Metaconsumidor | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Blogs

Consumo e Inovação

Metaconsumidor

Sustentabilidade

Por: | 26/10/2010

bfurtado@aliasite.com.br

Compartilhe

Lançado pela Consultoria GS&MD o livro Metaconsumidor que trata da questão de Sustentabilidade no cenário varejista. O livro conta com cases, análises do tema em relação à resultados, aspectos legais, branding, suprimentos e uma pesquisa realizada pelo Ebeltof Group, rede de consultorias global da qual a GS&MD faz parte. A pesquisa divulgada durante o 13º Fórum de Varejo da América Latina trouxe reflexões importantes e surpreendentes como a constatação do Brasil não ser mero seguidor neste tema. O destaque brasileiro em sustentabilidade já apareceu anteriormente, na pesquisa "Our Green World" realizada pela TNS Interscience em 2.008. 

 

 A pesquisa da GS&MD teve abordagem quali para levantamento de teses e quanti on line em 17 países com 8.500 entrevistados. No Brasil foi complementada por 500 entrevistas em São Paulo, Recife e Porto Alegre. Os dados mostram que países com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) - medida de bem estar utilizada pelas Nações Unidas que contempla riqueza, educação e expectativa de vida ao nascer -  tem maior preocupação com a preservação do meio ambiente. Interessante.

A definição de Sustentabilidade utilizada no Relatório Brundtland - documento elaborado pela Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento - define: "sustentabilidade é suprir as necessidades da geração presente sem afetar a habilidade das gerações futuras de suprir as suas."  A pesquisa constatou que quanto maior o PIB, menor a preocupação com as gerações futuras. Ou seja, menos propensas à adoção de comportamentos sustentáveis.

 

Para monitorar a evolução do tema, a pesquisa deverá ser ter novas ondas que irão comparar também o Índice Metaconsumidor Global (IMG) que pondera as seguintes questões: preocupação com as gerações futuras + aquisição de produtos sustentáveis + equilíbrio entre os aspectos sociais, financeiros, ambientais - compra além do que consome. O Brasil ficou em segundo lugar com 142 pontos, atrás apenas do México. No outro extremo temos países desenvolvidos como Reino Unido com 49 pontos, em que os consumidores apresentam menor propensão à adoção de práticas sustentáveis. Os britânicos deveriam ouvir Sir Terry Leahy CEO do grupo varejista inglês Tesco: " se queremos crescimento duradouro e sustentável, temos que ser verdes". 

 

Infelizmente tenho a impressão que o tempo da negociação com práticas sustentáveis já passou. Não mudamos por amor ( consciência) iremos mudar pela dor. A natureza tem criado com  fúria, as dores que irão nos fazer mudar..

Comentários

Acervo

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss