Artigos

Publicidade
Publicidade
Planejamento Estratégico

Black Friday 2021: quais as tendências para esse ano?

Data é muito aguardada pelo comércio, novas abordagens sempre surgem e é importante ficar atento a elas

Por Vinicius Gambeta - 28/10/2021

A cada ano, cresce o número de pessoas que aguardam a Black Friday para aproveitarem os descontos e condições especiais de pagamento. Mas neste ano a data ganhou uma importância ainda maior.
 
A pandemia mudou completamente o cenário do varejo em geral que precisou se adaptar à nova realidade. Com a quarentena, o acesso às lojas físicas ficou prejudicado e muitos se voltaram para o e-commerce, incluindo aqueles que não tinham o hábito de realizar compras online.
 
Segundo dados da Serasa Experian, 99% dos internautas já ouviram falar da Black Friday e 70% já compraram produtos durante a promoção. Com a mudança de comportamento do consumidor, que está muito mais conectado, é esperado um crescimento médio de 50% das intenções de compra.
 
Esta é a época ideal para ficar em evidência e aumentar o faturamento, sendo assim, apresento abaixo ideias que podem impactar positivamente as vendas 
 
O que esperar da Black Friday neste ano?
 
Com o distanciamento social e a adesão do home office, as pessoas passaram a ficar mais tempo em casa, o que mudou as prioridades de compra: ao invés de eletrônicos, celulares e eletrodomésticos, o foco mudou para moda, saúde, artigos para casa, construção, decoração e entretenimento.
 
Sendo assim, a primeira coisa que devemos lembrar na hora de montar uma campanha de Black Friday, é que a concorrência estará muito mais agressiva na estratégia. Pensar em atrativos que realmente farão o seu produto ou serviço se destacar dos demais é fundamental. Por isso, é muito importante separar uma parte do orçamento para entrar na competição e divulgar essas ações.
 
Outro ponto, é que o consumidor está ainda mais desconfiado e atento. Antes de sair às compras, ele vai pesquisar a fundo para ter certeza de que não está “pagando metade do dobro”. Mesmo que a data esteja ainda mais digital, essa consciência vale também para o offline. O ideal é promover o produto com promoções honestas e significativas.
 
Além disso, o conteúdo gerado pelo usuário será mais valioso do que nunca. Por exemplo, utilizar influenciadores ou compartilhar avaliações e recomendações de amigos vão ajudar o consumidor a decidir se um determinado produto realmente vale a pena. Mas enquanto o marketing de influência continua ganhando espaço, ainda é preciso ter cuidado na hora de escolher quem irá divulgar a marca neste período, principalmente se for alguém que não usa ou não acredita no produto. O resultado será um marketing não autêntico, e como o próprio Vinicius reforça “os consumidores estão bem desconfiados”. 
 
De modo geral, a Black Friday 2021 tem potencial para trazer números incríveis, então se você quiser entrar na corrida, além de seguir as tendências acima, aproveite para incluir essas dicas na sua estratégia:
 
“Esquenta Black Friday”
A Black Friday nunca dura apenas um dia, então aproveite para dar um gostinho do que será ofertado na data. Essa é uma forma de manter o varejo aquecido por mais tempo.
 
Atendimento
Com o caos da Black Friday, pode acontecer de sites ficarem lentos, ou saírem do ar. Nessas horas, é preciso estar preparado para acalmar os usuários que não conseguiram finalizar a compra e dar todo o suporte necessário.
 
Lives
As lives continuam sendo tendência nas redes sociais. A presença de artistas, cantores e descontos exclusivos é uma ótima alternativa para atrair a atenção dos consumidores.
 
Entrega
Uma entrega rápida e grátis pode ser um fator decisivo para o consumidor escolher o produto. 
 

Por: Vinicius Gambeta

Vinicius Gambeta está à frente de duas empresas: Agência de Bolso e Aquela Caixa. Produz conteúdo diário sobre marketing e negócios, ministra cursos na área de vendas e é palestrante em eventos do mercado digital.