Marketing olfativo e suas estratégias no varejo II | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Marketing olfativo e suas estratégias no varejo II

Rubens Valentim revela que o cheiro de pipoca que sentimos no cinema não é de pipoca

Por | 09/04/2008

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Marketing olfativo e suas estratégias no varejo II

Por Rubens Valentim*

Agora conto como o marketing olfativo pode influenciar diretamente no aumento das vendas de determinados produtos. São dois os casos mais comuns onde o uso de uma fragrância aumenta as vendas de um produto: quando trabalhamos com produtos alimentícios e quando usamos uma fragrância como demonstração de um perfume.

O primeiro caso é aquele que literalmente conquista o cliente pelo nariz, através de um cheiro que estimule o seu apetite ou simplesmente a sua gula. Como exemplo, podemos citar o uso do cheiro de chocolate nos corredores de um shopping, fazendo com que os chocólatras ou aqueles que não resistem a um docinho de vez em quando, entrem na loja e comprem alguns chocolates, mesmo não estando em seus planos de compras naquele momento.

Como case podemos citar a Kopenhagen, um de nossos clientes, onde a vice-presidente da marca, Renata Moraes, afirmou numa matéria da revista Isto é Dinheiro em maio de 2006, que eles registraram 37% de aumento nas vendas de Páscoa daquele ano, com o uso do marketing olfativo.

Além do uso do cheiro de chocolate temos projetos como: "cheirinho de café", cujo cheiro é altamente estimulante, cheiro de bolo assando, entre outros. Sempre com foco no nariz e no estômago do cliente.

O segundo caso onde o marketing olfativo reflete nas vendas de um produto é quando, por exemplo, temos um perfume que será lançado no mercado e através do processo de aromatização de impressos (microencapsulagem) podemos aromatizar campanhas impressas em revistas, com o cheiro do perfume, ou aromatizar seus catálogos.

Pesquisas mostram que no mercado internacional ao perfumar o anúncio de lançamento de um perfume, se tem um retorno na ordem de 20%. Já no mercado brasileiro estima-se um retorno de até 40%, fato esse atribuído ao ineditismo do sistema e ao perfil do consumidor brasileiro.

Outra estratégia muito usada é a aromatização das fotos dos perfumes nos catálogos, ou seja, quando um perfume está encalhado no estoque de uma empresa, é aromatizada somente a foto do perfume em questão com seu cheiro, para assim o consumidor se interessar pelo produto e comprá-lo.

Estes foram apenas alguns exemplos, mas existem muitos outros dos quais os consumidores muitas vezes nem se dão conta, achando que o cheiro vem de um determinado produto, quando na verdade eles saíram de um dos nossos aromatizadores!

Vocês não acreditam? Sabe aquele cheiro de pipoca que vocês sentem nos cinemas? Primeiro: não é cheiro de pipoca e sim de manteiga, as pessoas associam a manteiga com a pipoca. Segundo: a aromatização na grande maioria é feita através do ar-condicionado!

No próximo e último texto desta série amanhã, concluo este tema falando de outras estratégias usadas pelo varejo com o uso do marketing olfativo. Leia a primeira parte aqui.

* Rubens Valentim é analista de marketing da Biomist, com formação em Gerenciamento da Comunicação Empresarial e Comunicação Social - Publicidade e Propaganda. Contatos através do site www.biomist.com.br ou e-mail mkt1@biomist.com.br

Por: Redação




Comentários

Artigos do autor:

Brasil é um dos principais mercados para diversidade em Marketing

Black Friday une empresas na Virada Black Liberdade

Discriminação de gênero é problema entre meninas da Geração Z

Centennials: o novo motor econômico para as marcas

Após 15 anos, Roberto Gnypek deixa McDonald’s

Consumo de disco de vinil aumenta no Brasil

Tinder abre espaço para criadores de conteúdo

7 dicas para impulsionar as vendas de PMEs na Black Friday

Transações via smartphones representam 41% das vendas no Brasil

Relevância do Trade Marketing aumenta em agências, indústria e varejo

CMOs colaborativos são essenciais para crescimento de negócios

Compras do Dia das Crianças serão maiores em lojas físicas

3 Livros para auxiliar no planejamento de Marketing

Eleições e instabilidade não barraram investimentos em Marketing

Apesar do avanço de streaming, rádio impacta 86% da população

Inovação é necessidade estratégica para manter vantagem competitiva

Youtube mira no streaming e apresenta Youtube Music e Youtube Premium

Metade dos profissionais não colocam consumidores em primeiro lugar

Mercado de panetone cresce no Brasil

Smartphone será meio mais utilizado para compras do fim de ano

Preferência por fast-food varia conforme região brasileira

Fundação e Instituto Arcor lançam campanha de incentivo ao brincar

Mobile avança como mídia no mercado brasileiro

Infraestrutura das lojas virtuais garante o sucesso na Black Friday

5 tecnologias que mesclarão o trabalho entre humanos e máquinas

Pesquisa Heineken: mais da metade dos adultos bebem quando dirigem

PMEs estão confiantes na era da Inteligência Artificial

O que muda no atendimento ao consumidor com a API do WhatsApp

As 10 marcas mais lembradas pela diversidade em propaganda

Vivo, Raízen e Ericsson abrem chamada de startups com foco em IoT

Brasileiros são receptivos a anúncios digitais e querem personalização

5 inovações do Google Brasil em anúncios

Cabify faz parceria e product Marketing com Grupo Rouge

5 insights da Beleza na Terceira Idade

Grupo Edson Queiroz cria nova divisão de águas

Nível de atenção dos profissionais está mudando

C&A cria Fashion Futures para debater o futuro da moda

Brasil é o segundo maior país em buscas sobre beleza

Supermercado online avança globalmente

Comportamento do consumidor no quarto trimestre

Número de investimentos em insurtech sobem

Publicidade em aplicativos movimenta mais de 3 bilhões de dólares

Dia dos Pais aquece segundo semestre de 2018

Marketing 60+: a importância do consumidor sênior

Geração Z quer tecnologia para testar produtos na loja física

Busca por experiências fazem brasileiros se presentearem mais

Brasileiros preferem comprar online e buscar na loja física

Falta de experiência afasta consumidor do e-commerce

Homens são mais conservadores em relação aos produtos de beleza

Marcas crescem no Youtube com a Copa do Mundo



Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss