Começou o SXSW no Mundo do Marketing | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Blogs

Radar Internacional

Começou o SXSW no Mundo do Marketing

Veja o que vai acontecer no festival

Por: | 09/03/2019

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Começa uma nova edição do festival South by Southwest na cidade de Austin, Texas. Mas você já deve ter sentido a #sxsw pipocar já há algumas semanas. O South by Southwest (SXSW) reúne todas as atenções do momento na bolha da economia criativa, monopolizando os olhares de publicitários, marketeiros, empreendedores, geeks, cineastas, músicos, produtores e criativos. Não é por acaso, afinal,o Festival é uma das principais celebrações da tecnologia, criatividade e inovação do mundo. Como sempre, a expectativa está alta para a edição 2019.

A agitação em torno do festival se dá pela ansiedade frente às novidades: o SXSW provou ser um reflexo de tecnologias emergentes, ideias promissoras, startups e tendências. "[...] the biggest and most diverse event focusing on the intersection of people and technology.", como a Forbes bem pontuou. Isso se intensifica, principalmente, por não estarmos em um caminho linear: a tecnologia irá evoluir, tendências vão emergir e novas ideias surgirão de formas imprevistas. Acompanhar esses movimentos, ideias e pessoas que vão moldar cenários futuros tornou-se um "must-have" nas organizações. 

A beleza do SXSW é que ele não pode ser resumido em uma única temática, embora sua relevância para profissionais de marketing esteja bem representada pelas tracks de Brands & Marketing e Storytelling. Nossa tarefa é acompanhar esta efervescência para selecionar os melhores insights para vocês.

Smart Cities - o amadurecimento da discussão
Entre os temas que ocupam uma parte significativa da programação está a questão da mobilidade urbana, cidades inteligentes e veículos autônomos. O SXSW pretende despertar a discussão sobre como podemos fazer com que  nossas cidades podem ser mais sustentáveis, inclusivas e democráticas por meio do uso da tecnologia e de soluções que promovam uma participação ativa dos cidadãos. Tecnologias como a Internet das Coisas devem possibilitar a criação de uma grande rede de comunicação entre todos os objetos conectados de uma cidade - carros, ruas, trens, prédios - permitindo uma melhor gestão e aprimoramento do trânsito, distribuição de recursos, fluxo de pessoas, etc. Os exemplos da "vida real"já estão aí e é preciso olhar para a China: na sessão AI Creates Cashless Cities and a Borderless World será discutido como a China está se tornando um país livre de moeda física com o uso da inteligência artificial e quais as novas oportunidades que estão surgindo a partir disto.

Inteligência Artificial "vida real" para  comunicadores
Falando em inteligência artificial, essa tecnologia já tem mudado a forma como as pessoas consomem conteúdos e deixado quem trabalha com publicidade, marketing e marcas em dúvida sobre o que esperar do futuro de suas indústrias. Por isso mesmo, uma palestra que despertou grande interesse entre o público é AI and Social Media: How to Take Control. Ela pretende mostrar que profissionais de marketing não devem temer a inteligência artificial e devem enxergar sua importância vital no futuro do marketing, ressignificado e gerando uma saudável disrupção na área a partir das infinitas possibilidades desde a hiper personalização até a transformação da comunicação publicitárias em serviços contextualizados.

A inteligência artificial e os algoritmos de recomendação permitem direcionar propagandas e sugestões de conteúdos diretamente para cada pessoa, de acordo com seu perfil e interesses específicos. No painel Can Brand Advertising Survive In the Era of 1:1, líderes de grandes players devem mostrar estratégias para conciliar as necessidades da publicidade tradicional com a crescente demanda por personalização em todo os níveis. Como fazer propaganda extrair insights dessa comunicação direta e pessoal com o cliente dentro de normas éticas contemporâneas? Como as marcas podem repensar suas estratégias a partir disso? O campo está aberto e o SXSW coloca no palco quem pode trazer o novo para a indústria.

Uma das aplicações mais práticas e próxima do mainstream está no campo dos assistentes pessoais. Na palestra How Digital Assistants Can Change Music, Jacquelle Amankonah Horton - Product Manager na Google para o Youtube -  deve mostrar como os assistentes pessoais (Alexa, Google Home, Bixby, etc) podem transformar a interação entre artistas e seus fãs e como a inteligência artificial pode transformar a forma como criamos, distribuímos e descobrimos música. Em um painel composto por profissionais de marketing, desenvolvedores e experts em direito, a sessão Chatbots and AI: Business, Legal, and Ethical Concerns explora como, entre os muitos outros benefícios, assistentes virtuais e chatbots permitem que as marcas se aproximem e se comuniquem com o consumidor diretamente, abordando diretamente os desafios éticos e legais criados por essa tecnologia. Discutir os perigos e desafios da Big data, da privacidade de dados e da inteligência artificial é urgente e indispensável. E o SXSW, é claro, não ia deixar esse tema de fora.

Games e Esports: atenção para esta indústria
O festival sempre colocou a indústria de games como protagonista e neste ano esperamos ver um grande foco em especial nos Esports, mercado que gera bilhões de dólares anualmente e não para de crescer. Gustav Käll, Head de Esports e Gaming na Universal Music Group, vai falar em sua sessão sobre como os Esports devem ser o entretenimento do futuro e o que deve acontecer com essa indústria quando mais e mais pessoas adotarem campeonatos de jogos - como League of Legends e Overwatch - como forma de entretenimento. No painel Young Creators Are the Future of Entertainment, representantes do Youtube, Roblox e Twitch vão mostrar como os jovens criadores digitais estão redefinindo o que é entretenimento ao criarem novas formas de storytelling para compartilhar suas próprias histórias com o mundo.

As novas fronteiras do Storytelling
As novas formas de contar histórias a partir da tecnologia tem uma track específica no Festival. O storytelling extrapola os limites entre as disciplinas e o encontramos na programação do SXSW nos seus mais diversos usos. Na palestra Storytelling and Empathy in a Purpose-Driven Economy, Cheryl Houser vai vai dividir com o público do festival sua metodologia para gerar empatia e criar laços emocionais com a audiência, algo que deve ser prioridade para todas as marcas, principalmente em um contexto onde 78% dos consumidores se alinham com empresas que dividem seus mesmos valores e gerem impacto positivo no mundo.

O Chief Marketing & Communications Officer da Mastercard vai falar em sua sessão sobre como tecnologias como a Internet das Coisas estão revolucionando as maneiras de se contar histórias sobre uma marca. Raja Rajamannar vai contar como a Mastercard está aproveitando os novos milhares de touchpoints criados na jornada do consumidor para comunicar sua nova identidade.

Marca e ativismo: um caminho sem volta
Já há alguns anos é notável o crescente entendimento do público sobre suas escolhas de consumo como ferramenta política. Cada marca que escolhemos apoiar se traduz em uma escolha sobre qual futuro gostaríamos de tornar realidade. Por isto, o Festival transforma as temáticas de diversidade, ativismo e propósito em temas transversais nos 3 Festivais - Interactive, Music e Film. Dentre tantas discussões, destacamos o painel Brand: The New Political Reality fala justamente como em 2019 uma marca, para se tornar relevante, precisa entender seu papel como agente político e a importância de abraçar as causas corretas. Tudo o que comunicadores mais antenados já sabem, porém ainda se veem desafiados a achar formas de realizar a difícil missão de comunicar com empatia e propósito. Este é um dos grandes valores do Festival, poder estar ao lado de líderes em empresas como Airbnb, Lyft e Patagônia, que vão mostrar como estão navegando o cenário politicamente polarizado em que vivemos hoje, criando novas regras para o jogo e liderando pelo exemplo.

Mesmo estando no Brasil você pode acompanhar a curadoria do Festival: a agenda da White Rabbit está disponível online e você pode ficar a par de tudo que estamos acompanhando no festival. Se estiver por Austin, pode colocá-la em seu SXSW Go. Até o dia 17 de Março, nosso time de curadores vai continuar trazendo os melhores insights para o Mundo do Marketing. E você, o que gostaria de ouvir sobre os temas do Festival?

Comentários

Biografia

O que acontece no mundo do Marketing está aqui. Todo dia, um destaque do mercado internacional para você se inspirar.

Arquivos


Este blog reflete única e exclusivamente a opinião do seu autor e não necessariamente o posicionamento jornalístico que norteia o Mundo do Marketing.

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2019.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2019. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss