Não deixe o seu promotor de vendas se tornar um repositor | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Não deixe o seu promotor de vendas se tornar um repositor

Marcas devem pensar em formas de otimizar rotas estrategicamente a fim de que os profissionais consigam ter execução perfeita para se tornarem mais produtivos e estratégicos

Por | 29/11/2018

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Como o próprio nome já diz, o trabalho de um promotor de vendas é promover a marca que ele está representando. Mas o que acontece na maior parte das vezes é que esse profissional atua como um repositor. Com rotas extensas e não pensadas estrategicamente, fruto da falta de comunicação e grande distanciamento do restante do time, os promotores acabam usando o tempo das visitas somente para repor produtos e analisar se as mercadorias estão expostas respeitando o que foi acordado em contrato.

As marcas devem pensar em formas de otimizar as rotas estrategicamente a fim de que os promotores consigam garantir uma execução perfeita dos produtos e possam dividir o seu tempo para se tornarem mais produtivos e estratégicos. Olhar para cada ponto de venda (PDV) e entender a sua necessidade é essencial para não ter uma frequência de visitas desnecessária e nem deixar o estabelecimento na mão.

Para tanto, é preciso ter visibilidade de cada dado execução de PDV. Assim, é possível enxergar o histórico do estabelecimento, analisar rapidamente se os pontos do contrato estão sendo cumpridos, verificar a exposição dos produtos, garantir que não haja ruptura e que as estratégias de trade marketing foram implementadas, verificar validade, entre outros fatores que garantem a execução perfeita do ponto venda.

Nesse caso a tecnologia é uma grande aliada. Softwares que permitem a captação de fotos, preenchimento de tabelas com dados que indiquem a qualidade, que exponham as informações e indicadores de cada PDV e ainda gerem relatórios com os dados, fazem com que o trabalho do promotor seja mais produtivo e orientado a dados, além de oferecer à empresa uma base maior para tomar decisões acertadas e agir rapidamente para acompanhar o mercado.

A Fini, indústria que produz balas e doces, conseguiu melhorar a efetividade dos roteiros dos promotores de 46% para 97% com o uso do software de gestão de trade marketing Agile Promoter, desenvolvido pela Involves. 97% foi também o índice do cumprimento dos contratos após os promotores terem em mãos os pontos que deveriam ser avaliados e poderem mandar fotos em tempo real para seus gestores.

A tecnologia funciona por meio de um aplicativo de smartphone onde cada promotor de vendas realiza check-in nos roteiros de PDV para realizar o preenchimento de tarefas sobre o estabelecimento. Assim, é possível acompanhar a produtividade dos promotores de vendas em tempo real e saber como está a execução em cada loja, retroalimentando o time de gestão com informação estratégica para alavancar vendas e melhorar continuamente o atendimento do time de campo.

O uso da plataforma é um meio de profissionalizar os promotores também. Ao invés de eles ocuparem seu tempo repondo produtos, por meio da tecnologia os profissionais conseguem avaliar a execução, argumentar com os lojistas, enviar relatórios e fazer seu trabalho de forma mais efetiva. Com o software, as companhias avaliam cada estabelecimento e têm as informações necessárias para tomar decisões que realmente promovam a marca nas lojas.

Por: Pedro Galoppini

Cofundador e Diretor de Produto da Involves


Comentários


Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss