Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Blogs

Radar Internacional

Inteligência Artificial no Marketing

Haverá a extinção de trabalhos em Comunicação

Por: | 19/06/2017

bfurtado@aliasite.com.br

Compartilhe

Capitaneado pela Isobar Global em parceria com a Tecent AI Lab, a palestra "A Inteligência Artificial e o Futuro da Criatividade" debateu sobre como a Inteligência Artificial pode impulsionar a inovação. Até hoje a tecnologia teve o papel de facilitar a vida humana, mas à medida que aprofundam-se os aprendizados das máquinas, a tecnologia passa a propiciar também uma vida mais criativa. Você deve estar se perguntando como isso pode acontecer? 

Jean Lin, CEO Global da Isobar, e Wei Liu, da Tencent, argumentam que a informação é o combustível da Inteligência Artificial, informação esta que cada vez mais será depurada pelas máquinas como uma curadoria para a seleção de grandes volumes de dados em menos dados, porém melhores. 

O ser humano não consegue, por exemplo, fazer uma varredura global de jornais de marketing em busca de inspirações para uma nova ação, mas com a Inteligência Artificial e com crivos propostos pelo ser humano, uma máquina pode selecionar destaques que irão inspirá-lo a criar um projeto.  

O ser humano mantém-se a frente do processo decisório e da compreensão dos cenários, mas quem fez o trabalho bruto foi a máquina. Muitos trabalhos deverão ser assumidos pela Inteligência Artificial em Marketing e Comunicação, a começar por trabalhos repetitivos, trabalhos que envolvem amplitude, diversidade e complexidade de execução em função do volume e trabalhos inacessíveis ao ser humano (exemplo: análise de grande volume de imagens publicadas em posts em redes sociais). 

Em consequências das novas aplicações algumas profissões devem desaparecer, em especial as de menor senioridade. E o que acontece com os jovens em início de carreira se muitas funções básicas forem executadas por máquina? Ao invés de trabalhos de menor complexidade que muitas vezes os entediam, passam a dedicar-se a projetos mais estratégicos, o que irá acelerar a curva de aprendizagem das novas gerações.

Por Beth Furtado, Direto de Cannes para o Mundo do Marketing

Comentários
Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2015.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2017. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss