Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Blogs

Conexão Paris

Première Vision: Como ativar o mercado interno

Por: | 22/09/2009

stella@slegnani.com.br

Compartilhe

 

Livro, vende o mercado interno de maneira sofisticada e didática

Se uma das coisas que admiro muito no francês é a maneira sofisticada e estratégica que ele utiliza para se valorizar e ativar o mercado, sobretudo quando se fala de seus pontos fortes, o segmento têxtil, já que a França é sinônimo de savoir faire do luxo.
E durante a Première Vision, diante de tantos países que disputam o mercado têxtil, a França se fez ouvir de um modo particular, com a distribuição de um belo livro, (daqueles que você quer deixar enfeitando a sala) utilizando a cultura local e uma pitada de esnobismo (no bom sentido) como ponto alto. A belíssima obra intitulada: Textile - Métier d´avenir (Têxtil, profissão do futuro) realizado pela União de Indústria Têxtil Francesa, é impecável.
O livro, com uma capa do melhor linho, desvenda de maneira didática o mercado têxtil francês. Nas costas a apresentação já revela o objetivo delicadamente:
"...este livro ilustra o segmento têxtil na França: a capacidade, tenacidade, competência e talento de milhares de homens e mulheres que teceram o universo têxtil de nosso país..." "...o têxtil francês do século XXI abre uma nova e rica página na história inovando..." e no editorial interno o livro começa com reflexão ao passado: "...nascido de uma necessidade vital - o de proteger o corpo humano o vestindo, os tecidos acompanham a evolução da humanidade"...
As 210 páginas (ele é enorme em medidas), são dedicadas a desvendar passo a passo a história da tecelagem: um breve descritivo sobre fios, fibras, enobrecimento, diferentes artesãos, mãos de obra local, utilizações em diferentes mercados (vestuário, automotivo, medical, residencial...) e suas inovações na atualidade. E na terceira parte, ele se lança ao seu objetivo final: vender a França em regiões e especialidade.
Um mapa colorido (ver meu filme) ele aborda cada região com descritivos precisos:
·         A história da indústria local
·         As competências estratégicas da região (forças locais, especialidade)
·         O passado como força motora
·         Os novos recursos
·         As empresas em destaque, o sindicato têxtil e ...contatos
Ainda finaliza com um capítulo dedicado a todos os parceiros e responsáveis pela construção deste "métier" da moda, como escolas, salões, museus, federações, laboratórios de pesquisa.
Isso me fez pensar no nosso Brasil, tão rico e diversificado, que poderia utilizar a estratégia da informação cultural, como ponto de partida para vender o que sabemos fazer de melhor. Valorizar nossas regiões tão diferentes e prósperas e, sobretudo informar consumidores, parceiros, concorrentes...
No nosso país, fala-se muito em luxo (muitas vezes de maneira banalizada e incrivelmente superficial) e às vezes é preciso lembrar que luxo é acima de tudo cultura, tempo, liberdade, e neste caso, valorização do que se tem de melhor. 
Comentários

Biografia

Stella Pelissari é formada em Moda e Jornalismo, tem pós-graduação em Moda e Comunicação e Mestrado em Management Fashion em Business.

Arquivos


Este blog reflete única e exclusivamente a opinião do seu autor e não necessariamente o posicionamento jornalístico que norteia o Mundo do Marketing.

Acervo

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss