Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Publicidade

Gerência de produto orientada para Valor

Gerência de produto orientada para Valor

Por | 03/05/2007

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Gerência de produto orientada para Valor

Por Admir Borges*

A história da administração nos mostra que a estruturação das empresas ocorreu baseada na idéia de que o trabalho seria segmentado em suas tarefas mais simples e básicas, sendo as tarefas básicas, e de certa similaridade, reunidas em estruturas especializadas, com vistas a uma melhor produtividade. As atividades principais, geradoras de valor para o cliente, foram decompostas e dispersas em configurações especializadas. Hoje é possível perceber que esse formato não atende ao processo de demanda existente, comprometendo o desempenho da organização junto ao mercado.

A tarefa de ofertar produtos de alta qualidade, com preços competitivos aliados a um serviço excelente ao cliente, representa o há de mais significativo em uma empresa geradora de valor. Portanto, não faz sentido a proposta de decomposição e dispersão das tarefas, conforme se imaginou no início. Uma empresa orientada para Valor precisa ser enxuta, flexível, receptiva, ágil, competitiva, inovadora e inteiramente no foco do cliente. Com isso, podemos afirmar que uma organização que adota e valoriza a administração de produto é o melhor exemplo de companhia orientada para o Valor.

A administração do produto deverá ter como preocupação primeira com os desejos do consumidor, bem como as suas variações e tendências. Os produtos e serviços oferecidos devem estar sempre ajustados à demanda específica e peculiar de cada tipo de cliente ou segmento de mercado. A organização para o Valor é um sistema em constante mutação, para acompanhar o ritmo do mercado em que compete, gerando bons e competitivos produtos e serviços. A adoção de uma gerência de produto em qualquer empresa é um sintoma claro da preocupação com as melhorias estratégicas visando ao atendimento e superação das expectativas do cliente. Ainda que existam diferenças de opinião no que diz respeito ao âmbito de atuação e a autoridade do gerente de produto, sua função pode ser claramente definida como a de um coordenador das atividades relacionadas com o marketing do produto.

Segundo Michael Baker, professor de marketing da Universidade de Strathclyde (Inglaterra), a função do gerente de produto é de ligação entre os vários setores funcionais da organização, a fim de garantir coordenação ótima de suas atividades e, daí, maximizar a contribuição particular de seu produto com a rentabilidade global da empresa. Esta gerência precisa manter relacionamento com todas as áreas da organização, mesmo que com intensidade variável. As experiências organizacionais sugerem que tal gerência veio para ficar, e se constitui num meio eficiente de melhorar o desempenho do marketing do produto.

É preciso ressaltar, também, que as interfaces do gerente de produto com os elementos do ambiente externo à empresa são de extrema importância, uma vez que a sua eficiência não depende apenas dos relacionamentos no âmbito da organização, pois para o desenvolvimento e execução de seus projetos ele interage com as mais diversas instituições e pessoas que compõem o ambiente de negócios da empresa.

No mercado competitivo e mutável de hoje um produto só se justifica quando possui um valor percebido pelo cliente, ou pelo segmento atendido. Para Philip Kotler, o valor entregue ao consumidor constitui-se na diferença entre o valor total esperado e o custo total do consumidor. O valor total esperado pelo consumidor é o conjunto de benefícios previsto por determinado produto. Com isso, verifica-se que o valor está associado ao esforço para se obter um produto e à capacidade de atender a desejos e necessidades de um consumidor.

Em um grande número das companhias o gerente de produto possui autoridade para o desenvolvimento dos projetos e a coordenação das atividades necessárias para a consecução dos objetivos de marketing estabelecidos para os produtos sob sua responsabilidade, limitando-se às restrições impostas pelos recursos e políticas estabelecidas pela empresa. Mesmo com esse escopo de autoridade conquistada, o gerente de produto costuma encontrar restrições e dificultadores de sua função, tais como: ausência de recursos, falta de apoio de outros departamentos, posição na hierarquia, dificuldade com as informações, além da cultura e do clima organizacional.

A proposta de uma gerência de produto é de estabelecer um conceito estrutural que elimina, ou reduza, a idéia de uma estrutura altamente especializada, mas voltada exclusivamente para a produção, adotando um sistema orientado para Valor. No entanto, cada empresa deverá desenvolver seu próprio formato e cultura de gerência de produto, devidamente ajustada às suas necessidades operacionais e mercadológicas.

* Admir Borges é mestre em engenharia de produção e marketing, professor e coordenador de graduação e pós-graduação (IEC/PUC, UNIBH, FUMEC)

Por: Redação




Comentários

Artigos do autor:

Transações via smartphones representam 41% das vendas no Brasil

Relevância do Trade Marketing aumenta em agências, indústria e varejo

CMOs colaborativos são essenciais para crescimento de negócios

Compras do Dia das Crianças serão maiores em lojas físicas

3 Livros para auxiliar no planejamento de Marketing

Eleições e instabilidade não barraram investimentos em Marketing

Apesar do avanço de streaming, rádio impacta 86% da população

Inovação é necessidade estratégica para manter vantagem competitiva

Youtube mira no streaming e apresenta Youtube Music e Youtube Premium

Metade dos profissionais não colocam consumidores em primeiro lugar

Mercado de panetone cresce no Brasil

Smartphone será meio mais utilizado para compras do fim de ano

Preferência por fast-food varia conforme região brasileira

Fundação e Instituto Arcor lançam campanha de incentivo ao brincar

Mobile avança como mídia no mercado brasileiro

Infraestrutura das lojas virtuais garante o sucesso na Black Friday

5 tecnologias que mesclarão o trabalho entre humanos e máquinas

Pesquisa Heineken: mais da metade dos adultos bebem quando dirigem

PMEs estão confiantes na era da Inteligência Artificial

O que muda no atendimento ao consumidor com a API do WhatsApp

As 10 marcas mais lembradas pela diversidade em propaganda

Vivo, Raízen e Ericsson abrem chamada de startups com foco em IoT

Brasileiros são receptivos a anúncios digitais e querem personalização

5 inovações do Google Brasil em anúncios

Cabify faz parceria e product Marketing com Grupo Rouge

5 insights da Beleza na Terceira Idade

Grupo Edson Queiroz cria nova divisão de águas

Nível de atenção dos profissionais está mudando

C&A cria Fashion Futures para debater o futuro da moda

Brasil é o segundo maior país em buscas sobre beleza

Supermercado online avança globalmente

Comportamento do consumidor no quarto trimestre

Número de investimentos em insurtech sobem

Publicidade em aplicativos movimenta mais de 3 bilhões de dólares

Dia dos Pais aquece segundo semestre de 2018

Marketing 60+: a importância do consumidor sênior

Geração Z quer tecnologia para testar produtos na loja física

Busca por experiências fazem brasileiros se presentearem mais

Brasileiros preferem comprar online e buscar na loja física

Falta de experiência afasta consumidor do e-commerce

Homens são mais conservadores em relação aos produtos de beleza

Marcas crescem no Youtube com a Copa do Mundo

Brasileiros que vivem de forma leve sentem mais prazer na vida

Masculinidade: como os homens tem se comportado

Nescau incentiva a inovação em exposição de produtos

O valor das marcas patrocinadoras da Copa e da Seleção Brasileira

Itaú é a marca mais mencionada no Twitter sobre Copa2018

Millennials ganham atenção do mercado de luxo

VidCon 2018: Youtube aposta em novas ferramentas

Restaurantes com promoções durante a Copa do Mundo são mais atrativos



Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss