Ativações

Publicidade

iFood transforma bolsas descartadas de entregadores em energia elétrica e novas ecobags

10/11/2020

Marca: iFood

Ação: Já Fui Bag

Mecânica

O iFood tem buscado cada vez mais adotar medidas em suas operações que contribuam para gerar impactos socioambientais positivos e uma das mais recentes iniciativas é a Logística Reversa das mochilas térmicas dos entregadores, o projeto "Já Fui Bag". Apenas entre julho e outubro de 2020, mais de 38 toneladas desses resíduos foram reaproveitadas na geração de energia ou transformados em novos produtos e reintegrados à sociedade novamente. Esse valor é equivalente a 35 mil mochilas térmicas.

Os aterros sanitários costumavam ser o principal destino desses produtos que são compostos por quatro principais tipos de materiais, sendo cada um com características e reciclabilidade distintas: polipropileno, polietileno, zíper, poliester e isopor (EPS). O iFood decidiu recolher esses produtos e, inicialmente, optou por duas formas de destinação. A primeira é o coprocessamento em que as bags são utilizadas para gerar energia pela queima desses materiais em fábricas. 

Já os tecidos são reutilizados e transformados em novos produtos, como sacolas retornáveis que podem ser utilizadas em supermercados e outros estabelecimentos  Na cidade de São Paulo, pedidos feitos em alguns mercados pelo iFood serão entregues com as sacolas que passaram pelo processo de upcycling (reaproveitamento), nelas o consumidor tem acesso a um QR Code, que direciona para o Site Institucional e ele pode saber mais sobre a iniciativa "Já Fui Bag". 

Para realizar a triagem desses materiais e destiná-los adequadamente para a reutilização, a empresa conta com a parceria da YouGreen Cooperativa. "Percebemos um recente aumento no interesse de empresas relevantes em seus mercados pela agenda de Sustentabilidade. Temas como ESG, a agenda 2030 da ONU, o Acordo de Paris, têm mobilizado lideranças a buscarem formas mais corretas e alinhadas para tratarem de seus resíduos. Fazer o certo, agora, é um critério de investimento e de escolha de clientes. E termos o iFood como parceiro nessa  jornada é um sinal claro para empresas tradicionais e novas startups que a sustentabilidade é um caminho sem volta" Roger Koeppl, diretor presidente da YouGreen.

A reutilização desses materiais ocorre por meio de parceria com a Retalhar, empresa que promove a economia circular de produtos têxteis. "Diante das possibilidades disponíveis e impactos gerados nas regiões, realizamos a logística reversa e optamos pelo processo mais adequado para sermos zero aterro e gerar uma economia circular. Estamos considerando as opções viáveis localmente, o mais importante para nós é a destinação final ambientalmente adequada seja pelo coprocessamento, gerando energia para fornos de outras indústrias, seja pelo upcycling, gerando novos produtos têxteis e com isso renda para cooperativas de costura", explica Luciana Vaz, Head de Soluções Sustentáveis do iFood.

Para Jonas Lessa, fundador da Retalhar, a iniciativa do iFood é exemplo de geração de impacto socioambiental positivo, uma vez que o resíduo retorna para o ciclo produtivo gerando valor compartilhado. "Com a reutilização, aumenta-se a vida útil da matéria-prima e são evitadas as externalidades negativas de uma nova extração de recursos naturais. Além disso, para aterrar todo o material que seria descartado, seria necessário um espaço igual ao ocupado por 40 carros populares. Somado ao fato de evitar esse impacto criamos um processo que gera renda digna para as cooperativas de catadores e de costureiras envolvidas.", afirma Lessa.

As mochilas térmicas, com o tempo, se desgastam e precisam ser substituídas periodicamente para garantir que as refeições cheguem na temperatura ideal para consumo. O projeto piloto de Logística Reversa ocorreu entre outubro de 2019 e março de 2020 e foi escalado como uma iniciativa nacional em julho deste ano. 

Para saber mais sobre o "Já Fui Bag", acesse institucional.ifood.com.br/solucoes-sustentaveis/ja-fui-bag