Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Consumidor Moderno e Respeitado

Consumidor Moderno e Respeitado

Por | 13/09/2007

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Consumidor Moderno e Respeitado
 
Por Sidney Porto*
 
Foi-se o tempo que, de graça, as pessoas queriam pegar até ônibus errado e navio afundando. Essa realidade não existe mais. A promoção, assim como qualquer atividade de comunicação, deve ser medida e avaliada antes de ser colocada em prática. Foi-se o tempo em que o consumidor se satisfazia com qualquer bônus, brinde ou vantagem. Foi-se também o tempo em que o cliente não sabia fazer contas e comprava o que lhe ofereciam, sem avaliar as melhores opções disponíveis. Não existe mais o consumidor que não conhece seus direitos e todos eles já sabem tirar o melhor proveito em suas transações comerciais.

No rastro da estupidez de antigamente, podemos encontrar algumas jóias dignas de destaque, com as constantes e repetitivas promoções de bônus em valor, concedidos na compra de automóveis. "Compre agora mesmo seu carro com um bônus no valor de tantos reais". O consumidor, claro, faz imediatamente as contas, diminui do preço do carro o bônus ofertado e usa o novo valor como ponto de partida, para então promover a comparação com outras ofertas. Resultado, um simples desconto que, ao invés de negociado ao pé do ouvido como fator decisivo da compra, é alardeado abertamente, para que o concorrente possa suplantá-lo, desta vez em particular. Qual é a percepção que essa situação gera para o consumidor?

Ao invés de vantagem competitiva, o consumidor entende que o preço do carro é o final, com a aplicação do bônus, ou seja, do ponto de vista promocional, absolutamente inócuo. Outro ponto que chama a atenção é a falta de criatividade. Voltando ao mercado de automóveis, haja feirão. Por que será que todo mundo quer aproveitar a mesma idéia? Ninguém consegue pensar algo diferente, capaz de diferenciar apenas o seu negócio dos demais?

As cópias se tornaram tão comuns que, mesmo as empresas de telecomunicações, líderes em tecnologia, apresentam para seus clientes planos e promoções idênticas às de seus concorrentes. Contudo, tudo isso causa um mal menor do que as promoções que vendem uma idéia falsa, a de que o consumidor estará ganhando algo, que na realidade acaba por ter um valor percebido muito baixo, ou mesmo nenhum.

Foi o que aconteceu comigo dia destes, num grande hipermercado, que alardeava como vantagem promocional o fato de que as compras realizadas geravam créditos em dinheiro para compras futuras. Verdade? Sim, mas numa compra no valor de R$ 500 foram creditados R$ 0,25.

Então, questiono se a percepção da falta de valor é só minha, ou se será que algum consumidor se sentiria motivado a voltar à loja, para aproveitar uma "vantagem" dessas? Sinceramente, temos de respeitar um pouco mais a inteligência e capacidade do consumidor, ou estaremos gastando tempo, dinheiro e a paciência dos outros à toa.

* Sidney Porto é Diretor da Gerencial Brasil.

Por: Redação




Comentários

Artigos do autor:

Metade dos profissionais não colocam consumidores em primeiro lugar

Mercado de panetone cresce no Brasil

Preferência por fast-food varia conforme região brasileira

Smartphone será meio mais utilizado para compras do fim de ano

Mobile avança como mídia no mercado brasileiro

Fundação e Instituto Arcor lançam campanha de incentivo ao brincar

Infraestrutura das lojas virtuais garante o sucesso na Black Friday

5 tecnologias que mesclarão o trabalho entre humanos e máquinas

Pesquisa Heineken: mais da metade dos adultos bebem quando dirigem

PMEs estão confiantes na era da Inteligência Artificial

O que muda no atendimento ao consumidor com a API do WhatsApp

As 10 marcas mais lembradas pela diversidade em propaganda

Brasileiros são receptivos a anúncios digitais e querem personalização

Vivo, Raízen e Ericsson abrem chamada de startups com foco em IoT

5 inovações do Google Brasil em anúncios

Cabify faz parceria e product Marketing com Grupo Rouge

5 insights da Beleza na Terceira Idade

Grupo Edson Queiroz cria nova divisão de águas

Nível de atenção dos profissionais está mudando

C&A cria Fashion Futures para debater o futuro da moda

Brasil é o segundo maior país em buscas sobre beleza

Supermercado online avança globalmente

Comportamento do consumidor no quarto trimestre

Número de investimentos em insurtech sobem

Publicidade em aplicativos movimenta mais de 3 bilhões de dólares

Dia dos Pais aquece segundo semestre de 2018

Marketing 60+: a importância do consumidor sênior

Geração Z quer tecnologia para testar produtos na loja física

Busca por experiências fazem brasileiros se presentearem mais

Brasileiros preferem comprar online e buscar na loja física

Falta de experiência afasta consumidor do e-commerce

Homens são mais conservadores em relação aos produtos de beleza

Marcas crescem no Youtube com a Copa do Mundo

Brasileiros que vivem de forma leve sentem mais prazer na vida

Masculinidade: como os homens tem se comportado

O valor das marcas patrocinadoras da Copa e da Seleção Brasileira

Nescau incentiva a inovação em exposição de produtos

Itaú é a marca mais mencionada no Twitter sobre Copa2018

Millennials ganham atenção do mercado de luxo

VidCon 2018: Youtube aposta em novas ferramentas

Restaurantes com promoções durante a Copa do Mundo são mais atrativos

Clientes estão muito mais exigentes, aponta Salesforce

Nescau convida consumidores de Toddy a torcerem junto pela seleção

Principais bancos do Brasil se unem e criam fintech

Coca-Cola é a patrocinadora mais lembrada da Copa do Mundo 2018

Google cria ferramentas para PMEs usarem na Copa e Dia dos Namorados

Marcas patrocinadoras do futebol pegam carona com a Copa do Mundo

Editora cria palavras cruzadas com memórias de quem tem Alzheimer

Hábitos e desejos de compra para a Copa do Mundo de 2018

Reputação diante dos provedores garante alta taxa de entregabilidade



Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss