Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Publicidade

Oportunidade para investir em relacionamento

DBM passa a ser prioridade com novas regras do Call Centers, escreve Nelise Zymberg

Por | 22/08/2008

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Oportunidade para investir em relacionamento

Por Nelise Zymberg*

O Presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou decreto no dia 31 de julho com as novas regras para melhorar o atendimento nos Call Centers. As regras visam acabar com a dor de cabeça dos consumidores que dependem deste serviço para falar com as empresas. 

O decreto será uma boa oportunidade para as empresas acordarem frente ao mercado. Os produtos estão cada vez mais parecidos, quase não existe diferenciação, e as empresas precisam entender que o atendimento com excelência consegue criar valor e fidelizar o cliente e que este canal é fundamental. Porque o cliente que reclama tem interesse no relacionamento, portanto, quando ele chega ao ponto de pedir o cancelamento dos serviços ou devolução do produto, mostra que nada foi feito por ele até o momento e a chance de ouvi-lo foi desperdiçada.

As organizações investem fortunas em lançamentos de produtos, mas falham quando não alocam verbas para as estratégias de retenção de clientes. O CRM (Relacionamento com o Cliente) hoje é mais do que uma ferramenta, é uma filosofia de negócios. Um dos pilares da ferramenta é a integração dos dados disponíveis, permitindo que a qualquer momento todos possam ter acesso, identificando o cliente como único, independentemente do canal de contato.

O principal fator gerado nesse sistema é o conhecimento do histórico dos contatos anteriores realizados pelos clientes, oferecendo a possibilidade de dar continuidade ao atendimento sem a necessidade de solicitar informações já retidas anteriormente, somente assim será possível atender as novas regras.

Estamos na era do relacionamento e flexibilidade é a palavra fundamental. As empresas ainda caminham para a visão foco no produto, deixando para trás o foco no cliente. O foco do cliente é destinado a saber o que ele quer para, daí sim, a empresa tomar a sua decisão. Portanto, acredito que estas novas regras só têm a contribuir, fazendo com que as empresas, de um modo geral, invistam para melhorar seu atendimento. A partir de agora mais treinamento e investimento serão necessários para o setor. Como a maioria das empresas visa o lucro, isto sempre acabou ficando em segundo plano.

Quando falamos em atendimento via call center, hoje precisamos menos de "robôs" e mais de atendentes bem preparados que resolvam os problemas dos consumidores. Como eles seguem um script, acabamos ficando presos a uma decisão que está na tela do computador, gerando esse descontentamento maciço.

Em 120 dias as empresas terão que mudar para que o atendimento ao consumidor seja mais ágil. Entre elas estão a proibição de que um consumidor espere mais de 60 segundos quando a ligação tiver que ser transferida, a exigência de que o menu eletrônico tenha como primeira opção a possibilidade de falar diretamente com um atendente e que também haja no menu a opção de cancelamento do serviço.

Por isso, ressalto: os investimentos em banco de dados integrados deixam de ser necessidade e passam a ser prioridade. Não adianta investir em campanhas publicitárias e não investir em serviços aos clientes. Estava demorando a acontecer, devido à passividade dos nossos consumidores e à implantação lenta das normas e leis. Agora as empresas terão que se adaptar à nova condição: tecnologia, treinamento e mudança de cultura e atitude. Ou perderão clientes para os mais competentes.

* Nelise Zymberg é diretora da Zymberg Marketing Direto, empresa de consultoria em marketing de serviços, relacionamento e treinamento.

Por: Redação




Comentários

Artigos do autor:

Transações via smartphones representam 41% das vendas no Brasil

Relevância do Trade Marketing aumenta em agências, indústria e varejo

CMOs colaborativos são essenciais para crescimento de negócios

Compras do Dia das Crianças serão maiores em lojas físicas

3 Livros para auxiliar no planejamento de Marketing

Eleições e instabilidade não barraram investimentos em Marketing

Apesar do avanço de streaming, rádio impacta 86% da população

Inovação é necessidade estratégica para manter vantagem competitiva

Youtube mira no streaming e apresenta Youtube Music e Youtube Premium

Metade dos profissionais não colocam consumidores em primeiro lugar

Mercado de panetone cresce no Brasil

Smartphone será meio mais utilizado para compras do fim de ano

Preferência por fast-food varia conforme região brasileira

Fundação e Instituto Arcor lançam campanha de incentivo ao brincar

Mobile avança como mídia no mercado brasileiro

Infraestrutura das lojas virtuais garante o sucesso na Black Friday

5 tecnologias que mesclarão o trabalho entre humanos e máquinas

Pesquisa Heineken: mais da metade dos adultos bebem quando dirigem

PMEs estão confiantes na era da Inteligência Artificial

O que muda no atendimento ao consumidor com a API do WhatsApp

As 10 marcas mais lembradas pela diversidade em propaganda

Vivo, Raízen e Ericsson abrem chamada de startups com foco em IoT

Brasileiros são receptivos a anúncios digitais e querem personalização

5 inovações do Google Brasil em anúncios

Cabify faz parceria e product Marketing com Grupo Rouge

5 insights da Beleza na Terceira Idade

Grupo Edson Queiroz cria nova divisão de águas

Nível de atenção dos profissionais está mudando

C&A cria Fashion Futures para debater o futuro da moda

Brasil é o segundo maior país em buscas sobre beleza

Supermercado online avança globalmente

Comportamento do consumidor no quarto trimestre

Número de investimentos em insurtech sobem

Publicidade em aplicativos movimenta mais de 3 bilhões de dólares

Dia dos Pais aquece segundo semestre de 2018

Marketing 60+: a importância do consumidor sênior

Geração Z quer tecnologia para testar produtos na loja física

Busca por experiências fazem brasileiros se presentearem mais

Brasileiros preferem comprar online e buscar na loja física

Falta de experiência afasta consumidor do e-commerce

Homens são mais conservadores em relação aos produtos de beleza

Marcas crescem no Youtube com a Copa do Mundo

Brasileiros que vivem de forma leve sentem mais prazer na vida

Masculinidade: como os homens tem se comportado

Nescau incentiva a inovação em exposição de produtos

O valor das marcas patrocinadoras da Copa e da Seleção Brasileira

Itaú é a marca mais mencionada no Twitter sobre Copa2018

Millennials ganham atenção do mercado de luxo

VidCon 2018: Youtube aposta em novas ferramentas

Restaurantes com promoções durante a Copa do Mundo são mais atrativos



Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss