Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Grandes estratégias x pequenos resultados

Grandes estratégias x pequenos resultados

Por | 17/10/2007

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Grandes estratégias x pequenos resultados

Por Alexandre Pires e Albuquerque*

A cada dia que passa o mercado se torna mais competitivo, as empresas já não podem mais ficar na "zona de conforto" esperando as ligações dos clientes. A criatividade é um pré-requisito para sobrevivência no mundo dos negócios atuais. E realmente as empresas têm exercitado bastante a criatividade, nós como clientes, vemos ações muito interessantes assim como nos surpreendemos com idéias ridículas que viram gozações pelo público.

Muita coisa evoluiu, as empresas já se conscientizaram de que precisam fazer algo diferente em busca da sobrevivência. Algumas empresas são campeãs em estratégia, fazem tudo certo, planejam, investem no melhor plano de comunicação, executam, desenvolvem os controles, mas não se preparam para o resultado. Esquecem do que pode acontecer com um resultado positivo de uma ação de marketing.

Na maioria das vezes há um aumento expressivo do fluxo de loja, isso significa que se não houver uma estratégia para absorver esta nova demanda, o resultado será comprometido. A tarefa é manter um atendimento por excelência com um fluxo bem maior. Isso envolve treinamento, motivação e comprometimento.

Um cliente insatisfeito pode divulgar negativamente a empresa para outras 10 pessoas, e estas para mais 5, formando uma cadeia negativa. Por essa razão nada pode dar errado. Infelizmente esse acontecimento é normal no Brasil, as empresas fazem tudo certo, quando a campanha entra em ação, os resultados são: gargalos nos caixas e péssimo atendimento.

Na verdade, o nível de exigência do cliente brasileiro se tornou insignificante, o padrão do mercado é um atendimento ruim, e todos já aprenderam a conviver com esse fato. As empresas que investem em um atendimento por excelência, se destacam e fidelizam seus clientes. Quem nunca entrou em uma loja e se surpreendeu com o atendimento? Ficamos até constrangidos de não comprar nada, mas sempre que pensamos em produtos semelhantes pensaremos naquela loja. Não é preciso muito para que o cliente saia satisfeito, apenas deve ser tratado com respeito e importância, afinal é ele quem mantém a saúde financeira da empresa.

Isso é fidelização. O cliente deve ser "amarrado" pela emoção, pelo sentimento, ele tem que se sentir bem na sua empresa. Programas de pontuação são importantes, mas tem prazo de validade. Para que um programa de fidelidade por pontos seja eterno e sempre com resultados positivos é preciso que esteja sempre em "mutação". O cliente tem que ver propostas novas, metas diferentes, algo que ele deseje alcançar. Criar um sistema de pontuação inalcançável é jogar todo o planejamento no lixo. O cliente ao fazer a primeira compra deve perceber que é possível alcançar os prêmios, caso contrário não irá aderir ao programa.

Procure tratar o seu cliente como alguém que visita a sua casa, é assim que nós clientes, gostaríamos de ser tratado quando somos visitantes e compradores potencias. O atendimento deve fazer parte da estratégia, não basta fazer comunicação externa, criar promoções, incentivar as vendas, se a empresa não tem a capacidade de atender e fidelizar seus clientes. Se isso não for feito a empresa poderá ser a campeã em estratégias, mas também em reclamações. Encante o seu cliente, surpreenda e fidelize.

* Alexandre Pires e Albuquerque atua como consultor de Marketing de Relacionamento há 13 anos e hoje é gerente da divisão Cards da Alterdata.

Por: Redação




Comentários

Artigos do autor:

Metade dos profissionais não colocam consumidores em primeiro lugar

Mercado de panetone cresce no Brasil

Smartphone será meio mais utilizado para compras do fim de ano

Preferência por fast-food varia conforme região brasileira

Fundação e Instituto Arcor lançam campanha de incentivo ao brincar

Mobile avança como mídia no mercado brasileiro

Infraestrutura das lojas virtuais garante o sucesso na Black Friday

5 tecnologias que mesclarão o trabalho entre humanos e máquinas

Pesquisa Heineken: mais da metade dos adultos bebem quando dirigem

PMEs estão confiantes na era da Inteligência Artificial

O que muda no atendimento ao consumidor com a API do WhatsApp

As 10 marcas mais lembradas pela diversidade em propaganda

Vivo, Raízen e Ericsson abrem chamada de startups com foco em IoT

Brasileiros são receptivos a anúncios digitais e querem personalização

5 inovações do Google Brasil em anúncios

Cabify faz parceria e product Marketing com Grupo Rouge

5 insights da Beleza na Terceira Idade

Grupo Edson Queiroz cria nova divisão de águas

Nível de atenção dos profissionais está mudando

C&A cria Fashion Futures para debater o futuro da moda

Brasil é o segundo maior país em buscas sobre beleza

Supermercado online avança globalmente

Comportamento do consumidor no quarto trimestre

Número de investimentos em insurtech sobem

Publicidade em aplicativos movimenta mais de 3 bilhões de dólares

Dia dos Pais aquece segundo semestre de 2018

Marketing 60+: a importância do consumidor sênior

Geração Z quer tecnologia para testar produtos na loja física

Busca por experiências fazem brasileiros se presentearem mais

Brasileiros preferem comprar online e buscar na loja física

Falta de experiência afasta consumidor do e-commerce

Homens são mais conservadores em relação aos produtos de beleza

Marcas crescem no Youtube com a Copa do Mundo

Brasileiros que vivem de forma leve sentem mais prazer na vida

Masculinidade: como os homens tem se comportado

Nescau incentiva a inovação em exposição de produtos

O valor das marcas patrocinadoras da Copa e da Seleção Brasileira

Itaú é a marca mais mencionada no Twitter sobre Copa2018

Millennials ganham atenção do mercado de luxo

VidCon 2018: Youtube aposta em novas ferramentas

Restaurantes com promoções durante a Copa do Mundo são mais atrativos

Clientes estão muito mais exigentes, aponta Salesforce

Nescau convida consumidores de Toddy a torcerem junto pela seleção

Principais bancos do Brasil se unem e criam fintech

Coca-Cola é a patrocinadora mais lembrada da Copa do Mundo 2018

Google cria ferramentas para PMEs usarem na Copa e Dia dos Namorados

Editora cria palavras cruzadas com memórias de quem tem Alzheimer

Marcas patrocinadoras do futebol pegam carona com a Copa do Mundo

Hábitos e desejos de compra para a Copa do Mundo de 2018

Reputação diante dos provedores garante alta taxa de entregabilidade



Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss