Marketing com R$ 100,00? Enlouqueceu? Não! | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Marketing com R$ 100,00? Enlouqueceu? Não!

Marketing com R$ 100,00? Enlouqueceu? Não!

Por | 17/04/2007

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Marketing com R$ 100,00? Enlouqueceu? Não!

Por Kelly Gomes*

O que foi? Que cara é essa? Falo sério! Quem disse que não dá para fazer marketing com R$ 100,00? Dá sim e nem precisa obrigar o "Tico " a fazer hora extra e nem escravizar e chicotear o "Teco" até que num último suspiro ele solte alguma solução que caiba no seu bolso e seja eficaz.

Pensar fora da caixinha com certeza é o caminho para o Marketing de Baixo Custo, porém, não é sempre que estamos inspirados, e aí, a saída é a informação: ler muito, estar por dentro de tudo que custa pouco e pode ajudar-nos a alavancar enquanto profissional liberal ou enquanto empresa.

Um Blog, por exemplo, custa R$ 0,00 (zero real). É isso mesmo, não custa nada criar um Blog e hospedá-lo, e a capacidade dele para fortalecer a marca da empresa ou do profissional, criar um canal de comunicação mais próximo entre o cliente e a empresa ou valer-se como vitrine de vendas e disseminar promoções, é enorme. Mas sabe quantas empresas utilizam esse recurso no Brasil? Menos de 3%, segundo pesquisa da Rapp Collins.

Outra saída para um marketing de Baixo Custo é a troca de links, prática que também custa R$ 0,00 ( zero real ). É simples: basta o profissional ou a empresa pesquisar os sites que têm sinergia e propor uma troca de links. Cada um coloca o link do outro no site, aumentando assim o tráfego de ambos e a probabilidade de fechar novos negócios.

Como assim? Lojas virtuais de cosméticos podem trocar links com clínicas de estética, por exemplo. Concorda que os dois têm praticamente o mesmo público? Gente querendo ficar mais bonita.

Agora, valendo algum investimento em dinheiro, transforme pessoas em "Caçadores do Cliente Perdido" em troca de um complemento significante de salário na vida delas. Joe Girard, o maior vendedor de carros do mundo fazia isso: cada cliente dele que indicasse um outro cliente ganhava um valor acordado, cada barbeiro da cidade que indicasse um cliente pra ele ganhava um valor acordado, cada açougueiro....

Aí você vai dizer: "ahhh, mas isso eu já faço". E eu pergunto: "Mas você tem um "papel" explicando como funciona todo o processo, porcentagem, explicando inclusive a forma de pagamento"? Um "papel" que transforma o favor da indicação em uma atividade de complemento de renda? A partir do momento que as pessoas perceberem que o que elas fazem por você na verdade é por elas, elas farão com muito mais empenho, principalmente se elas encararem como um complemento de orçamento que não lhes toma tempo, somente a língua. 

Quanto custa uma cartinha explicativa? Tempo dispensado com o Word, a impressão e xérox. Se for R$ 0,20 a folha (aqui perto da KG 8 custa isso ), faça de início umas 200 cópias, com um investimento de R$ 40,00.

E para concluir o investimento de acordo com o título, gaste os outros R$ 60,00 em links patrocinados. Prática que você só paga quando clicarem em seu anúncio. E que saber o melhor de tudo? Você decide quanto quer pagar por clique. Quer mais?

* kelly Gomes é especialista em Comunicação e Marketing de Baixo Custo e tem experiência nacional e internacional em ambas as áreas. Com MBA em Comunicação Executiva com ênfase em Marketing pela ESPM, trabalhou para a HSM desenvolvendo trabalhos de Comunicação Integrada para grandes nomes do management mundial como Peter Drucker, Tom Peters, Philip Kotler, C.K. Prahalad, Alvin Toffler, Anita Roddick, William Ury, entre outros. Hoje, além de estar a frente da consultoria KG 8, escreve artigos e dá palestras sobre o assunto.
Acesse: www.kg8.com.br
Contato: kelly@kg8.com.br

Leia também
Como fazer marketing sem gastar quantias exorbitantes
Como convencer o seu chefe a investir em marketing?
Mais resultado com menos custo
Seu planejamento estratégico pode estar furado

Por: Redação




Comentários

Artigos do autor:

Brasil é um dos principais mercados para diversidade em Marketing

Black Friday une empresas na Virada Black Liberdade

Discriminação de gênero é problema entre meninas da Geração Z

Centennials: o novo motor econômico para as marcas

Após 15 anos, Roberto Gnypek deixa McDonald’s

Consumo de disco de vinil aumenta no Brasil

Tinder abre espaço para criadores de conteúdo

7 dicas para impulsionar as vendas de PMEs na Black Friday

Transações via smartphones representam 41% das vendas no Brasil

Relevância do Trade Marketing aumenta em agências, indústria e varejo

CMOs colaborativos são essenciais para crescimento de negócios

Compras do Dia das Crianças serão maiores em lojas físicas

3 Livros para auxiliar no planejamento de Marketing

Eleições e instabilidade não barraram investimentos em Marketing

Apesar do avanço de streaming, rádio impacta 86% da população

Inovação é necessidade estratégica para manter vantagem competitiva

Youtube mira no streaming e apresenta Youtube Music e Youtube Premium

Metade dos profissionais não colocam consumidores em primeiro lugar

Mercado de panetone cresce no Brasil

Smartphone será meio mais utilizado para compras do fim de ano

Preferência por fast-food varia conforme região brasileira

Fundação e Instituto Arcor lançam campanha de incentivo ao brincar

Mobile avança como mídia no mercado brasileiro

Infraestrutura das lojas virtuais garante o sucesso na Black Friday

5 tecnologias que mesclarão o trabalho entre humanos e máquinas

Pesquisa Heineken: mais da metade dos adultos bebem quando dirigem

PMEs estão confiantes na era da Inteligência Artificial

O que muda no atendimento ao consumidor com a API do WhatsApp

As 10 marcas mais lembradas pela diversidade em propaganda

Vivo, Raízen e Ericsson abrem chamada de startups com foco em IoT

Brasileiros são receptivos a anúncios digitais e querem personalização

5 inovações do Google Brasil em anúncios

Cabify faz parceria e product Marketing com Grupo Rouge

5 insights da Beleza na Terceira Idade

Grupo Edson Queiroz cria nova divisão de águas

Nível de atenção dos profissionais está mudando

C&A cria Fashion Futures para debater o futuro da moda

Brasil é o segundo maior país em buscas sobre beleza

Supermercado online avança globalmente

Comportamento do consumidor no quarto trimestre

Número de investimentos em insurtech sobem

Publicidade em aplicativos movimenta mais de 3 bilhões de dólares

Dia dos Pais aquece segundo semestre de 2018

Marketing 60+: a importância do consumidor sênior

Geração Z quer tecnologia para testar produtos na loja física

Busca por experiências fazem brasileiros se presentearem mais

Brasileiros preferem comprar online e buscar na loja física

Falta de experiência afasta consumidor do e-commerce

Homens são mais conservadores em relação aos produtos de beleza

Marcas crescem no Youtube com a Copa do Mundo



Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss