Criatividade para fidelizar clientes | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Criatividade para fidelizar clientes

Criatividade para fidelizar clientes

Por | 26/02/2008

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Criatividade para fidelizar clientes

Por Sidney Porto*

Marketing não é uma batalha de fatos e sim de percepções. O fato em si não importa, importa como ele é percebido. As afirmações anteriores traduzem o que, em minha opinião, deve ser perseguido em campanhas de fidelização de clientes. 

Tão certo quanto dizer que conseguir um novo cliente custa de 6 a 10 vezes mais caro que manter um antigo, é o fato de que, a cada dia, temos que ser mais criativos e inventivos para não perder nossos clientes, ponto vital para quase qualquer empresa.

Para manter clientes deveremos fazer com que se sintam felizes conosco, que repitam as compras conosco várias vezes, que sejam nossos divulgadores gratuitos, nos percebam como superiores à nossa concorrência em qualidade, atendimento, relacionamento e todos os demais atributos pesem em sua avaliação.

Ações de fidelização buscam demonstrar aos clientes a sua grande importância para nossos negócios, premiá-los em agradecimento por preferirem consumir nossos produtos e serviços, tentando evitar com isso que nos troquem por algum concorrente.

Foi-se o tempo em que, para gerar clientes fiéis, bastava agradá-los, atender aos seus anseios ou torná-los satisfeitos. Hoje satisfazer ao cliente virou obrigação, ponto que junto com a qualidade, formam cacife para que uma empresa, marca, ou produto participe do jogo do mercado.

Daqui para frente, se quisermos manter os clientes, seremos obrigados a "ENCANTÁ-LOS", antecipar suas expectativas, surpreendê-los, estar sempre gerando para a nossa empresa uma percepção melhor do que a que eles têm sobre os nossos concorrentes e, para isso, haja criatividade. Temos que ser diferentes, apesar da revisão que o mercado fez da lei de Lavoisier, que no século XXI poderia ser enunciada como:
"Na natureza nada se perde, nada se cria, tudo se copia".

O problema não é mais como montar planos de fidelização, mas como fazê-lo de forma diferente, realizando algo em que a concorrência ainda não tenha pensado e, preferivelmente, que não seja capaz de copiar, pelo menos em curto prazo.

Não vou sair do tema desse artigo, mas vou me furtar a abordar a criação pelo ponto de vista publicitário (praia das agências de propaganda, não minha), para concentrar-me naquilo que considero a chave mestra da criatividade (ou falta dela) nas campanhas de fidelização, o que as torna eficazes ou não: O interesse que a premiação poderá gerar para o seu público alvo.

Sinceramente me dá uma certa preguiça. Ver exemplos tão comuns de dinheiro gasto em calorias vazias, como planos de companhias aéreas (nas quais ganhamos viagens que jamais conseguimos viajar, pois nunca existem assentos disponíveis para os clientes que os ganharam), campanhas de operadoras de cartões de crédito (nas quais recebemos uma lista de brindes disponíveis, todos inúteis, embora caros e sofisticados, coisas que quase ninguém compraria, de onde escolhemos alguma coisa, apenas para não perder os pontos que estão se expirando), campanhas diversas destinadas a não dar nada a ninguém (nas quais é necessário acumular um número de pontos tão grande para ganhar alguma coisa, que um consumidor comum jamais alcançará qualquer prêmio).

Enfim, uma montanha de planos mirabolantes, que se mostram às vezes inúteis, às vezes contraproducentes, pois tornam seus clientes insatisfeitos e desagradados, não raro desenvolvendo rejeição à empresa, invertendo o resultado pretendido, já que pouca coisa pode ser mais frustrante que promessas não cumpridas, ou o sentimento de haver sido enganado.

Se o seu problema for fidelizar clientes, vai aqui o meu conselho: preocupe-se mais com o que eles querem ganhar, do que com o que você quer dar. Use a criatividade para a elaboração do nome, da chamada publicitária, do material de divulgação, da mecânica de premiação e tudo o mais, mas use-a muito mais para descobrir prêmios diferenciados, que peguem no desejo do consumidor e levem sua marca para um lugar de destaque junto ao seu cliente, seja em sua casa, seu escritório, ou simplesmente em sua memória.

Diga-se de passagem, esse é o objetivo: tornar-se memorável e nunca mais perder o cliente.

* Sidney Porto é Diretor da Gerencial Brasil.

Leia também
Exclusivo: Don Peppers responde perguntas de profissionais brasileiros sobre marketing de relacionamento
Transformando programas de freqüência em verdadeiros programas de fidelidade
"Precisamos nos mover para um novo marketing"
Estudo inédito revela índice de satisfação dos serviços na América Latina
Fidelização ao alcance dos pequenos empresários
Fidelidade que compensa e recompensa: Programa Dotz é alternativa para se relacionar e aumentar o ticket médio dos clientes
Programa de relacionamento: começando pelo começo

Por: Redação




Comentários

Artigos do autor:

Brasil é um dos principais mercados para diversidade em Marketing

Black Friday une empresas na Virada Black Liberdade

Discriminação de gênero é problema entre meninas da Geração Z

Centennials: o novo motor econômico para as marcas

Após 15 anos, Roberto Gnypek deixa McDonald’s

Consumo de disco de vinil aumenta no Brasil

Tinder abre espaço para criadores de conteúdo

7 dicas para impulsionar as vendas de PMEs na Black Friday

Transações via smartphones representam 41% das vendas no Brasil

Relevância do Trade Marketing aumenta em agências, indústria e varejo

CMOs colaborativos são essenciais para crescimento de negócios

Compras do Dia das Crianças serão maiores em lojas físicas

3 Livros para auxiliar no planejamento de Marketing

Eleições e instabilidade não barraram investimentos em Marketing

Apesar do avanço de streaming, rádio impacta 86% da população

Inovação é necessidade estratégica para manter vantagem competitiva

Youtube mira no streaming e apresenta Youtube Music e Youtube Premium

Metade dos profissionais não colocam consumidores em primeiro lugar

Mercado de panetone cresce no Brasil

Smartphone será meio mais utilizado para compras do fim de ano

Preferência por fast-food varia conforme região brasileira

Fundação e Instituto Arcor lançam campanha de incentivo ao brincar

Mobile avança como mídia no mercado brasileiro

Infraestrutura das lojas virtuais garante o sucesso na Black Friday

5 tecnologias que mesclarão o trabalho entre humanos e máquinas

Pesquisa Heineken: mais da metade dos adultos bebem quando dirigem

PMEs estão confiantes na era da Inteligência Artificial

O que muda no atendimento ao consumidor com a API do WhatsApp

As 10 marcas mais lembradas pela diversidade em propaganda

Vivo, Raízen e Ericsson abrem chamada de startups com foco em IoT

Brasileiros são receptivos a anúncios digitais e querem personalização

5 inovações do Google Brasil em anúncios

Cabify faz parceria e product Marketing com Grupo Rouge

5 insights da Beleza na Terceira Idade

Grupo Edson Queiroz cria nova divisão de águas

Nível de atenção dos profissionais está mudando

C&A cria Fashion Futures para debater o futuro da moda

Brasil é o segundo maior país em buscas sobre beleza

Supermercado online avança globalmente

Comportamento do consumidor no quarto trimestre

Número de investimentos em insurtech sobem

Publicidade em aplicativos movimenta mais de 3 bilhões de dólares

Dia dos Pais aquece segundo semestre de 2018

Marketing 60+: a importância do consumidor sênior

Geração Z quer tecnologia para testar produtos na loja física

Busca por experiências fazem brasileiros se presentearem mais

Brasileiros preferem comprar online e buscar na loja física

Falta de experiência afasta consumidor do e-commerce

Homens são mais conservadores em relação aos produtos de beleza

Marcas crescem no Youtube com a Copa do Mundo



Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss