Experience e Conexão dão o tom da EuroShop 2014 | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Blogs

Na Pele do Shopper

Experience e Conexão dão o tom da EuroShop 2014

Por Rafael D'Andrea, CEO do Grupo Toolbox

Por: | 18/02/2014

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Durante a Euro Shop, dentre as muitas apresentações, a que classifiquei como a melhor do dia de ontem, dia 17,  foi a de Oliver Disney, Head of Business Development da Green Room do Reino Unido. Misto de escritório de design e agência criativa, focada na construção de marcas no varejo, a Green Room mostrou seus casos de sucesso em marketing experiencial no varejo especializado.

Seguindo um processo definido como IDEA (Informe, Defina, Expresse e Aplique), a empresa mostrou exemplos de como o marketing experiencial é construído nos dias conectados de hoje. Mercedes, Converse, Maseratti, Nike e outros clientes serviram de ilustração para sua metodologia experiencial integrada que foi definida em 4 partes:

1) Imersível: foram apresentados designs de varejo cada vez mais parecidos com santuários, intervenções e festivais patrocinados por marcas jovens, como Nike "steam a fit" no "Flyknit at Somerset in London"

2) Interativa: a internet tem sido usada para provocar os shoppers a agregarem suas estórias ao produto no meio digital, a cocriação (como o estúdio de customizaçao da Converse) e customização de produtos cada vez mais integrada eletronicamente torna os shoppers curadores e criadores de seu próprio conteúdo. A tendência que ficou marcante pela inovação foi a colaboração entre marcas e outras marcas e  marcas e artistas, a nova garrafa de Don Perignon ilustrou esse movimento

3) Enriquecedora: Experiências enriquecedoras como o uso de "taylored experiences " da marca Clinique e o reconhecimento facial na Tesco para interagir com os shoppers, o Beauty Concierge da Target, entre outros foram apresentados aos 100 presentes

4) Conectada: a tecnologia irá nos ajudar a entregar serviços mais completos aos shoppers. O exemplo mais marcante são os já famosos drones da Amazon, robôs que em 5 anos estarão entregando via aérea em nossas casas os produtos que compramos no website. Também o exemplo da Starbucks "tweetacoffee" mostrou como unir real e virtual de forma agradável e divertida, e outros exemplos exibiram as estratégias de marcas e varejistas sobre como colocar o virtual na experiência de compra real dos shoppers.

Mais do que absorver inovações conceituais relevantes, esta visita à EuroShop está nos dando a possibilidade de ter contato com os cases mais importantes de experiência e conectividade da Europa. Essa visão reforça nossa crença nas grandes possibilidades que o varejo brasileiro ainda tem para encantar seus shoppers, pois estamos vendo in loco que é possível gerar experiência e conectividade em diversas categorias, oferecendo experiências inéditas e altamente valorizadas pelos shoppers.

shopper marketing,trade marketing,blog

Comentários

Biografia

Insights, Melhores & Piores Práticas, Conhecimento, Estórias. Shopper Marketing Para Todos Os Gostos.

Arquivos


Este blog reflete única e exclusivamente a opinião do seu autor e não necessariamente o posicionamento jornalístico que norteia o Mundo do Marketing.

Acervo

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss