Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

O que sua marca ganha com as Smart TVs na Copa do Mundo 2018?

Previsão é de que o mercado brasileiro de publicidade cresça 5% este ano, acima da taxa global de 3,6%. Ações em vídeo seguem como uma das principais estratégias

Por | 26/03/2018

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Faltando poucos meses para a Copa do Mundo na Rússia, um dos maiores eventos do planeta, já fica nossa expectativa para a tradicional movimentação na indústria da comunicação. A previsão é de que o mercado brasileiro de publicidade cresça 5% em 2018, acima da taxa global de 3,6%, segundo estudo do grupo Dentsu Aegis Network.

Se essa projeção for confirmada, o bolo publicitário do país ultrapassará os R$ 134 bilhões em compra de mídia, registrados em 2017, segundo levantamento da Kantar Ibope Media. O fato é que esse resultado será diretamente influenciado por dois temas principais: Copa do Mundo e Eleições.

No que se refere ao evento esportivo, a nossa publicidade tem sempre boas idéias e cases para engajar o brasileiro às marcas que apostam no acontecimento mundial. A publicidade em vídeo segue sendo uma das principais estratégias utilizadas pelos anunciantes. Isso vai desde a TV (linear e conectada), passando pelos PCs, notebooks e tablets, até à mobilidade dos celulares.

Especificamente o meio TV ainda é um dos preferidos entre os brasileiros para acompanhar Copa do Mundo e Olimpíadas, por exemplo. De acordo com uma pesquisa realizada pela GFK, na segunda quinzena de maio de 2014, às vésperas do mundial no Brasil, a venda de TV no país registrou um crescimento semanal acima de 60% em relação ao ano de 2013.

Um boom de novas TVs, em sua grande maioria Smart TVs, chegaram aos lares brasileiros. E continuam chegando todos os dias. Hoje, mais de 19% dos televisores disponíveis no Brasil são Smart TVs e, quase que a totalidade, 91% desses proprietários já conectaram seus aparelhos à internet pelo menos uma vez. Somente nos últimos 30 dias, mais de 11 milhões de televisões conectadas geraram por volta de 160 milhões de impactos publicitários.

O que isso representa para as marcas? Definitivamente um poder a mais na interação com seus públicos por meio do bem-sucedido vídeo, com formatos que podem extrapolar em muito os tradicionais 30 segundos e storytellings que vão além da abordagem comercial e conquistem de fato o consumidor. Anunciantes como Brasil Kirin, Ford, Itáu, Banco do Brasil e Natura já utilizaram essa estratégia durante períodos esportivos

O mercado de mídia em Smart TV está em franca expansão e utilizar esse formato de publicidade aliado a um evento global é uma estratégia assertiva para gerar buzz e potencializar resultados, causando uma alta receptividade para as marcas. Tudo isso reforça o poder de ampliar o alcance da sua comunicação no meio digital e na tela grande e trabalhar suas estratégias direcionadas a um dos maiores espetáculos do mundo.

Por: Riza Soares

Riza Soares é Diretora Geral da Smartclip no Brasil.


Comentários


Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss