Nem tudo é felicidade na Copa do Mundo | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Nem tudo é felicidade na Copa do Mundo

A paixão do brasileiro pelo futebol fazia supor que toda população desejava assistir aos jogos e de preferência nos estádios. No entanto, alguns números dizem o contrário

Por | 12/12/2013

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe
A Copa está chegando e, com ela, a ansiedade em compreender como esse fenômeno vai se desenrolar por aqui. Afinal, os investimentos foram e serão altos e todos querem acertar. Mas as pesquisas têm colocado em cheque algumas grandes verdades coletivas.
 
A paixão do brasileiro pelo futebol fazia supor que toda população desejava assistir aos jogos e de preferência nos estádios. No entanto, apenas 14% pretende ir aos estádios e 52% declaram ter intenção de assistir ao maior número de jogos possível. 
 
Em recorrência das manifestações ocorridas durante a Copa das Confederações, identificamos um segmento que "Reflete" sobre o momento em que passamos, para quem a copa é motivo de crítica e apreensão, não apenas de festa. 
 
Outra verdade popular: o brasileiro tem fama de ser um povo festeiro e feliz. Porém, será que todos se vêm comemorando sem limites? Pelo que se pode adiantar, o sentimento de "Extravasar/Euforia" motiva apenas um quinto da população.  
 
Onde as pessoas assistirão aos jogos? Vale a pena estar presente em transmissões de jogos em telões? Os manifestantes terão peso suficiente para atrapalhar a festa?  Existe alguma forma de sensibilizá-los? Que outras motivações mobilizam os brasileiros? 
 
Entender as motivações dos brasileiros e dimensionar os segmentos de mercado relacionados a estas motivações são essenciais para as empresas. Sem este conhecimento, é quase impossível definir ações táticas ao longo dos próximos meses e achar ocasiões para se diferenciar da concorrência focando em segmentos pouco trabalhados na comunicação.
 
Esta ideia foi o ponto de partida de um dos estudos da Ipsos. A pesquisa baseou-se na metodologia Censydiam para identificar oportunidades para as empresas ajustarem suas estratégias de marcas durante a Copa do Mundo. 
 
Alguns resultados do Estudo sindicalizado Ipsos - Copa do Mundo
- 14% dos entrevistados pretendem comprar ingresso para assistir algum jogo do Brasil;
- 79% quer acompanhar os jogos em casa com a família;
- 52% tem grande interesse em assistir ao maior número de jogos possíveis;
- Mesmo após o período das manifestações que aconteceram em junho deste ano, 75% das pessoas são a favor da realização da Copa do Mundo no país e apenas 16% são contra.
 
* com Ana Claudia Malamud, Diretora, Ipsos UU, e Célia Silva, Diretora, Ipsos Marketing.

Por: Tania Cerqueira

Diretora da Ipsos InnoQuest


Comentários


Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2019.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2019. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss