Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Blogs

Conexão Paris

Anouschka: a rainha e seu império

Por: | 23/09/2010

stella@slegnani.com.br

Compartilhe

Conhecida no mundo pela elite profissional da moda, Anouschka é dona de um dos mais respeitados acervos de moda particular da França. Peças raras, histórias de vida e sentimentos se misturam entre as araras e prateleiras de seu apartamento-showroom, onde só entram pessoas gabaritadas para um seletivo encontro e com hora marcada.

Numa pequena passagem de Paris, se esconde a verdadeira memória da moda do século XX. Uma grande biblioteca de raridades na qual as obras são expostas em cabides, caixas, catálogos, estantes ornamentadas por sapatos únicos, cintos raros e bolsas exóticas... Tal palácio de belezas e raridades tem sua rainha: Anouschka. A manequim star dos anos 1980 continua radiante como uma top model diante de seu império.

Anouschka: a rainha e seu impérioEla possui uma das mais belas coleções de moda do mundo. Yves Saint Laurent, Chanel, Balenciaga, Guy Laroche, Dior, Thierry Mugler, Madeleine Vionnet, Poiret, Courrèges, Azzedine Alaïa, Ninna Ricci, Paco Rabanne, Hermès... Os grandes nomes e marcas dividem espaço com cumplicidade. A bela já era referência na época em que desfilava. Seu estilo marcante, bom gosto e a busca por peças raras e preciosas nos famosos puces de Paris iniciaram uma nova trajetória na vida de Anouschka. Aos poucos, ela começou a acumular tesouros e transformar uma paixão em um verdadeiro métier. Hoje, o arquivo dela é referência mundial para todos os profissionais da moda que fazem do apartamento-showroom de Anouschka um lugar de pesquisa. Ali, se inspiram nos antigos mestres, nas antigas combinações, em estampas raras, proporções e formas correspondentes a cada época.

Roupas como obras de arte
Anouschka não sabe precisar exatamente quantas mil peças de roupas possui. E é perfeitamente compreensível, somente sapatos são cerca de 15 mil pares. As roupas e acessórios são separados por criadores e por épocas. Mas ela diz que não é possuidora de uma coleção. "Não tenho nada repetido, nada de duas bolsas Birkin em cores diferentes. Tudo tem um motivo especial de estar aqui. Nunca comprei algo que de verdade não me emocionasse, não sou uma colecionadora compulsiva, sou uma apaixonada por peças como obras de arte. Também tenho o mesmo costureiro em diferentes épocas, o que permite acompanhar sua evolução no tempo."

O gigantesco acervo é todo catalogado e é possível consultar a trajetória de cada criação. Mas se a pessoa quiser comprar, ela vende? "Não", responde Anouschka, sem titubear. O local é destinado apenas para consulta, com raríssimas exceções. Designers do mundo todo, como seu amigo pessoal Marc Jacobs, entre outros célebres estilistas, jornalistas de moda, empresários e birôs de tendências fazem de seu acervo a melhor biblioteca de moda do mundo. Um lugar de investigação e reflexão, no qual é possível passar horas junto a sua fiel equipe, escutando seus conselhos e, se necessário for, levar um "livro" emprestado para casa.

"Compro minhas peças pelo volume, pelo designer, pela época, ou quando vejo algo que possa interessar na próxima coleção de um criador. Por isso meu objetivo é comprar e não vender. Logicamente, algumas pessoas insistem em levar algumas peças. Se for um caso de verdadeira paixão, se sinto que a pessoa tem o mesmo desejo, a mesma motivação que a minha, se for uma mulher bela e rica, porque não vender? Tenho clientes como Gwyneth Paltrow e outros famosos, mas a maioria dos frequentadores de meu showroom prefere ficar no anonimato, por isso só atendo com hora marcada", reforça
Anouschka.

Anouschka: a rainha e seu impérioConselheira das maisons de luxo
O acervo de Anouschka cresce a cada ano. "Comprar é a metade do meu trabalho", explica. "Estou sempre em busca de peças raras, mas, sobretudo, compro mesmo é guarda-roupa inteiro de uma única pessoa. Porque, ao comprar um closet completo, você compra as nuances e um pouco da história de uma mulher. Mesmo que o gosto dela tenha evoluído com o passar do tempo, você encontra sempre um fio condutor da personalidade. No guarda-roupa vamos encontrar os momentos especiais, onde ela usou tal peça, o vestido do pedido em casamento, o do batizado do filho, um grande baile, os costureiros que ela amou, uma narrativa particular de vida. Isso é o que me fascina", revela.

Anouschka colabora com inúmeras exposições e em diversos museus no mundo. "Quando as peças vão para uma exposição, a maioria das minhas clientes, que as venderam, não quer se revelada, mas algumas permitem. Então, o vestido exposto leva, de certa forma, um pouco de vaidade, uma maneira de colocar seu passado em destaque como um ato orgulho. Algo verdadeiramente tocante", salienta. Além dos guarda-roupas pessoais, Anouschka valoriza a tradição da moda francesa. Antigamente, as chefes de ateliê das grandes maisons, além de interpretar os croquis e torná-los realidade, faziam do trabalho um ato de amor e fidelidade. É complicado comparar com os dias de hoje, mas os vestidos, de certa forma, "pertenciam" a elas. Entre a primeira chefe de ateliê e o costureiro existia uma forte cumplicidade. Monsieur Dior, por exemplo, possuía oito ateliês enormes.

"Certa vez, recebi a visita de uma dama, que foi a chefe do ateliê da Dior, e também era casada com outro chefe de ateliê, o que revela que se conheceram no trabalho. Como não tiveram filhos, fizeram da profissão a vida. Ela chegou aqui e encontrou um vestido que havia feito. Emocionada, começou a chorar, dizendo: `este vestido foi feito por mim, ele se chama Fuger´. O nome da chefe de ateliê estava bordado na parte interna do vestido. Para mim, foi um momento precioso, de pura emoção, como o encontro de uma mãe com um filho perdido", conta Anouschka. Questionada se tem um vestido preferido, Anouschka abre um belo sorriso e responde: "Não, não tenho. Quando temos filhos, amamos todos da mesma maneira". E ela tem toda a razão.


Anouschka
Atendimento: somente com hora marcada
Endereço: 6, rue du Coq Paris/França 75009
Telefone: 01 48 74 37 00

Comentários

Biografia

Stella Pelissari é formada em Moda e Jornalismo, tem pós-graduação em Moda e Comunicação e Mestrado em Management Fashion em Business.

Arquivos


Este blog reflete única e exclusivamente a opinião do seu autor e não necessariamente o posicionamento jornalístico que norteia o Mundo do Marketing.

Acervo

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss