O que pode estar errado nas suas vendas e você não vê! | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

O que pode estar errado nas suas vendas e você não vê!

O que pode estar errado nas suas vendas e você não vê!

Por | 22/03/2007

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

O que pode estar errado nas suas vendas e você não vê!

Por Cláudio Goldberg*

Se seu produto ou serviço transformou-se numa "commodity" como fazer para vender mais, sempre e melhor? Caberá ao vendedor fazer a diferença, pois não importa mais o que se vende e sim como se vende.

Em mercados cada vez mais saturados de produtos e serviços, onde os ciclos de venda e de produção são mais curtos, as conexões globais e o consumidor/cliente cada vez mais informado e exigente, os vendedores podem estar correndo perigo, se resistirem em mudar velhos hábitos.

Vender não é mais sinônimo de persuadir, mas de diagnosticar os problemas e necessidades do consumidor e propor soluções. Nesse texto vamos elencar sugestões do estudo da arte da administração de vendas para otimização da relação empresa/mercado por meio de uma força de vendas estrategicamente orientada para resultados.

É fundamental que seus vendedores inicialmente busquem conquistar a confiança de seus clientes e isto ocorre se os mesmos tenham desenvolvido o tripé da competência em vendas: Conhecimento do negócio e mercado do cliente; Habilidade de transmitir a oferta de valor e negociar as condições comerciais e motivação para ouvir, entender as reais necessidades do cliente, orientando-os para objetivos além de manter sua participação de mercado junto a base instalada de clientes, que busquem oportunidade de gerar novos negócios, pois são estes que lhe trarão a capacidade de blindar suas contas frente a seus concorrentes além de assegurar futuramente  negociações mais lucrativas.

Alerte seus gerentes e vendedores para a mudança do paradigma do sucesso em vendas. Observe o modo como seus vendedores constroem relacionamentos com seus clientes. No passado boa parte dos vendedores obtinham sucesso descrevendo bem o produtos e exercendo pressão para o fechamento da venda. Atualmente a persuasão se dá pela informação, pela construção de base factual na qual fatos e dados devem estar relacionados e apresentados com a finalidade de legitimar sua "proposta de valor". Vale notar que neste aspecto, nunca o processo de comunicação foi tão determinante como fator critico de sucesso.

Apesar de todo produto ser concebido para resolver problemas para o cliente, via de regra as equipes de venda, treinadas em produto, acabam por ofertar aos compradores características de produtos e serviços com ênfase nas necessidades de quem produziu. Portanto, a pergunta que não quer se calar é como fazer com que sua força de vendas fale "sobre o produto" sob a ótica do cliente?

Diga aos seus vendedores que não vendam seus produtos e sim entrevistem seus clientes. Estimule sua equipe de vendedores a fazer perguntas, abertas, fechadas, exploratórias, retóricas de forma a poder identificar oportunidades disfarçados de problemas. Eduque-os a criar e oferecer valor falando somente o necessário para o comprador.

Finalmente, note que no processo de compra, após o cliente tomar a decisão de compra ele sempre tem uma dúvida, um questionamento: De quem devo comprar?

Neste fase, o vendedor para criar seu diferencial em relação aos seus concorrentes precisará usar como o apoio todas as ferramentas de marketing e vendas que sua empresa disponibiliza. Dessa forma, arrolamos abaixo algumas das mais utilizadas com sucesso na apresentação de vendas:
- Conceito de engenharia comercial: A gestão da marca e o desempenho de todos os departamentos da empresa para garantir satisfação do cliente;
- Minimizar os riscos: Oferecer garantias, apresentar casos de sucesso de clientes do mesmo segmento, etc..
- Flexibilização do pacote comercial: Estamos falando de saber onde e como fazer concessões quanto ao prazo de entrega e pagamento, descontos financeiros, crédito e financiamento, etc.

* Claudio Goldberg é consultor, especialista em varejo, gestão de CRM, coordenador do MBA de Varejo da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e professor em Marketing e Vendas da FGV, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Universidade Estácio de Sá.

Por: Redação




Comentários

Artigos do autor:

Brasil é um dos principais mercados para diversidade em Marketing

Black Friday une empresas na Virada Black Liberdade

Discriminação de gênero é problema entre meninas da Geração Z

Centennials: o novo motor econômico para as marcas

Após 15 anos, Roberto Gnypek deixa McDonald’s

Consumo de disco de vinil aumenta no Brasil

Tinder abre espaço para criadores de conteúdo

7 dicas para impulsionar as vendas de PMEs na Black Friday

Transações via smartphones representam 41% das vendas no Brasil

Relevância do Trade Marketing aumenta em agências, indústria e varejo

CMOs colaborativos são essenciais para crescimento de negócios

Compras do Dia das Crianças serão maiores em lojas físicas

3 Livros para auxiliar no planejamento de Marketing

Eleições e instabilidade não barraram investimentos em Marketing

Apesar do avanço de streaming, rádio impacta 86% da população

Inovação é necessidade estratégica para manter vantagem competitiva

Youtube mira no streaming e apresenta Youtube Music e Youtube Premium

Metade dos profissionais não colocam consumidores em primeiro lugar

Mercado de panetone cresce no Brasil

Smartphone será meio mais utilizado para compras do fim de ano

Preferência por fast-food varia conforme região brasileira

Fundação e Instituto Arcor lançam campanha de incentivo ao brincar

Mobile avança como mídia no mercado brasileiro

Infraestrutura das lojas virtuais garante o sucesso na Black Friday

5 tecnologias que mesclarão o trabalho entre humanos e máquinas

Pesquisa Heineken: mais da metade dos adultos bebem quando dirigem

PMEs estão confiantes na era da Inteligência Artificial

O que muda no atendimento ao consumidor com a API do WhatsApp

As 10 marcas mais lembradas pela diversidade em propaganda

Vivo, Raízen e Ericsson abrem chamada de startups com foco em IoT

Brasileiros são receptivos a anúncios digitais e querem personalização

5 inovações do Google Brasil em anúncios

Cabify faz parceria e product Marketing com Grupo Rouge

5 insights da Beleza na Terceira Idade

Grupo Edson Queiroz cria nova divisão de águas

Nível de atenção dos profissionais está mudando

C&A cria Fashion Futures para debater o futuro da moda

Brasil é o segundo maior país em buscas sobre beleza

Supermercado online avança globalmente

Comportamento do consumidor no quarto trimestre

Número de investimentos em insurtech sobem

Publicidade em aplicativos movimenta mais de 3 bilhões de dólares

Dia dos Pais aquece segundo semestre de 2018

Marketing 60+: a importância do consumidor sênior

Geração Z quer tecnologia para testar produtos na loja física

Busca por experiências fazem brasileiros se presentearem mais

Brasileiros preferem comprar online e buscar na loja física

Falta de experiência afasta consumidor do e-commerce

Homens são mais conservadores em relação aos produtos de beleza

Marcas crescem no Youtube com a Copa do Mundo



Acervo

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss