A emoção do consumidor e a personalidade das marcas | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

A emoção do consumidor e a personalidade das marcas

A emoção do consumidor e a personalidade das marcas

Por | 13/11/2006

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

A emoção do consumidor e a personalidade das marcas

Por Guilherme Belluzzo*

Em função da similaridade técnica de produtos em diversas categorias e das mudanças nos padrões de comportamento do consumidor, é indiscutível a importância das marcas para uma organização. Se o mercado em que sua marca atua já sinaliza dificuldade na manutenção de seus diferenciais técnicos, saiba que a competição se dará daqui pra frente no campo das marcas. Hoje por exemplo, um televisor de LCD de 40´´ pode facilmente ser identificado por marcas como Sony, Samsung, Philips, LG, Gradiente, Panasonic, Philco, Sharp, Toshiba ou qualquer outra. Num mercado de commodities as empresas competidoras são forçadas a buscar outros recursos para construir diferenciação, dentre eles o uso do branding, que coloca ao centro do processo gestão das empresas, as suas marcas.

É interessante lembrar que uma marca forte é resultado de dois fatores: alto grau de lembrança e um conjunto forte, favorável e exclusivo de associações. Tratando especificamente das associações com a marca, ou seja, sua imagem, vou dividi-las em dois grandes conjuntos: existem as associações concretas relacionadas à desempenho funcional e as abstratas na forma de imagens mentais. É neste último bloco que reside as oportunidades de construção de diferenciação de marca. Imagens mentais têm relação direta com emoção e assim se configuram muitas possibilidades de criação de vínculos emocionais, e pode aumentar a preferência dos clientes ou angariar novos.

Em se tratando de emoções, que eu definiria como a "agitação de sentimentos", destaco a personalidade das marcas que são características humanas que podem fazer parte da imagem de uma marca. Desta forma, uma marca pode ser percebida como séria ou alegre, jovem ou velha, rica ou pobre, aventureira ou medrosa e assim por diante. Se personalidade de marca é importante, como é que se constrói esse componente? Na verdade existe um conjunto de fatores que contribuem para sua formação. Dentre eles destaco a presença em eventos culturais e esportivos, a utilização de celebridades ou usuários da marca no processo de comunicação e a utilização de alguns elementos como a logomarca, embalagem, personagem, slogan e inclusive o nome.

Geralmente são as pesquisas qualitativas que contribuem para o monitoramento da imagem da marca e identificam os tais traços de personalidade. Recentemente participei de um projeto em que um de seus objetivos era reposicionar a marca através do aprimoramento de sua personalidade com diferenciais emocionais mais calorosos. As pesquisas indicavam traços de arrogância e assim a marca estava distante de públicos-alvos potenciais.

Resultados como este permeiam a imagem de muitas marcas em vários mercados e cabe aos gestores de marketing das empresas revisitarem suas atividades, sobretudo aquelas que são as principais responsáveis pela formação da personalidade de suas marcas, sob o risco do desperdício de oportunidades e do afastamento de seu público-alvo. Lembremos que o ambiente competitivo é dinâmico e não controlamos os consumidores. Nem os competidores.

* Guilherme Belluzzo é Sócio da Top Brands Consultoria e Gestão de Marcas.
Acesse: www.topbrands.com.br

Por: Redação




Comentários

Artigos do autor:

Gas Natural Fenosa passa a se chamar Naturgy

Brasileiros dão mais atenção à qualidade do que ao preço

9 tendências de consumo entre brasileiros

4 livros de Marketing para leitura de fim de ano

Como alavancar sua estratégia de Inbound Marketing

Black Friday deve crescer 13,3% em relação a 2017

Marcas se destacam ao antecipar Black Friday

Como fidelizar clientes após a Black Friday?

Brasil é um dos principais mercados para diversidade em Marketing

Black Friday une empresas na Virada Black Liberdade

Discriminação de gênero é problema entre meninas da Geração Z

Centennials: o novo motor econômico para as marcas

Após 15 anos, Roberto Gnypek deixa McDonald’s

Consumo de disco de vinil aumenta no Brasil

Tinder abre espaço para criadores de conteúdo

7 dicas para impulsionar as vendas de PMEs na Black Friday

Transações via smartphones representam 41% das vendas no Brasil

Relevância do Trade Marketing aumenta em agências, indústria e varejo

CMOs colaborativos são essenciais para crescimento de negócios

Compras do Dia das Crianças serão maiores em lojas físicas

3 Livros para auxiliar no planejamento de Marketing

Eleições e instabilidade não barraram investimentos em Marketing

Apesar do avanço de streaming, rádio impacta 86% da população

Inovação é necessidade estratégica para manter vantagem competitiva

Youtube mira no streaming e apresenta Youtube Music e Youtube Premium

Metade dos profissionais não colocam consumidores em primeiro lugar

Mercado de panetone cresce no Brasil

Smartphone será meio mais utilizado para compras do fim de ano

Preferência por fast-food varia conforme região brasileira

Fundação e Instituto Arcor lançam campanha de incentivo ao brincar

Mobile avança como mídia no mercado brasileiro

Infraestrutura das lojas virtuais garante o sucesso na Black Friday

5 tecnologias que mesclarão o trabalho entre humanos e máquinas

Pesquisa Heineken: mais da metade dos adultos bebem quando dirigem

PMEs estão confiantes na era da Inteligência Artificial

O que muda no atendimento ao consumidor com a API do WhatsApp

As 10 marcas mais lembradas pela diversidade em propaganda

Vivo, Raízen e Ericsson abrem chamada de startups com foco em IoT

Brasileiros são receptivos a anúncios digitais e querem personalização

5 inovações do Google Brasil em anúncios

Cabify faz parceria e product Marketing com Grupo Rouge

5 insights da Beleza na Terceira Idade

Grupo Edson Queiroz cria nova divisão de águas

Nível de atenção dos profissionais está mudando

C&A cria Fashion Futures para debater o futuro da moda

Brasil é o segundo maior país em buscas sobre beleza

Supermercado online avança globalmente

Comportamento do consumidor no quarto trimestre

Número de investimentos em insurtech sobem

Publicidade em aplicativos movimenta mais de 3 bilhões de dólares



Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss