Desejos Contemporâneos | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Blogs

Consumo e Inovação

Desejos Contemporâneos

Comportamento

Por: | 11/08/2009

bfurtado@aliasite.com.br

Compartilhe

Quero compartilhar com vocês o Prefácio à segunda edição de Desejos Contemporâneos , que chega esta semana às livrarias. Ele foi escrito por Jaime Troiano, sócio-diretor da Troiano Consultoria de Marca. O Jaime é um profissional notável da disciplina de marketing e para mim é uma honra contar com suas reflexões em meu livro. Confira o texto:

 

 

"Nós somos eternamente incompletos! É uma dimensão constitutiva da nossa identidade como espécie, ou da natureza de forma geral, um contínuo fluir transformador. Como indivíduos, somos movidos pela consciência do que falta em nós, daquilo que ainda não realizamos, das conquistas que estão por ser feitas, das coisas que não ainda não temos.

 

Todos nós, de um jeito ou de outro, convivemos com essa permanente expectativa de preenchimento do espaço que nos separa do que ainda não somos. Essa distância, que expressa o quanto somos incompletos, é o que nos move. É o que constrói nossas motivações e nos mantém vivos.

 

E, mais do que nos manter vivos, é a consciência dessa distância entre o que sinto que sou e aquilo que gostaria de ser, ou ser mais do que sou hoje, que explica a maior parte de nossos comportamentos. A pessoa com quem me caso, a faculdade que decido cursar, o carro que quero comprar, a roupa que pretendo vestir, o país que planejo visitar, o restaurante que prefiro freqüentar, tudo isso e muito mais, enfim, não são escolhas fortuitas. São o fruto da necessidade que temos, a cada momento, de encurtar aquela distância.

 

Nós, como consumidores, vivemos essa busca o tempo todo. O espaço que separa nosso actual self de nosso ideal self estabelece o que queremos e o que não queremos, as marcas que nos completam e aquelas que têm apenas um papel funcional. O preenchimento desse espaço é o que move os consumidores e, em última instância, move a roda da própria economia. Aliás, alguns modernos economistas perceberam o quanto essa dimensão de subjetividade é um vetor importante para explicar movimentos de mercado, mais do que elaborações matemáticas são capazes de fazer.

 

É nesse terreno impreciso e volátil entre o actual e o ideal self que germinam nossos desejos como consumidores. Os desejos são frutos da necessidade que nos impomos de completar esse espaço. As empresas, produtos, serviços e marcas que compreendem essa dinâmica sempre lideram seus mercados.

 

"Desejos Contemporâneos" é uma fascinante viagem pelas múltiplas tendências que podem atender às expectativas dos consumidores em nossas sociedades. Compreendê-las e saber como empregá-las nas estratégias de marcas e produtos é essencial em mercados congestionados e submetidos a um furor darwiniano, como os nossos.

 

A busca por esse entendimento depende de um certo despojamento nosso. Nas inspiradas palavras da Beth Furtado, "para perceber o que pode trazer novas compreensões sobre o mundo e quais ondas possuem conexão com as pessoas, precisamos viver com sensibilidade." Tenho certeza de que este livro é uma grande fonte de inspirações para todos nós.

Jaime Troiano

 

Comentários

Acervo

Pesquisar por Tags

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2019.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2019. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss