Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Blogs

Relacionamento Digital

Quando o telefone celular deixa de ser apenas telefone celular

Voce acha que celular é só uma ferramenta para conversas à distância? Tenha um verdadeiro exercício de criatividade sobre o futuro desses aparelhos.

Por: | 10/11/2006

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Autor: Gustavo Zanotto


Um dia, olhando para meu aparelho de celular, pensei: "O que ainda esta por vir com os avanços em tecnologia para este pequeno aparelho?"

Já faz algum tempo que Blogs estão presentes em nossas vidas. Todo mundo tem um ou é assíduo freqüentador de um blog. O FotoBlog começa a tomar forma e também se popularizar como o mais novo diário digital, a diferença: ele tem fotos. As fotos muitas vezes tiradas de câmeras digitais.

Celulares com câmeras são a mais nova onda de consumo entre grupos de adolescentes e por pessoas acostumadas com tecnologia. Mas e se existisse um CelularBlog?

Talvez não seja a coisa mais absurda a comentar, mas um dia isso pode vir a ser verdade, ou melhor, já é verdade. Algumas operadoras já oferecem esse serviço aos assinantes. A OI por exemplo participou do site www.realitycup.com.br durante a Copa liberando um espaço em seu fotoblog para os usuários interagirem com torcedores na Alemanha. A dúvida é se estamos preparados para isso e se a tecnologia usada nestes pequenos aparelhos pode receber uma idéia original e inovadora.

Através de seu celular você visita o CelularBlog do seu amigo digitando, talvez, apenas um código de identificação e com isso pode postar comentários e artigos sem precisar ficar na frente de um computador.

Trabalho com internet e todos os dias somos bombardeados com inovações tecnológicas, esses dias descobri um tal de Blob, isso mesmo: Blob. O Blob nada mais é que um aparelho de celular com apenas cinco teclas no lugar do teclado, todas elas para gerenciar ligações. Três delas funcionam como atalhos de chamada rápida: você precisa acessar o site da empresa e cadastrar os números para os quais deseja efetuar chamadas. No site da empresa eles afirmam: "... crianças e idosos não tem dificuldades em usar este aparelho...", que também está disponível para o mercado corporativo, com tarifas e planos diversos, nada atraentes, pois o custo/beneficio ficou abaixo do que eu esperava (opinião minha!).

Seria este o fim do celular que conhecemos? Acho que não, muita coisa precisa ser analisada, um problema que percebi é que a usabilidade não está sendo levada muito a sério. Cinco teclas, sem texto ou ícone explicando pra que elas servem. O usuário quer conveniência, quer tudo bem mastigado. E as crianças e idosos? Será que sabem pra que serve aquelas cinco teclas e como usá-las?!?!?!

Pois bem, depois da novidade apresentada, voltamos ao nosso conhecido celular. O titulo deste artigo vai de encontro com o futuro deste aparelho. Temos games para celular, enviamos e recebemos SMS, lemos publicidade em celulares, navegamos na internet através dos celulares, ouvimos música e vemos vídeos em alguns modelos mais modernos, estando, nós, em qualquer lugar do mundo.

Após ler um artigo, em conceituada publicação de tecnologia sobre a Ford, notei que mobilidade já não é mais um bicho de sete cabeças. A Ford trocou mais de oito mil linhas de telefones convencionais, utilizados pelos profissionais do departamento de desenvolvimento de produtos, por terminais de telefonia celular. A tendência é estarmos livre, a tendência agora é estarmos conectados via Wireless. Podemos acompanhar todos os processos de desenvolvimento de produtos e serviços em nossas empresas, fora de nossas mesas e ainda atender chamados telefônicos importantes sem ter que voltar correndo as nossas salas de trabalho. Isso é moblidade.

Uma evolução em um aparelho tão pequeno e que já é como uma peça de roupa, não vivemos mais sem este pequeno amigo. Ele já é o meu relógio, pois, relógio de pulso já não uso há quase 10 anos desde que comprei meu segundo aparelho de celular. E seguindo este raciocínio, muitas outras coisas foram substituídas pelo celular e quem sabe continuaram sendo. É o caso do CelularBlog, não estou brincando, isso pode ser muito vantajoso para empresas de desenvolvimento de produtos para celulares.

Mas todo cuidado é pouco para empresas de tecnologia que desenvolvem aplicativos para celulares. Comecem a pensar no usuário, sejam ousados, mas ao mesmo tempo facilitem nossas vidas. Em uma tela tão pequena pode caber muita coisa, mas se não for bem planejado pode ser um tiro na água.

O acesso a internet esta deixando de ser obrigatório apenas a partir de computadores, notebooks e afins. Ela esta no celular também e cada vez com mais freqüência.
Portanto planejamento de projetos, usabilidade e foco no usuário são chaves para o sucesso de qualquer empreendimento usando o celular.

Até a próxima.
Comentários

Acervo

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2015.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss