Endomarketing: do local ao global | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Endomarketing: do local ao global

Analisa Brum escreve sobre o desafio de disseminar o endomarketing

Por | 28/05/2008

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Endomarketing: do local ao global

Por Analisa de Medeiros Brum*
 
Tenho sido questionada sobre os motivos pelos quais a HappyHouse Brasil, agência que dirijo, atende apenas a clientes de grande porte. Sempre respondo que essa não é uma decisão nossa e, sim, do mercado.
 
Uma empresa que possui poucos funcionários não precisa de uma agência de endomarketing, pois nela a comunicação empresa/empregado acontece de forma intuitiva, muitas vezes através do olho-no-olho e da mão-na-mão. Uma grande empresa, no entanto, necessita de um processo estruturado de canais, instrumentos e ações para fazer com que a sua cultura, seus projetos e desafios sejam disseminados entre os milhares de empregados que possui. Uma empresa de varejo que possui mais de cem lojas não tem como fazer com que o seu Presidente esteja em todas as unidades num único mês. Isso determina a necessidade de um canal específico como, por exemplo, um programa de televisão para que todos possam ter acesso ao que o Presidente pensa.
 
É dentro desse contexto que se estabelece a necessidade ou não de uma empresa contratar uma agência de endomarketing que fará o planejamento, a criação, a finalização, a produção e a implantação de um processo estruturado e sistemático de Comunicação Interna.
 
Dentro desse contexto, a nossa atuação sempre teve uma dimensão nacional, pois grandes empresas possuem unidades espalhadas por diversos estados brasileiros. Desde a nossa fundação, em 2000, um dos maiores desafios que enfrentamos foi a abordagem em diversas linguagens, uma vez que os estados brasileiros possuem culturas muito diferentes. A festa de São João é muito importante para o Nordeste, mas o mesmo não acontece no sul do País. Da mesma forma, a literatura de cordel pode ser uma excelente estratégia para uma unidade no nordeste, mas pode não ser entendida ou assimilada nos estados do centro-oeste.
 
Hoje, no entanto, o desafio é ainda maior: empresas brasileiras passaram a fazer aquisições internacionais e estão tendo que aprender a falar a língua e a entender a cultura dos seus funcionários estrangeiros. Uma mudança que tem refletido diretamente no nosso atendimento enquanto agência de endomarketing. Afinal, não basta apenas traduzir, é preciso versar, ou seja, é preciso entender o que serve e o que não serve para uma determinada cultura.
 
A tradução de materiais para idiomas como inglês, espanhol, chinês, japonês, norueguês, mongol, francês e outros já tem sido uma constante no nosso dia-a-dia de agência que atende a clientes como Vale e Gerdau. Mas sabemos que precisamos ir além. Precisamos nos aprofundar na cultura de cada país sob pena de não utilizarmos a linguagem mais adequada para que os conceitos dessas empresas sejam disseminados entre os seus empregados estrangeiros. Um símbolo que representa comprometimento pode representar outro conceito completamente diferente num outro país.
 
A multiplicidade de destinos também é um grande desafio. Produzir aqui e enviar, tendo que enfrentar os problemas de logística e as variáveis incontroláveis das Aduanas ou produzir localmente, economizando o custo de logística, porém convivendo com as dificuldades de revisão e de aprovação à distância?
 
Para nós da HappyHouse Brasil, o endomarketing já deixou de ter uma dimensão apenas nacional há muito tempo. Hoje, o nosso desafio é fazer com que os materiais que planejamos e criamos sejam produzidos e cheguem em mais de vinte países diferentes não apenas dentro do prazo, mas com o conceito adequado à cultura local.
 
* Analisa de Medeiros Brum é sócia-Diretora da HappyHouse Brasil e autora de seis livros sobre Endomarketing.

Por: Redação




Comentários

Artigos do autor:

Brasil é um dos principais mercados para diversidade em Marketing

Black Friday une empresas na Virada Black Liberdade

Discriminação de gênero é problema entre meninas da Geração Z

Centennials: o novo motor econômico para as marcas

Após 15 anos, Roberto Gnypek deixa McDonald’s

Consumo de disco de vinil aumenta no Brasil

Tinder abre espaço para criadores de conteúdo

7 dicas para impulsionar as vendas de PMEs na Black Friday

Transações via smartphones representam 41% das vendas no Brasil

Relevância do Trade Marketing aumenta em agências, indústria e varejo

CMOs colaborativos são essenciais para crescimento de negócios

Compras do Dia das Crianças serão maiores em lojas físicas

3 Livros para auxiliar no planejamento de Marketing

Eleições e instabilidade não barraram investimentos em Marketing

Apesar do avanço de streaming, rádio impacta 86% da população

Inovação é necessidade estratégica para manter vantagem competitiva

Youtube mira no streaming e apresenta Youtube Music e Youtube Premium

Metade dos profissionais não colocam consumidores em primeiro lugar

Mercado de panetone cresce no Brasil

Smartphone será meio mais utilizado para compras do fim de ano

Preferência por fast-food varia conforme região brasileira

Fundação e Instituto Arcor lançam campanha de incentivo ao brincar

Mobile avança como mídia no mercado brasileiro

Infraestrutura das lojas virtuais garante o sucesso na Black Friday

5 tecnologias que mesclarão o trabalho entre humanos e máquinas

Pesquisa Heineken: mais da metade dos adultos bebem quando dirigem

PMEs estão confiantes na era da Inteligência Artificial

O que muda no atendimento ao consumidor com a API do WhatsApp

As 10 marcas mais lembradas pela diversidade em propaganda

Vivo, Raízen e Ericsson abrem chamada de startups com foco em IoT

Brasileiros são receptivos a anúncios digitais e querem personalização

5 inovações do Google Brasil em anúncios

Cabify faz parceria e product Marketing com Grupo Rouge

5 insights da Beleza na Terceira Idade

Grupo Edson Queiroz cria nova divisão de águas

Nível de atenção dos profissionais está mudando

C&A cria Fashion Futures para debater o futuro da moda

Brasil é o segundo maior país em buscas sobre beleza

Supermercado online avança globalmente

Comportamento do consumidor no quarto trimestre

Número de investimentos em insurtech sobem

Publicidade em aplicativos movimenta mais de 3 bilhões de dólares

Dia dos Pais aquece segundo semestre de 2018

Marketing 60+: a importância do consumidor sênior

Geração Z quer tecnologia para testar produtos na loja física

Busca por experiências fazem brasileiros se presentearem mais

Brasileiros preferem comprar online e buscar na loja física

Falta de experiência afasta consumidor do e-commerce

Homens são mais conservadores em relação aos produtos de beleza

Marcas crescem no Youtube com a Copa do Mundo



Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss