Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Blogs

Relacionamento Digital

Web Analytics... o que é isso?

Conhecer o comportamento dos visitantes de nosso site é uma das tarefas mais importantes no gerenciamento de qualquer tipo de web site. Ferramentas com web analytics podem nos auxiliar muito nesta tarefa ou deixá-la impossível de se conseguir. Vamos conhe

Por: | 10/06/2006

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Autor: Ruy Carneiro


No artigo anterior vimos à necessidade da escolha de uma ferramenta que nos auxiliasse a levantar os dados para podermos analisar nossas iniciativas online. Mas o que é mesmo um web analytics? É o software, às vezes vendido como serviço ASP, que nos permite coletar, analisar e gerar reportes para que possamos entender o uso que nossos visitantes dão ao nosso web site.

 

E qual a idéia de termos este tipo de informação? É poder entender quão efetiva foi nossas iniciativas na área online e melhorá-las para que cada vez mais possamos atrair mais pessoas. Isto serve para um web site de eCommerce, um web site institucional ou para um jornal ou blog online. Em posse destas informações podemos verificar se nossos processos de geração de conteúdo, mix promocional, design, usabilidade e tantos outros estão de acordo com o que o nosso público espera.

 

Para efetuar a medição de nossos sites, existem dois tipos de tecnologia que podem ser utilizadas nestas medições, a primeira e mais antiga é a leitura dos log´s do servidor web, nestes arquivos chamados log´s são armazenadas todas as informações do que este servidor enviou ao usuário, como os frames de nossa página, as fotos, os banners, etc. Com esta tecnologia vimos surgir os hits, sessões e page views. Com o aparecimento dos spiders e robots no final dos anos 90, ficou cada vez mais difícil identificar se os visitantes eram pessoas ou não. Além disso, existia a dificuldade de configurar que um determinado grupo de frames que formavam nossa página era uma única página e não duas ou três. Outro problema era que a "visão" dos log´s era com base nos servidores, o que é ótimo para qualquer gerente de TI saber o que esta acontecendo com eles, mas faltava a "visão" do usuário e portanto do negócio para que o nosso site foi construído.

 

Faltava então uma visão de negócio como Análises de Campanhas, ROI (Return of Investiment), Análise de Carrinho de Compra, Análise de Processos e outros. Com o aparecimento dos "Pagging Tags" e uso de Cookies, ficou mais fácil a identificação de Page Views reais e Unique Visitors sem a contagem de spiders. O cookie ainda auxiliou na contabilização de retorno dos usuários as nossas páginas... aí você vai dizer... mas e se ele apagar o cookie? No Brasil não existe pesquisa sobre este número, mas na terra mãe de todas as pesquisas, o EUA, tem-se o número de 4% de pessoas que costumam apagar cookies e em sua grande maioria são pessoas que conhecem profundamente PC´s e afins.

 

Vamos comentar um pouco a vantagem de cada um destes métodos. No caso dos logfiles, eles são coletados pelos servidores sempre, não necessitando com isso qualquer modificação no site ou nas páginas de seu site. No outro caso é necessário a colocação de Tags para que possa ser feita a medição em todas as paginas do site, o que não é nada preocupante e em muitos casos bastante rápido. Os dados do log possuem o mesmo formato, enquanto os dados das tags são armazenadas no formato do provedor do serviço ou software. Apesar dos dados de spider não serem interessantes quando falamos de unique visitor (visitante único no período), ele armazena informações que podem ser úteis para trabalhar com Search Engine Optimization. Outro ponto favorável dos logs é que eles possuem informações essenciais ao pessoal de TI para dimensionamento dos servidores e informações de falhas.

 

E as vantagens do uso de Tag´s e Cookies? Voce não precisa se preocupar se a página esta no "cache" do PC do usuário, ele vai contabilizar como página vista do mesmo jeito. A contabilização de Page Views e Unique Visitors é mais fiel a realidade. Você pode interpretar as informações adicionais do seu Java Script para ter informações mais especificas de preços dos produtos comprados, quais foram estes produtos para ter uma melhor análise de seu eCommerce.

 

O que vemos agora é o aparecimento do sistema híbrido, onde você possui tanto informações que venham do log como informações que venham das tag´s, como os sistemas mais recentes da Web Trends. E já foi anunciado pela 24/7 Realmedia, nos EUA, a união do software de medição de visitação do web site com o software de servidor de publicidade online para que voce possa entender o comportamento do usuário e mostrar uma publicidade mais direcionada com o este perfil, é o começo do "Behavioral Targetting" ou publicidade baseada em comportamento. Outros estão unindo as informações de marketing de palavras-chave com visitação e por aí vai.

 

O que vemos agora é somente a ponta do iceberg que teremos nos próximos anos, principalmente quando pensamos em convergência de mídias. É só esperar para ver.

Comentários

Acervo

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2015.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss