Ativações

Publicidade

Centauro e DaMinhaCor amplia acesso ao esporte

04/03/2021

Marca: Centauro e DaMinhaCor

Ação: Acessibilidade ao esporte

Mecânica

É importante para a população negra empoderar-se de seus cabelos e de seus traços por meio da autoaceitação e com produtos que atendam suas necessidades específicas. Esse foi o ponto de partida de Maurício Delfino para criar em 2018 a DaMinhaCor, marca especializada em toucas de natação para a população negra e de cabelos afro.

A novidade é que agora a marca desembarca na Centauro e poderá ser encontrada em todo o país, ampliando o acesso das pessoas ao produto. O movimento é resultado da sinergia entre as marcas, ao promover a democratização do esporte por meio da inclusão, além de fortalecer e estimular empreendedores brasileiros e ajudar a impulsionar a economia em todos os setores da sociedade. 

Na Centauro estarão à venda dois modelos de touca de natação criados e produzidos pela DaMinhaCor: Touca de Natação para Cabelos Volumosos Adulto (nas cores preta, azul, branca e rosa) e Touca de Natação para Cabelos Super Volumosos Adulto (nas cores azul, preta e branca). A marca já pode ser encontrada nas lojas físicas da Centauro dos shoppings Iguatemi Bahia (BA), Iguatemi Fortaleza (CE), Conjunto Nacional BSB (DF, ), Midway Mall (RN), Plaza Niterói, Leblon Rio e Norte Shopping, no Rio de Janeiro, Aricanduva e na loja de rua da Av. Paulista, em São Paulo, além do site centauro.com.br/hotsite/da-minha-cor.

A DaMinhaCor nasceu da necessidade genuína e urgente de facilitar o acesso a produtos pensados e concebidos para mulheres e homens negros. E foi logo em seu primeiro ano que a marca virou notícia com a história da sua primeira cliente: Sofia tinha acabado de colocar tranças, mas esqueceu que em uma competição precisaria usar touca de cabelo. Uma regra da natação. Depois de procurar incessantemente e não achar nenhuma que coubesse nos cabelos trançados, sua mãe teve conhecimento do projeto de Maurício e adquiriu uma touca da DaMinhaCor. Naquele fim de semana, a menina não precisou deixar de participar de algo tão importante para ela e ainda levou duas medalhas para casa. 

A escassez de itens para demandas como a de Sofia fez com que a inquietação de Maurício sobre o tema se tornasse um novo canal de acessibilidade e oportunidade para inúmeras pessoas, despertando principalmente o senso de pertencimento e fazendo com que elas se reconheçam em seus produtos: