Segmentação de listas aumenta relevância das campanhas de e-mail marketing | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Segmentação de listas aumenta relevância das campanhas de e-mail marketing

Segmentação de listas aumenta relevância das campanhas de e-mail marketing

Por | 08/01/2008

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Segmentação de listas aumenta relevância das campanhas de e-mail marketing

Por Fabio Nunes*

Faz parte dos princípios básicos do Marketing Direto a comunicação dirigida e personalizada. Sabendo que seu público-alvo tem preferências distintas, culturas distintas e interesses distintos, para se obter melhores resultados é importante comunicar-se com cada perfil de audiência de maneira distinta. Relevância é a palavra mágica.

Trabalhar a segmentação de sua base de contatos para agrupá-la em listas de acordo com as preferências (também conhecido como clusters) é o primeiro passo para entregar mensagens mais relevantes para seu público. O ponto principal desta prática é garimpar na base de dados (o famoso data mining) e identificar os perfis de audiência mais apropriados para receber sua mensagem e responder ao call-to-action, o mais importante.

Cada tipo de cliente, cada campanha de marketing pode ter uma necessidade distinta de segmentação, agrupar contatos por idade, sexo, localização geográfica ou perfil de compra são os mais comuns, procure identificar em sua próxima ação quais seriam os diferentes públicos que podem respondê-la. Tome como exemplo o caso abaixo:
Imagine uma agência de turismo especializada em pacotes de estudo no exterior, neste cenário você pode falar de maneira individualizada com pelo menos dois públicos distintos: jovens que viajam para curtir e aproveitam para estudar e adultos que aproveitam o período de descanso para aprimorar seus conhecimentos, isso para ser um pouco mais genérico, pois ainda pode ser levado em conta outros critérios. Para o primeiro grupo você diz: Curta suas férias no exterior. Para o segundo, a mensagem deve ser diferente: Aumente seus conhecimentos durante as férias. É uma diferença sutil na comunicação e na execução da ação, mas que certamente irá ser percebido de maneira diferente por quem recebe e trará melhores resultados.

A diferença na comunicação pode ser tão simples quanto criar um assunto (subjet) diferente para cada perfil, ou você pode decidir preparar uma nova peça para cada grupo. Quanto mais personalizado, melhores os resultados. A mudança na execução pode ser simplesmente agrupar os contatos de sua base por idade e gerar listas segmentadas: maiores de 30 e menores de 30 (jovens). Se quiser personalizar ainda mais, utilize o sexo também como critério: mulheres acima de 35 anos, homens abaixo de 35 etc.

Existem muitas formas de realizar segmentação, a utilização pode variar de acordo com sua necessidade e especialmente com as informações que você tem disponível no banco de dados. Imagine os resultados dessa ação utilizando uma mensagem genérica para todo o público. Como seriam os resultados? Faça testes a analise os resultados lado a lado, certamente os número serão surpreendentes.

* Fabio Nunes é Diretor de Serviços da Zartana.
E-mail: fabio.nunes@zartana.com

Acesse
www.zartana.com

Por: Redação




Comentários

Artigos do autor:

Brasil é um dos principais mercados para diversidade em Marketing

Black Friday une empresas na Virada Black Liberdade

Discriminação de gênero é problema entre meninas da Geração Z

Centennials: o novo motor econômico para as marcas

Após 15 anos, Roberto Gnypek deixa McDonald’s

Consumo de disco de vinil aumenta no Brasil

Tinder abre espaço para criadores de conteúdo

7 dicas para impulsionar as vendas de PMEs na Black Friday

Transações via smartphones representam 41% das vendas no Brasil

Relevância do Trade Marketing aumenta em agências, indústria e varejo

CMOs colaborativos são essenciais para crescimento de negócios

Compras do Dia das Crianças serão maiores em lojas físicas

3 Livros para auxiliar no planejamento de Marketing

Eleições e instabilidade não barraram investimentos em Marketing

Apesar do avanço de streaming, rádio impacta 86% da população

Inovação é necessidade estratégica para manter vantagem competitiva

Youtube mira no streaming e apresenta Youtube Music e Youtube Premium

Metade dos profissionais não colocam consumidores em primeiro lugar

Mercado de panetone cresce no Brasil

Smartphone será meio mais utilizado para compras do fim de ano

Preferência por fast-food varia conforme região brasileira

Fundação e Instituto Arcor lançam campanha de incentivo ao brincar

Mobile avança como mídia no mercado brasileiro

Infraestrutura das lojas virtuais garante o sucesso na Black Friday

5 tecnologias que mesclarão o trabalho entre humanos e máquinas

Pesquisa Heineken: mais da metade dos adultos bebem quando dirigem

PMEs estão confiantes na era da Inteligência Artificial

O que muda no atendimento ao consumidor com a API do WhatsApp

As 10 marcas mais lembradas pela diversidade em propaganda

Vivo, Raízen e Ericsson abrem chamada de startups com foco em IoT

Brasileiros são receptivos a anúncios digitais e querem personalização

5 inovações do Google Brasil em anúncios

Cabify faz parceria e product Marketing com Grupo Rouge

5 insights da Beleza na Terceira Idade

Grupo Edson Queiroz cria nova divisão de águas

Nível de atenção dos profissionais está mudando

C&A cria Fashion Futures para debater o futuro da moda

Brasil é o segundo maior país em buscas sobre beleza

Supermercado online avança globalmente

Comportamento do consumidor no quarto trimestre

Número de investimentos em insurtech sobem

Publicidade em aplicativos movimenta mais de 3 bilhões de dólares

Dia dos Pais aquece segundo semestre de 2018

Marketing 60+: a importância do consumidor sênior

Geração Z quer tecnologia para testar produtos na loja física

Busca por experiências fazem brasileiros se presentearem mais

Brasileiros preferem comprar online e buscar na loja física

Falta de experiência afasta consumidor do e-commerce

Homens são mais conservadores em relação aos produtos de beleza

Marcas crescem no Youtube com a Copa do Mundo



Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss