Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Blogs

Marketing Digital

Atendendo o usuário opt-in

Leia a entrevista com Alexandre Wyllie, Diretor de Marketing Services da Experian

Por: | 02/08/2012

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

opt-in,e-mail marketing,e-commerce,cliquesAs boas práticas do e-mail marketing prezam a segmentação e a relevância. Por conta disso, foram traçados inúmeros perfis dos usuários, todos mapeados com o objetivo de estabelecer a melhor comunicação entre marca e cliente. Mas, e quando o próprio cliente toma a iniciativa de ceder informações e abrir as portas da caixa de entrada para receber mensagens, como devemos atendê-lo? Para acabar com essas dúvidas, entrevistamos Alexandre Wyllie, Diretor de Marketing Services da Experian. Confira abaixo:

Quais são as diferenças entre os clientes que se cadastram para receber o e-mail marketing e aqueles de base regular de usuários?
Os clientes de base regular se dividem em três categorias: clientes eventuais, clientes regulares e clientes potenciais. É preciso ter uma forma diferenciada de se comunicar com cada categoria, abordagens diferentes, ações diferentes, entre uma série de outras adaptações. Já no caso dos clientes que se cadastram para receber o e-mail marketing (opt-in), esse é um usuário que deve receber muita atenção porque ele, por livre e espontânea vontade, abriu as portas da caixa de entrada dele para receber comunicações. Esse cliente já está predisposto a consumir suas informações e produtos. Por isso ele não deve ser visto como um cliente em potencial. Deve ser encarado como um cliente que busca por informações e deve receber tratamento especial em reciprocidade.

Como podemos diferenciar o conteúdo para cada tipo de público?
Nesse ponto, primeiramente, é preciso aplicar as boas práticas. Segmentação e relevância são essenciais para a criação das campanhas. Mas, quando o diferencial alcançar os tipos de clientes a serem trabalhados, aqueles que deram o opt-in devem sempre receber atrativos, como promoções diferenciadas, frete grátis, condições de pagamento, entre outros. Se tivermos ofertas especiais para os usuários de redes sociais que optaram por ter uma relação próxima com a marca, por que não dar o mesmo ou até melhor tratamento para aqueles clientes que deram opt-in e abriram a possibilidade de um relacionamento mais profundo e concreto pelo e-mail marketing?

Quais as vantagens de se ter uma base exclusiva de clientes opt-in?
Durante um cadastro de opt-in, você tem a possibilidade de extrair o máximo de informações sobre o seu usuário. Com um questionário bem elaborado, não necessariamente longo, é possível mapear o perfil do usuário e identificar as melhores abordagens e preferências desse cliente, aumentando o grau de relevância e desenvolvendo um maior engajamento.

Feito o processo de opt-in, qual a melhor forma de beneficiar esse cliente que concedeu valiosas informações comportamentais?
Para começar, o cliente poderia receber um e-mail de boas-vindas com um desconto especial para a primeira compra. Feito isso, incentive-o a continuar comprando, mapeando o perfil a partir das informações compiladas durante o opt-in: ofereça promoções diferenciadas, como desconto na camisa do time de coração, condições especiais de pagamento para os eletrônicos prediletos, além dos vantajosos descontos progressivos e frete grátis.

Comentários

Biografia

Fique por dentro do Marketing Digital. Aqui você encontra conteúdo elaborado pelos especialistas do setor.

Arquivos


Este blog reflete única e exclusivamente a opinião do seu autor e não necessariamente o posicionamento jornalístico que norteia o Mundo do Marketing.

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss