Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Publicidade

Investindo de forma inteligente

Investindo de forma inteligente

Por | 25/10/2007

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Investindo de forma inteligente

Por Nori Lucio Jr.

Num ambiente mercadológico altamente competitivo, com pressões constantes por redução de despesas e custos, é fundamental a sinergia entre as gestões financeiras, de produção, marketing e vendas. Daí o termo "governança" tão em moda ultimamente.

O "fluxo de caixa", que representa o pulmão da empresa, deve estar no centro do radar comandando as decisões sobre investimentos de curto prazo. Na prática, cada real investido, deve produzir mais que um real em vendas como contra-partida. A diferença entre os ativos e passivos circulantes determinam a necessidade de capital de giro, portanto, os investimentos inteligentes devem obrigatoriamente estar associados à seu respectivo retorno.

A clareza nas métricas que determinam o retorno deve estar associada ao custo do capital "tomado" e melhor ainda se também estiverem associadas ao EVA combinado entre os acionistas. Uma forma simples de analisar ROI (Retorno sobre Investimento) dá-se pela divisão entre lucro e investimentos.

Um plano inteligente e principalmente bem fundamentado nas mãos é o caminho para a decisão de "tomar" dinheiro. O próximo passo é buscar a fonte que tenha o menor "custo de capital". Parece óbvio, mas a decisão não é tão trivial. Pode-se, por exemplo, ir ao banco ou aos acionistas. Ambos vão cobrar determinada taxa de juros sempre associada ao risco que envolve o empréstimo. Afinal de contas, "Uma empresa é uma entidade geradora de caixa que deve ser mais eficiente que o mercado".
 
Na hora de prestar contas, o "lucro contábil" não vale. O que vale é o "lucro econômico" que remunera o acionista conforme o EVA previamente acordado para a operação. Conclui-se, portanto, que as decisões de investimentos inteligentes são aquela s que compram ativos que produzem rentabilidade maior que seus custos. Na prática, ter uma divida pode ser um ótimo sinal quanto seu retorno é claro e compreensível.

Fora destes parâmetros a empresa deve viver uma "vida franciscana". Custos e despesas não podem ser confundidos nem negligenciados. Impactam diretamente a margem de contribuição, analises de BEP(break even point), geram erros nos volumes das metas de vendas e conseqüentemente comprometem o resultado.

No fim das contas, toda agressividade em marketing, vendas, controladoria, processos, etc, só serve para maximizar a riqueza do acionista, ou seja, o chamado EVA. Daí saem os dividendos e a valorização da empresa e, por fim, a manutenção, ou não, do emprego do administrador.

* Nori Lucio Jr. foi gerente de marketing e comunicação na Intel e Microsoft e é fundador da brandMe, especializada em planejamento estratégico.

Acesse
www.brandme.com.br

Por: Redação




Comentários

Artigos do autor:

CMOs colaborativos são essenciais para crescimento de negócios

Compras do Dia das Crianças serão maiores em lojas físicas

3 Livros para auxiliar no planejamento de Marketing

Eleições e instabilidade não barraram investimentos em Marketing

Apesar do avanço de streaming, rádio impacta 86% da população

Inovação é necessidade estratégica para manter vantagem competitiva

Youtube mira no streaming e apresenta Youtube Music e Youtube Premium

Metade dos profissionais não colocam consumidores em primeiro lugar

Mercado de panetone cresce no Brasil

Smartphone será meio mais utilizado para compras do fim de ano

Preferência por fast-food varia conforme região brasileira

Fundação e Instituto Arcor lançam campanha de incentivo ao brincar

Mobile avança como mídia no mercado brasileiro

Infraestrutura das lojas virtuais garante o sucesso na Black Friday

5 tecnologias que mesclarão o trabalho entre humanos e máquinas

Pesquisa Heineken: mais da metade dos adultos bebem quando dirigem

PMEs estão confiantes na era da Inteligência Artificial

O que muda no atendimento ao consumidor com a API do WhatsApp

As 10 marcas mais lembradas pela diversidade em propaganda

Vivo, Raízen e Ericsson abrem chamada de startups com foco em IoT

Brasileiros são receptivos a anúncios digitais e querem personalização

5 inovações do Google Brasil em anúncios

Cabify faz parceria e product Marketing com Grupo Rouge

5 insights da Beleza na Terceira Idade

Grupo Edson Queiroz cria nova divisão de águas

Nível de atenção dos profissionais está mudando

C&A cria Fashion Futures para debater o futuro da moda

Brasil é o segundo maior país em buscas sobre beleza

Supermercado online avança globalmente

Comportamento do consumidor no quarto trimestre

Número de investimentos em insurtech sobem

Publicidade em aplicativos movimenta mais de 3 bilhões de dólares

Dia dos Pais aquece segundo semestre de 2018

Marketing 60+: a importância do consumidor sênior

Geração Z quer tecnologia para testar produtos na loja física

Busca por experiências fazem brasileiros se presentearem mais

Brasileiros preferem comprar online e buscar na loja física

Falta de experiência afasta consumidor do e-commerce

Homens são mais conservadores em relação aos produtos de beleza

Marcas crescem no Youtube com a Copa do Mundo

Brasileiros que vivem de forma leve sentem mais prazer na vida

Masculinidade: como os homens tem se comportado

Nescau incentiva a inovação em exposição de produtos

O valor das marcas patrocinadoras da Copa e da Seleção Brasileira

Itaú é a marca mais mencionada no Twitter sobre Copa2018

Millennials ganham atenção do mercado de luxo

VidCon 2018: Youtube aposta em novas ferramentas

Restaurantes com promoções durante a Copa do Mundo são mais atrativos

Clientes estão muito mais exigentes, aponta Salesforce

Nescau convida consumidores de Toddy a torcerem junto pela seleção



Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss