Aquisição. Ativação. Retenção. Referência | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Blogs

Growth Hacking: quebrando as regras para acelerar a sua empresa

Aquisição. Ativação. Retenção. Referência

Quatro hacks que vão aumentar o seu resultado

Por: | 25/09/2019

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Neste artigo, eu reuni quatro gatilhos do Growth Hacking que já foram testados e usados com sucesso em empresas que você provavelmente conhece, como Uber, Slack e Dropbox. Minha ideia aqui é te dar uma direção para você começar a aplicar já! Conheça-os:

Aquisição. "Quem não é visto, não é lembrado", por isso, a primeira fase do funil do Growth Hacking é pensar em formas de aumentar sua lista de e-mails, gerar bom conteúdo para atrair usuários em potencial e moldar sua estratégia de SEO para aumentar sua autoridade. Pense como o seu cliente ideal pensaria e crie maneiras de se conectar com ele.

Ativação. Após o cliente ter feito o primeiro contato, ative-o. Ou seja: ajude-o a aprender mais sobre o seu produto/serviço, como você pode ser útil a ele e o obrigue a tomar alguma ação com um "call-to-action". O Slack, sistema para troca de mensagens corporativas, por exemplo, usa uma automação de passo a passo, após o usuário criar uma conta, demonstrando cada funcionalidade da plataforma. O resultado é uma experiência interativa que envolve o usuário e o faz entender mais profundamente o produto.

Retenção. Na minha opinião, a fase mais importante de todas. Posso resumir em: não deixe o seu cliente ir embora sem saber por que ele não quis ficar. Você pode até perdê-lo, mas precisa saber em qual momento do funil está falhando. Para isso, concentre-se em uma métrica de envolvimento específica e pense em maneiras de fazer o seu cliente ficar.

Referência. É o famoso Q.I., "Quem Indica". Melhor que um anúncio é um depoimento espontâneo de alguém que usou o seu produto e aprovou. A chamada "prova social" é importante porque dá credibilidade a você/sua empresa. O melhor de tudo? Custa muito pouco. É só pedir! As pessoas por si só já recomendam serviços que consideram bons para amigos e familiares, então, um brinde ou desconto em outro produto conta ponto extra para você (e pode converter outra venda).

Gostou das dicas? Por aqui você sempre verá conteúdos como esse. Mas é importante ressaltar sempre que a magia do Growth Hacking está justamente nas ideias diferentes, afinal, o que funciona em uma empresa pode não funcionar na sua. Inovação é a palavra-chave.

Comentários

Biografia

Guilherme Machado. Já ajudou mais de 100 empresas a se tornarem únicas em seus segmentos com táticas de Growth Hacking

Arquivos


Este blog reflete única e exclusivamente a opinião do seu autor e não necessariamente o posicionamento jornalístico que norteia o Mundo do Marketing.

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2019.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2019. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss