Primeira pesquisa do segmento do Luxo no Brasil | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Primeira pesquisa do segmento do Luxo no Brasil

Primeira pesquisa do segmento do Luxo no Brasil

Por | 23/05/2007

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Primeira pesquisa do segmento do Luxo no Brasil

Por Carlos Ferreirinha*

No mês de Abril, nós da MCF Consultoria & Conhecimento apresentamos a primeira pesquisa sobre o Mercado do Luxo no Brasil, sendo esta, portanto, a primeira pesquisa do segmento na América Latina. O estudo foi realizado em parceria com a empresa alemâ GFK Indicator, o quarto maior instituto de pesquisa do mundo.
   
A pesquisa foi aplicada entre setembro de 2006 e janeiro de 2007 e teve a participação de 68 empresas nacionais e internacionais com operação no Brasil.

Com o objetivo de mensurar o tamanho do mercado do Luxo brasileiro, conhecer os investimentos realizados, perspectivas para 2007 e desenvolver uma cultura de coleta de dados e informações que auxiliem o gerenciamento profissional do mercado, minha empresa MCF se juntou à GfK Indicator nesta pioneira iniciativa na América Latina.

Nós traçamos o perfil das empresas do universo do Luxo do país, coordenamos os contatos com as empresas selecionadas e ajudamos na elaboração dos questionários utilizados para a pesquisa, que foi totalmente realizada através de um site exclusivo. A GfK ficou responsável pela metodologia e análise da pesquisa.

Como o comprometimento esteve presente durante toda a realização da pesquisa, as empresas participantes foram as primeiras a conhecerem os resultados e as análises referentes a esta pesquisa.

As empresas que participaram desta primeira pesquisa, em unanimidade, já demonstraram interesse na edição 2007/2008 e as empresas não respondentes já demostraram o desejo de participar da nova Pesquisa. Ou seja, a expectativa é de que haja um número ainda maior de participantes para esta próxima edição. A MCF e a GfK expandirão ainda esta iniciativa para Argentina, Chile e México, passando a ter a liderança na análise dos dados do setor na América Latina já neste ano de 2007/2008.

O mercado brasileiro para o Negócio do Luxo é muito promissor e ainda se encontra em fase embrionária. Quando comparado aos países também emergentes, como Rússia, Índia e China, o Brasil ocupa uma posição tímida. Esses países têm mantido taxas de crescimento que ultrapassam o percentual dos 45%. Mesmo assim, o crescimento do mercado do luxo em 2006 (17%) é significativo se comparado ao do PIB brasileiro (3,7%).

A constatação é que o Brasil ainda foi pouco explorado por empresas internacionais e que o cenário do negócio nacional, em sua grande parte, é "made in Brazil", com 60% de empresas nacionais participantes.

Mas temos um outro lado também, o do Luxo brasileiro que começa a ganhar espaço fora dos limites territoriais, o que reforça a globalização do mercado e a evolução da qualidade dos produtos e serviços brasileiros, que ganham robustez num mercado tão competitivo.
 
O faturamento do mercado do Luxo em 2006 foi de US$ 3,9 bilhões, o que representa cerca de 1% do faturamento do mercado mundial e um crescimento de 32% se comparado ao ano anterior. No mesmo ano, o investimento brasileiro foi de US$ 680 milhões, 62% a mais que 2005. Deste total, 24% da verba foi alocada na área de comunicação e 20% na expansão do negócio. Assim como em outros paises, o perfil do executivo do negócio do Luxo ainda é predominantemente masculino, mas diferente do restante do mundo, o executivo de Luxo brasileiro é jovem. Aproximadamente 73% dos executivos têm entre 31 e 50 anos. Este dado coloca o Brasil em uma situação privilegiada de gerenciamento contemporâneo.

Outro resultado importante se refere às cidades que tiveram maior crescimento do negócio do Luxo. Só em São Paulo esse mercado cresceu 74% em 2006; no Rio, 32%; em Belo Horizonte e Porto Alegre, 21%; e Curitiba e Distrito Federal, 16%. Vale ressaltar que para os próximos anos cidades do Norte e Nordeste brasileiro começam a surgir como destinos de investimentos e crescimento.

Mas o grande inimigo da expansão e implantação do negócio do Luxo no Brasil, como não poderia deixar de ser, se deve à tributação. Entre todas as empresas, 70% consideram este o principal obstáculo e 44% têm dificuldade de importação e colocam este como o segundo maior entrave. Esses dois primeiros obstáculos que dominam a importância, sugerem uma reflexão profunda sobre passos e ações que as empresas que atuam no segmento precisam tomar perante aos órgãos oficiais. Os entraves tributários e alfandegários barram o crescimento e o vigor de uma atividade que tem mantido taxas de crescimento em faturamento e empregabilidade.

* Carlos Ferreirinha é Diretor Presidente da MCF Consultoria & Conhecimento, Especializada na Segmentação do Negócio do Luxo & Premium. Administrador, com MBA em Business Marketing pela SMU University, Ferreirinha foi Diretor de Marketing, Comunicação & Novos Negócios América Latina, Presidente da Louis Vuitton Brasil e Diretor da divisão Moda do grupo LVMH América Latina.

Por: Redação




Comentários

Artigos do autor:

Brasil é um dos principais mercados para diversidade em Marketing

Black Friday une empresas na Virada Black Liberdade

Discriminação de gênero é problema entre meninas da Geração Z

Centennials: o novo motor econômico para as marcas

Após 15 anos, Roberto Gnypek deixa McDonald’s

Consumo de disco de vinil aumenta no Brasil

Tinder abre espaço para criadores de conteúdo

7 dicas para impulsionar as vendas de PMEs na Black Friday

Transações via smartphones representam 41% das vendas no Brasil

Relevância do Trade Marketing aumenta em agências, indústria e varejo

CMOs colaborativos são essenciais para crescimento de negócios

Compras do Dia das Crianças serão maiores em lojas físicas

3 Livros para auxiliar no planejamento de Marketing

Eleições e instabilidade não barraram investimentos em Marketing

Apesar do avanço de streaming, rádio impacta 86% da população

Inovação é necessidade estratégica para manter vantagem competitiva

Youtube mira no streaming e apresenta Youtube Music e Youtube Premium

Metade dos profissionais não colocam consumidores em primeiro lugar

Mercado de panetone cresce no Brasil

Smartphone será meio mais utilizado para compras do fim de ano

Preferência por fast-food varia conforme região brasileira

Fundação e Instituto Arcor lançam campanha de incentivo ao brincar

Mobile avança como mídia no mercado brasileiro

Infraestrutura das lojas virtuais garante o sucesso na Black Friday

5 tecnologias que mesclarão o trabalho entre humanos e máquinas

Pesquisa Heineken: mais da metade dos adultos bebem quando dirigem

PMEs estão confiantes na era da Inteligência Artificial

O que muda no atendimento ao consumidor com a API do WhatsApp

As 10 marcas mais lembradas pela diversidade em propaganda

Vivo, Raízen e Ericsson abrem chamada de startups com foco em IoT

Brasileiros são receptivos a anúncios digitais e querem personalização

5 inovações do Google Brasil em anúncios

Cabify faz parceria e product Marketing com Grupo Rouge

5 insights da Beleza na Terceira Idade

Grupo Edson Queiroz cria nova divisão de águas

Nível de atenção dos profissionais está mudando

C&A cria Fashion Futures para debater o futuro da moda

Brasil é o segundo maior país em buscas sobre beleza

Supermercado online avança globalmente

Comportamento do consumidor no quarto trimestre

Número de investimentos em insurtech sobem

Publicidade em aplicativos movimenta mais de 3 bilhões de dólares

Dia dos Pais aquece segundo semestre de 2018

Marketing 60+: a importância do consumidor sênior

Geração Z quer tecnologia para testar produtos na loja física

Busca por experiências fazem brasileiros se presentearem mais

Brasileiros preferem comprar online e buscar na loja física

Falta de experiência afasta consumidor do e-commerce

Homens são mais conservadores em relação aos produtos de beleza

Marcas crescem no Youtube com a Copa do Mundo



Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss