Construtoras e bancos investem mais em futebol | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Blogs

Mundo do Marketing Esportivo

Construtoras e bancos investem mais em futebol

Setores focam na Série A do Campeonato Brasileiro

Por: | 09/11/2012

isa@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

As construtoras e os bancos encabeçam os segmentos que mais investem em patrocínios para a Série A do Campeonato Brasileiro de futebol: cada setor aplica 9,5% em Marketing esportivo para clubes nacionais. Os números são da Wolff Sports & Marketing e traçam um panorama dos investidores da elite do futebol brasileiro. A iniciativa visa entender o mercado atual e a possibilidade de novos investimentos na área.

Além dos primeiros lugares ocupados pela construção e pelas instituições bancárias, aparecem empatadas com índice de 6,2% o setor de lubrificantes, a indústria automobilística, ferramentas, eletrodomésticos/eletroeletrônicos, energia, bebida à base de guaraná ou açaí, indústria alimentícia, autopeças e escola de idiomas.

Confira abaixo os setores que mais investem em Marketing esportivo atualmente:

Banco - 9,5%
Construtora - 9,5%
Lubrificantes - 6,2%
Ind. Automobilística - 6,2%
Ferramentas - 6,2%
Eletrodomésticos/Eletroeletrônicos - 6,2%
Energia - 6,2%
Bebida (base de guaraná/açai) - 6,2%
Ind. Alimentícia - 6,2%
Autopeças - 6,2%
Escola de Idiomas - 6,2%
Plano de Saúde - 3%
Tintas - 3%
Loja de Móveis - 3%
Loja de Material Esportivo - 3%
Material de Construção - 3%
Medicamentos e Materiais Hospitalares - 3%
Telefonia Móvel - 3%
Lâmpadas - 3%

Wolff Sports & Marketing,Campeonato Brasileiro,2012,pesquisa,futebol

Comentários

Acervo

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss