Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Blogs

Cannes Lions

Hollywood, masculinidade, moda e cultura

Veja o que foi destaque no sétimo dia em Cannes

Por: | 24/06/2016

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Os destaques do sétimo dia do Cannes Lions foram a presença do poderoso produtor de Holywood, Harvey Weinstein, um interessante painel sobre a nova masculinidade, uma conversa de Jean Lin, da Isobar, com John Clay, da Uniqlo, e a importante homenagem prestada pelo Festival ao brasileiro Marcelo Serpa.

Weinstein, que ganhou até hoje nada menos do que 82 Oscars, falou com Maurice Lévy, da Publicis, sobre cinema e a evolução desta indústria. A conversa foi interessante para estabelecer um paralelo entre o que acontece com o cinema e a comunicação de marketing. Ambos os setores enfrentam desafios parecidos, que é produzir conteúdo relevante que as pessoas consumirão em diferentes meios e plataformas. Em resumo, Weinstein mostrou que a saída é diversificar, buscar novos formatos, diretores e canais para atender a diferentes demandas de distintas plateias.

O painel sobre masculinidade, que reuniu um professor universitário, uma documentarista e um modelo profissional, girou em torno das mudanças no universo masculino em contraposição aos valores tradicionais da sociedade, que ainda cobra dos homens que sejam durões, competitivos, intimidadores, agressivos, bem-sucedidos, que nunca chorem, não peçam ajuda e façam sexo apenas com mulheres. A pressão social faz com que muitos garotos descarreguem a raiva e o estresse de maneira violenta sobre outras pessoas ou sobre eles mesmos. Por isso é importante que a comunicação e a cultura ajudem a criar um ambiente em que os homens possam ser eles mesmos e expressem sua identidade, seja ela qual for.

O papo com John Clay, hoje President of Global Creative da Uniqlo, marca de Fast Fashion japonesa, abordou a importância das marcas explorarem o contexto cultural, serem autênticas e usarem informação e tecnologia como aliadas. Clay ainda mostrou que as lojas da Uniqlo estão sendo pensadas como espaços para abrigar uma narrativa de marca, alinhada com a cultura e o design.

Por fim, Marcello Serpa, ex-sócio da AlmapBBDO, lotou o auditório Debussy para receber homenagens pelo importante prêmio que recebeu, o exclusivo Leão de St. Mark, e falar sobre a carreira. Durante a entrevista, conduzida pelo próprio Philip Thomas, CEO do Festival de Cannes, e entremeada de depoimentos gravados em vídeo, Marcelo comentou trabalhos que fez para marcas como Havaianas e Volkswagen, e explicou que a decisão de deixar a publicidade aos 50 anos deveu-se à vontade de sair no ápice da vida profissional e também pelo cansaço de fazer sempre as mesmas coisas e enfrentar reuniões tediosas com clientes que nem sempre valorizavam o trabalho criativo apresentado pela agência. Ao final, aplaudido de pé, Serpa fez uma despedida em português dirigida aos muitos brasileiros presentes, dizendo que estava sentindo-se emocionado e que tinha vivido seu `momento Faustão´, referindo-se às mensagens de carinho gravadas por colegas e apresentadas no telão.

cannes

cannes

Comentários

Biografia

Cobertura da 63º edição do Cannes Lions Festival Internacional de Criatividade, que acontece de 18 a 25 de junho de 2016. Os conteúdos são produzidos pelos correspondentes Luiz Alberto Marinho e Patrícia Marinho, que apresentam os insights apontados durante os seminários no evento.

Arquivos


Este blog reflete única e exclusivamente a opinião do seu autor e não necessariamente o posicionamento jornalístico que norteia o Mundo do Marketing.

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2015.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2017. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss