Luxo & Net. Compatíveis? | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Blogs

Conexão Paris

Luxo & Net. Compatíveis?

Por: | 16/10/2009

stella@slegnani.com.br

Compartilhe

Há alguns dias, dois grandes nomes do luxo (McQueen e Louis Vuitton),  pela primeira vez foram ao encontro dos amantes da moda em "direct". E podemos dizer que cada um à sua maneira conseguiu fazer jus ao objetivo.  

McQueen começa o seu show não com uma modelo, mas a projeção de um filme numa tela gigante onde a brasileiríssima Raquel Zimmermann, nua sob a areia, sensualmente ondula com serpentes numa espécie de mutação. Decididamente, Alexander McQueen não cessa de se interrogar sobre a evolução da espécie humana e a criar magestosamente  criaturas do futuro.

A passarela foi monitorada por dois imposantes robôs câmera, que transmitiram in direct o show. A coleção me fez pensar em majestosas borboletas exóticas, carapaças aquáticas, pinturas naturais, tudo... simplesmente lindo!

No dia seguinte, é Mister Jacobs para Louis Vuitton. O cenário foi bem menos impressionante, mas a transmissão simultânea via Facebook recebeu em aberto mais de 700 000 comentários...
Comparado a outros setores que se utilizam da net como canal de comunicação, a moda engatinha a passos lentos para não perder o equilíbrio. Estrategicamente luxo combina com vendas via net? Foi somente em 2005 que  Louis Vuitton e Hermès  romperam barreiras do conservador segmento e entraram  nas vendas  e-net com produtos selecionados, of course. O terreno virtual ainda é local de recuo das marcas de luxo, um cuidado importante para não ultrapassar o invisível muro do sonho e não comprometer sua imagem de marca, uma questão nada virtual.
A transmissão  dos desfiles não foi perfeita, mas teve seus méritos. A relação entre o luxo e a net ainda é confusa. E me pergunto, o que deve acontecer no próximo fashion-show? Será que a "moda lux" vai conseguir seduzir nosso envolvimento emocional in direct? Na próxima semana, acontece um debate sobre o tema aqui em Paris. Então pretendo voltar ao assunto, talvez com um posicionamento mais claro. Meu lado tradicional concorda com Jean-Jacques Picart: o luxo, se compra em loja e não na net. Fazer sonhar ainda é uma das melhores ferramentas de venda.
Comentários

Biografia

Stella Pelissari é formada em Moda e Jornalismo, tem pós-graduação em Moda e Comunicação e Mestrado em Management Fashion em Business.

Arquivos


Este blog reflete única e exclusivamente a opinião do seu autor e não necessariamente o posicionamento jornalístico que norteia o Mundo do Marketing.

Acervo

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss