Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Blogs

Conexão Paris

O Consumidor impõe um novo Mercado

Por: | 24/09/2009

stella@slegnani.com.br

Compartilhe

                         

                                             Um coração leva vida para todos os segmentos eco-corretos

Se a Europa passa ao verde da alimentação à indústria automobilística, o segmento têxtil não é exceção e esta em plena expansão. E o novo consumidor,  exige que o mercado "evolua" com as novas normas, felizmente.

E o que espera este consumidor? Acima de tudo, produtos com segurança: sem risco para sua saúde e para o ambiente.

Os temas "ecologia, novos recursos, reciclagem, comprometimento empresarial e  comércio justo" foram abordados em todos os seminários e fóruns, bem como um dos percursos propostos no salão Première Vision.
E se aqui, produtos com selo bio, triagem de lixo, cuidados com desperdício de água, luz, etc. já faz parte das questões banais, surgem novas exigências, sob outros aspectos.
 
O novo consumo faz com que as empresas daqui para frente sejam "obrigadas" a  mapear a cadeia toda: a origem do produto, tratamento, tipo de produtos químicos que eles contêm -  regulamento que, será seguido de perto pois as novas normas aprovadas pela cadeia têxtil européia, que  já está em  vigor  e  que têm como papel fundamental participar na ação de proteção ao  consumidor. Eu me lembro uma professora durante meu mestrado que dizia que quem não tivesse label bio logo iria desaparecer... E o mercado esta ai para provar e exigir.
No luxo, as empresas já são conscientes do que este tipo de "posicionamento" é fundamental para a imagem de marca.
Através de sua história, os grandes nomes da moda transmitem em suas criações mais que uma peça de vestuário: valores, que são responsáveis por tranqüilizar o consumidor e que devem ser preservados (para o bem da marca). E esta confiança dada aos clientes exige uma grande vigilância, porque o menor erro pode, a qualquer momento, prejudicar profundamente sua reputação e imagem de marca. Um exemplo? Durante este salão a potente Louis Vuitton encomendou etiquetas de proveniência "BIO" que serão aplicadas daqui para frente em todas suas bolsas e acessórios.
Os desafios são muitos e todos os setores estão comprometidos. Foi por isso que a Première Vision e o IFTH (Instituto Francês de Têxtil-Vestuário) continuam a parceria, iniciada em fev de 2009 com o objetivo de ajudar os artesãos, comerciantes  e visitantes da feira a entender o que é consciência ecológica e como incluir as empresa nesse novo processo de maneira concreta.
Vou dar dois exemplos, citados durantes os fóruns destinados ao futuro do consumo:
Nova abordagem de maneira concreta: a cidade de Masdar (que quer dizer fonte em árabe)
 
 A primeira cidade ecológica do mundo foi tema de um dos painéis mais importantes sobre ecologia e desenvolvimento. Masdar, que deverá  ficar pronta em 2015 à Abou Dhabi,  está no topo dos exemplos a serem seguidos e deverá ser a vitrine mundial de novas tecnologias a favor do planeta.
Com zero por cento de emissão de gás carbônico e de impacto sobre o meio ambiente, ela usará apenas energias renováveis (a base será a energia solar) e abrigara 50 mil moradores e 1500 empresas.
 Amanhã postarei o segundo exemplo, desta vês sobre luxo dando continuidade ao assunto.

 

Comentários

Biografia

Stella Pelissari é formada em Moda e Jornalismo, tem pós-graduação em Moda e Comunicação e Mestrado em Management Fashion em Business.

Arquivos


Este blog reflete única e exclusivamente a opinião do seu autor e não necessariamente o posicionamento jornalístico que norteia o Mundo do Marketing.

Acervo

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss