Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Publicidade

Flat Design não é apenas uma tendência

Na medida que a internet deixou de ser uma forma de comunicação e passou a ser vista como uma linguagem de relacionamento, o ambiente digital amadureceu e seu uso também

Por | 29/05/2014

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

"Excessivos elementos gráficos, como sombras, brilhos e gradientes - em comunicação visual - podem disfarçar uma eventual falta de qualidade do produto." - Não lembro onde li essa frase, mas estava contextualizada em um sistema de comunicação visual. Impresso. Sem questionar seu propósito, mas considerando relevantes cases do design de produto, essa lógica passa a fazer sentido - inclusive, de forma bastante reconhecida. Os maiores cases de design utilizam uma estrutura visual e gráfica bastante simples.

Na tradução desse movimento, para o design digital, é bastante compreensível a existência de algumas fases que antecederam essa "simplicidade extrema" - por assim dizer. Afinal, a internet é bastante nova, considerando o design digital como uma das aplicações do design gráfico.

A utilização de metáforas visuais foi necessária para a atribuição de significados, tornando o ambiente digital similar ao ambiente físico que, por sua vez, é mais aderente aos modelos metais já estabelecidos. Mais familiar. Botões, pastas, menus, páginas, entre outros, já faziam parte de nossa vida há muito tempo. Portanto, quanto mais similar ao ambiente físico, mais reconhecível torna-se cada um desses elementos.

Na medida que a internet deixou de ser considerada uma forma de comunicação e passou a ser vista como uma linguagem de relacionamento, o ambiente digital amadureceu e seu uso também. As representações visuais de cada um desses elementos passaram a ser desnecessárias. As heurísticas se consolidaram com o uso frequente da internet e os componentes interativos passaram a ser vistos de uma forma absolutamente funcional.

Esse processo de amadurecimento gerou uma expressão, que é bastante conhecida como Flat Design - um movimento caracterizado pela adoção de uma linguagem bastante simples e objetiva de tratar o design digital, sem perder - evidentemente - o refinamento gráfico e seu objetivo funcional.

As cores passam a ter uma distinção clara, que objetiva a rápida identificação do usuário quanto à sua relevância na interface. A modulação é bastante estruturada, as transições agradáveis e o resultando é uma interface bem resolvida e altamente funcional.

Evidentemente que esse processo foi impulsionado por uma metodologia de projeto, chamada User Centered Design (UCD), que considera as premissas dos usuários acima das premissas de negócio, onde o agente da interação passa a centrar as decisões estratégicas de um projeto. O resultado desse processo é uma visão enxuta do que é realmente necessário em um ambiente transacional, de comunicação ou relacionamento digital.

Simplicidade, objetividade e relevância. Propulsores de um importante movimento no mercado de comunicação e marketing digital, que já possui alguns sinais. O Flat Design é um deles.

Design, Usabilidade, Marketing Digital
 

 

Por: Renato Rosa

Diretor de produtos da Dinamize


Comentários


Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss