2008 o Gestor de TI poderá enxergar a TI Verde como sua grande aliada ou como um grande inimigo comedor de tempo de projeto. Ao usar a TI Verde como sua aliada e de forma inteligente você e sua empresa terão a grande satisfação em saber que a tecnologia está sendo bem aplicada, seu uso está sendo maximizado e seu departamento está cumprindo com sua responsabilidade sócio-ambiental. Se estiver imaginando a TI Verde como um grande problema, sugiro que entenda mais sobre, e comece a promover iniciativas verdes dentro de sua empresa, pois o futuro está inclinado para profissionais que se preocupam cada vez mais com as questões sócio-ambientais.
Comentários

Acervo

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss