Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Porque as pessoas ainda não aderiram ao e-commerce?

Porque as pessoas ainda não aderiram ao e-commerce?

Por | 19/12/2006

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Porque as pessoas ainda não aderiram ao e-commerce?

Por Felipe Morais*

Por residir próximo a um grande shopping de São Paulo, os últimos dias tem sido um verdadeiro inferno para mim. Estamos a poucos dias do Natal e como sempre, as pessoas deixaram os presentes para os 45 minutos do 2º tempo.

Ainda fico um pouco surpreso ao ver as pessoas ficando uma hora na fila do estacionamento de um shopping ou ficar rodando atrás de presentes. Estamos na era da Internet. Quase tudo pode ser comprado via web.

Concordo que há produtos como roupas e sapatos que dificilmente serão itens comercializados por esse canal, pois as pessoas ainda precisam experimentar para decidir pela compra, mas ainda sim muitos produtos podem ser comprados em lojas virtuais. De forma prática, segura, com conforto e comodidade. Até comida se compra pela Internet hoje em dia.

Particularmente eu prefiro fazer uma compra via Submarino.com ou Americanas.com (que agora se uniram para formar uma única loja) sentado em minha cadeira tomando um refrigerante ao invés de enfrentar uma fila imensa atrás dos presentes. Fico lá por horas sem que ninguém me interrompa, sem filas, sem trânsito, sem que vendedores tentem me empurrar produtos que eu jamais vou usar, mas que eu preciso levar, pois "estão na promoção".

As compras online estão se modernizando e cada vez mais seguras. Posso falar isso com convicção, pois sou um "e-comprador" há bastante tempo e nunca tive problemas, aliás, para ser mais abrangente nunca conheci ninguém que comprou algo em lojas online e teve algum tipo de problema. Cheguei a comprar presentes em lojas pequenas e sempre honraram o compromisso.

A segurança não está apenas nos selos de proteção presentes nos sites que possuem lojas virtuais. Estão presentes também nas formas de pagamento pelo produto adquirido.

Recentemente li em alguns blogs o novo produto do banco HSBC, o MCASH. Esse sistema permite que as pessoas comprem seus produtos em lojas online e o pagamento seja debitado direto da sua conta corrente, sem precisar passar pelo cartão de crédito.

A pessoa efetua a compra, recebe 2 tipos de confirmação (SMS e voz) e só depois dessas confirmações, mais uma senha exclusiva digitada no celular (e que não é armazenada) é que o débito é feito. Rápido e seguro. As más notícias são que apenas 6 lojas são cadastradas (ainda) e apenas clientes HSBC podem usar essa tecnologia.

Cada vez mais estaremos presenciando a convergência de mídias. Celulares "falando" com a Internet que se comunicam com palm tops e sistemas de GPS.  Isso é excelente não apenas aqueles que trabalham e acreditam na Internet (como eu), mas é bom também para empresas que oferecem conforto e comodidade a seus clientes através de sistemas inteligentes que facilitam a vida agitada e corrida desse consumidor.

Não se tem mais tempo para sair e fazer compras, essa é a chave do sucesso para o crescimento do e-commerce, que no Brasil dobra de faturamento a cada ano. Me incluo nesse item perfeitamente.
As pessoas não podem perder uma hora indo a shopping, mas podem se dar o luxo de em 5 minutos sentados na frente de seu computador efetuar a compra de um presente, que pode tanto chegar na casa da pessoa como ser enviado para a sua casa e ela mesmo entregar.

Devemos olhar para a população brasileira e ver que não são todos que possuem Internet e Cartão de Crédito para efetuar uma compra online, mas acredito que uma grande parte dos 33 milhões de internautas brasileiros possuem cartões de crédito, mas ainda preferem usá-los em shoppings enfrentando filas, congestionamentos e pagando estacionamentos caros. Trocam o conforto pela guerra. E ainda reclamam.

* Felipe Morais é publicitário, pós-graduado em Planejamento Estratégico e coordenador de planejamento e mídia da A1 Brasil e mantém o Blog do Marketing http://felipe.morais.zip.net

Por: Redação








Comentários

Artigos do autor:

Por que bancos, serviços e varejo estão entre marcas mais valiosas?

Engajamento é fundamental para o sucesso do e-mail marketing

Santander cria serviço de transferência internacional com blockchain

Empresas consideram dados na definição da estratégia de negócios

Brasileiro está otimista e mais propenso a compras via mobile

Novos seniors são o futuro do crescimento do consumo

Tecnologia e mobilidade impactarão varejo nos próximos anos

Integração de canais fortalece campanhas multimídia

Ovos de Páscoa ficam até 40% mais baratos no e-commerce

Consumidores querem experiência omnichannel

Processo de compra se torna mais interativo e inteligente

Qualidade de vida: saúde é fator essencial para consumidores

Consumidores querem experiência omnichannel unificada

WhatsApp: usuários querem conversar com marcas, mas sem spam

Faturamento no comércio eletrônico de vestuário cresce 10% no Brasil

Royal resgata personagem Bocão em novo posicionamento

Por que o ano de 2018 é tão desafiador aos gestores?

Mobilidade é um dos elementos mais importantes pelas empresas

Livro traz coletânea de textos sobre o universo da inovação

Marketing de geolocalização é o tema de novo livro do IAB Brasil

Quatro tendências globais de beleza e cuidados pessoais para 2018

Seis tendências de Marketing de conteúdo em 2018

Natura &Co: Nova marca corporativa une Natura, Aesop e The Body Shop

Brasileiro teme compartilhar dados pessoais com empresas

Carros elétricos: uma tendência, múltiplos desafios

8 tendências de Marketing para o varejo em 2018

5 tendências em alimentos e bebidas para 2018

Brasileiros buscam economia em material escolar

Coca-Cola Brasil investe mais de R$ 1 bilhão em embalagens

Tendências em Digital e Mídia para 2018

Mundo do Marketing cria nova área com dicas de um minuto

Mercado brasileiro disputa varejo de conveniência

WGSN lista quatro tendências de consumo para 2018

TI e Marketing lideram a transformação digital

5 Tendências de Marketing para 2018

Shopping Crystal ganha mercado orgânico

2018: o ano do Marketing de Influência

Natal 2017: consumidor ainda mais maduro e compras moderadas

Gestores globais investem em tradução e localização para 2018

10 insights de mercado mais importantes de 2017

E-mail Marketing e o desafio da taxa de abertura baixa

Brasileiro busca serviço mais rápido e conveniente

Independência financeira é prioridade dos Millennials

7 estudos que tiveram destaque em 2017

Guia de Profissão Marketing Digital 2018

As 10 melhores ações de Marketing de 2017

10 fiascos de Marketing em 2017

10 pesquisas que tiveram destaque em 2017

Guia Salarial: profissional precisa se reinventar

Brasileiros estão mais conectados e desconfiados



Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss