Ativações

Publicidade

Eurofarma apoia profissionais da saúde para retorno seguro dos pacientes aos consultórios em tempos de covid-19

18/08/2020

Marca: Eurofarma

Ação: #voltapacientes

Mecânica

A Eurofarma, reforçando sua crença na valorização da classe médica, desenvolveu uma série de materiais de comunicação para que os profissionais de saúde possam se comunicar com seus pacientes e garantir um retorno seguro às clínicas e consultórios.

A iniciativa surgiu após o alerta de que pacientes crônicos, que necessitam de acompanhamento frequente, deixaram de procurar atendimento devido à insegurança causada pelo coronavírus. Entre as ações criadas, o infectologista Bruno Scapellini proferiu uma aula on-line com todos os passos e dicas importantes para garantir a assepsia do local, cuidados na paramentação e equipamentos de proteção individual que devem ser utilizados pelos profissionais da saúde, bem como os procedimentos para a entrada de pacientes no consultório. Leny Kyrillos, fonoaudióloga especialista em voz e comentarista da rádio CBN, também compartilhou seu conhecimento com os profissionais sobre como se comunicar de forma assertiva e transmitir segurança aos pacientes neste momento de pandemia. Um dos pontos altos da apresentação foi como se expressar adequadamente utilizando toda a paramentação necessária (máscara, face shield, touca, etc.), itens que prejudicam a comunicação interpessoal.

No site eurofarma.com.br/voltapacientes, os profissionais de saúde podem rever o webinar com Scapellini e Kyrillos e personalizar materiais de comunicação, com orientações para o paciente e de identificação de sua clínica ou consultório. São 10 modelos diferentes, que podem ser customizados com nome e logotipo, tudo gratuito e já pronto para impressão.

Até o momento, a empresa destinou mais de R$ 25 milhões para ajuda humanitária e definiu quatro frentes diferentes de atuação: doação de medicamentos; a compra e distribuição de cestas básicas; doação de equipamentos de proteção individual e álcool em gel e apoio financeiro a instituições de saúde (Hospital São Paulo/Unifesp e Graac).