Quem desperdiçou mais dinheiro no Carnaval? | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Blogs

Erros de Marketing

Quem desperdiçou mais dinheiro no Carnaval?

Devassa e Brahma trouxeram as celebridades norte-americanas Hugh Hefner e Jenniffer Lopez para gerar buzz durante a festa, mas tiveram suas expectativas frustradas

Por: | 16/03/2012

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

O Carnaval, a maior festa do Brasil, acabou de passar. De olho nas multidões que estão nas ruas se divertindo, muitas marcas decidem destinar parte da (ou toda a) sua verba para fazer barulho.

Algumas distribuem amostras grátis, outras montam camarotes e há até quem banque um enredo inteiro de uma escola de samba em sua própria homenagem.
Sim, existem muito casos de sucesso. Mas são poucos versus a quantidade de gente que torra dinheiro com o evento. Tenho a nítida impressão de que o fato do carnaval ser no começo do ano empolga alguns marketeiros a sair gastando a "verba nova" sem controle algum.

Eu apostaria que as pessoas não lembram nem 10% das marcas que estavam expostas em alguma ação relacionada ao evento, mas isso também não quer dizer que ninguém deveria investir no Carnaval.

Por exemplo.... cerveja tem tudo a ver com essa festa, não? É verão, comemoração, hora de alegria... tudo a ver com o que as "loiras" oferecem. Por isso praticamente todas as marcas de cerveja decidem apostar no Carnaval.

Então.. que tal analisarmos juntos a "guerra das cervejas" deste período?

O gráfico abaixo é do Google Insights e mostra a evolução do interesse pelas marcas durante os carnavais de 2010, 2011 e 2012:

 


Vamos aos fatos:


1) Devassa: a marca da Schincariol ousou ao contratar e trazer Paris Hilton ao Brasil em 2010. No ano seguinte, surpreendeu ainda mais ao fazer a Sandy mostrar o seu lado "descontraído". A cantora virou motivo de chacota pra alguns... mas o fato é que conseguiu gerar um buzz online inédito nesse período. Até aí muita gente achava que a Devassa iria ameaçar as grandes. Mas... nem só de boas campanhas vive uma marca.. e a falta de distribuição e de ferramentas de conversão limitou a marca a menos de 1% de mercado. Para 2012, a expectativa do mercado era muito alta... o que seria ainda melhor? Saíram rumores de que Sílvio Santos poderia ser o novo garoto propaganda da marca e o clima esquentou. Mas o boato não rolou e a marca anunciou 2 dias antes do Carnaval em coletiva de imprensa que estava trazendo Hugh Hefner, o fundador da Playboy, para escolher pessoalmente a nova garota Devassa entre algumas modelos desconhecidas. Pra piorar muito, 4 dias depois eles anunciaram que o tiozinho não viria mais por problemas de saúde e mandaria o seu filho. Fiasco. Pelo gráfico dá pra ver que o buzz alcançado foi, na melhor das hipóteses, 5x menor que com a Sandy.

2) Brahma: resolveu dar uma paulada na concorrência no momento em que a Devassa acabara de ser comprada por uma empresa japonesa: anunciou em grande estilo a contratação da superstart Jennifer Lopez para "sapucar" no Brasil pela bagatela de US$2 milhões. Uau.


Fizeram uma super produção para TV mostrando o Zeca Pagodinho convidando a artista americana para vir ao nosso Carnaval, o que deixou a morena irradiante e ansiosíssima. Uau. Mas.... J.Lo chegou, ficou menos de 2 horas no camarote (em vários momentos com cara de tédio), não encontrou Zeca (o anfitrião não apareceu??) e ainda... declarou em entrevista que não é do tipo que bebe cerveja. What?????? Sim, a Brahma conseguiu mais buzz que a Devassa esse ano. Mas ainda não chegou aos pés da Sandy ou Paris e com certeza gastou muuuuuito mais.


3) Itaipava: a marca está comemorando o fato de sua cervejaria ter passado a Schincariol. Deve estar acertando muito e com uma estratégia super diferente, né? Mais ou menos... enquanto Brahma e Devassa apostavam no Carnaval, a Itaipava investia R$15 milhões em patrocínio no seriado... Rei Davi, da rede Record. Hein? Cerveja patrocinando seriado com história bíblica? Ouvi direito?

Não tenho números de vendas ou share. Mas está claro que metade do dinheiro investido por essas marcas no Carnaval pode ter ido pro lixo. Só resta saber qual metade.

Comentários
Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2019.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2019. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss