O Simples x O Genialóide | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

O Simples x O Genialóide

Diego Albuquerque diz que a criatividade está em saber como adequar e otimizar a mensagem publicitária

Por | 11/07/2008

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

O Simples x O Genialóide

Por Diego Albuquerque*

Um certo dia eu estava no carro de um amigo quando paramos no semáforo e recebemos um daqueles panfletos do tipo "dedetização de ratos e baratas". Tratava-se daqueles panfletos de péssima qualidade de impressão, de uma cor só, num papel ofício do formato de um marcador de livro. Coisa de R$ 20,00 o milheiro. Esse meu amigo, que embora seja um excelente advogado, é também um apaixonado por publicidade. Então me questionou: - Diego, isso (o panfleto) funciona? Eu respondi com outra pergunta: - Você está precisando dedetizar sua casa? Ele respondeu positivamente e eu completei: - Então funciona!

Eu tenho uma visão um tanto quanto inconveniente da Publicidade. Para mim a missão de um folheto é informar uma mensagem. Se o leitor estiver precisando daquele produto, naquela hora, a mensagem já foi passada, por mais simplória que se apresente. Porém, se ele não necessariamente está precisando daquele serviço/produto, a publicidade então entra em ação para tentar seduzir o leitor. Em outras palavras, a publicidade tem a missão de fazer você comprar o que não precisa.

Imagine um comercial de televisão: um cara levando aquela gata para seu apartamento na primeira vez, de repente ela vê uma barata e desiste de dormir na casa do cara depois de uma noite de muito esforço pra convencer ela a subir. Aí entra a assinatura "Dedetização, pode não parecer, mas você precisa em sua casa". Por mais esdrúxulo que seja o exemplo, na mesma hora um monte de solteiros, mesmo que nem estivessem pensando no serviço já colocariam a dedetização como uma necessidade. Missão cumprida para a publicidade.

É por isso que digo, às vezes tudo que o anunciante precisa é informar. Se ele tem um preço muito abaixo do mercado, o melhor a fazer é mostrar esse preço. E é aí que entram os defensores do anuncio genialóide. Tem gente que por achar que a mensagem do anúncio é simples e direta, não existe criatividade. Para mim isso está errado. A criatividade está em saber como adequar e otimizar a mensagem para ela cumprir sua "missão". Canso de ver comercial com idéias fantásticas e tidas como "geniais", mas que 05 segundos depois ninguém lembra qual era o produto anunciado. O resultado? Cliente insatisfeito, 0% de retorno financeiro da campanha e, provavelmente, um troféuzinho para a agência.

É isso que é um anúncio genialóide, uma idéia out standing, que não cumpre sua missão mais básica, vender o produto. Um anúncio genialóide é totalmente diferente de um anúncio genial. No caso do genial a idéia é também out standing, mas consegue vender, cumprir a missão. O genial nos faz ter orgulho da nossa profissão. O genialóide é pior do que uma idéia clonada.

Confesso que tenho pena daqueles publicitários que se martirizam quando não conseguem achar aquela sacada para um determinado job, quando na verdade, a mensagem devia ser a mais simples. Dá até dó. Mas fazer o que, experimente mexer com o ego alheio e veja o que acontece.  Para finalizar, se você tem uma empresa de dedetização, procure uma agência realmente criativa e faça um material decente, ou então espere que alguém que esteja desesperadamente precisando, pegue seu folheto, não sinta raiva de tanta feiura numa só folha de papel, e ligue para seu escritório. E se você for Publicitário, seja simples, criativo e cumpra sempre sua missão.

* Diego Albuquerque é publicitário e profissional de Marketing. Atualmente é Redator e Diretor de Criação, e participa ativamente no planejamento estratégico de campanhas para clientes de sua própria agência, a Rinha Comunicação Total.

Por: Redação




Comentários

Artigos do autor:

Brasil é um dos principais mercados para diversidade em Marketing

Black Friday une empresas na Virada Black Liberdade

Discriminação de gênero é problema entre meninas da Geração Z

Centennials: o novo motor econômico para as marcas

Após 15 anos, Roberto Gnypek deixa McDonald’s

Consumo de disco de vinil aumenta no Brasil

Tinder abre espaço para criadores de conteúdo

7 dicas para impulsionar as vendas de PMEs na Black Friday

Transações via smartphones representam 41% das vendas no Brasil

Relevância do Trade Marketing aumenta em agências, indústria e varejo

CMOs colaborativos são essenciais para crescimento de negócios

Compras do Dia das Crianças serão maiores em lojas físicas

3 Livros para auxiliar no planejamento de Marketing

Eleições e instabilidade não barraram investimentos em Marketing

Apesar do avanço de streaming, rádio impacta 86% da população

Inovação é necessidade estratégica para manter vantagem competitiva

Youtube mira no streaming e apresenta Youtube Music e Youtube Premium

Metade dos profissionais não colocam consumidores em primeiro lugar

Mercado de panetone cresce no Brasil

Smartphone será meio mais utilizado para compras do fim de ano

Preferência por fast-food varia conforme região brasileira

Fundação e Instituto Arcor lançam campanha de incentivo ao brincar

Mobile avança como mídia no mercado brasileiro

Infraestrutura das lojas virtuais garante o sucesso na Black Friday

5 tecnologias que mesclarão o trabalho entre humanos e máquinas

Pesquisa Heineken: mais da metade dos adultos bebem quando dirigem

PMEs estão confiantes na era da Inteligência Artificial

O que muda no atendimento ao consumidor com a API do WhatsApp

As 10 marcas mais lembradas pela diversidade em propaganda

Vivo, Raízen e Ericsson abrem chamada de startups com foco em IoT

Brasileiros são receptivos a anúncios digitais e querem personalização

5 inovações do Google Brasil em anúncios

Cabify faz parceria e product Marketing com Grupo Rouge

5 insights da Beleza na Terceira Idade

Grupo Edson Queiroz cria nova divisão de águas

Nível de atenção dos profissionais está mudando

C&A cria Fashion Futures para debater o futuro da moda

Brasil é o segundo maior país em buscas sobre beleza

Supermercado online avança globalmente

Comportamento do consumidor no quarto trimestre

Número de investimentos em insurtech sobem

Publicidade em aplicativos movimenta mais de 3 bilhões de dólares

Dia dos Pais aquece segundo semestre de 2018

Marketing 60+: a importância do consumidor sênior

Geração Z quer tecnologia para testar produtos na loja física

Busca por experiências fazem brasileiros se presentearem mais

Brasileiros preferem comprar online e buscar na loja física

Falta de experiência afasta consumidor do e-commerce

Homens são mais conservadores em relação aos produtos de beleza

Marcas crescem no Youtube com a Copa do Mundo



Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss