Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Publicidade

A revolução Mindfulness

Começamos a notar um certo movimento na mídia a respeito de Mindfulness nos últimos tempos, mas o que é isto? Entenda porque a prática de Mindfulness está revolucionando o mundo

Por | 14/10/2015

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Começamos a notar um certo movimento na mídia a respeito de Mindfulness nos últimos tempos, mas o que a final de contas é isto? Por que falar nisso agora? Meditação não é coisa apenas para pessoas zen, yogis e hippies de plantão? Isto não deve servir para pessoas normais ou agitadas. Temos coisas demais a fazer para simplesmente parar e fazer nada, é pura perda de tempo.

Estereótipos como estes bloquearam por muito tempo o uso de técnicas meditativas no ocidente. Felizmente este quadro começa a mudar. Graças ao avanço no campo da neurociência e a dedicação, sem precedentes, de cientistas de ponta como os Phds Jon Kabat-Zinn e Richard Davidson que, desde a década de 1970, estudam a fundo os efeitos e benefícios das técnicas meditativas não somente no cérebro humano, mas no seu desenvolvimento fisiológico, emocional e social.

Hoje já são mais de 4.000 estudos científicos realizados pelas mais importantes universidades do mundo, como Harvard, Oxford e Berkeley comprovando o que os orientais já dizem e praticam há mais de 2.500 anos: meditação traz foco, criatividade, clareza de raciocínio, reduz a ansiedade e melhora a imunidade.

Mindfulness Corporativo: do Vale do Silício para o Mundo
Não é somente no campo da neurociência que a Meditação tem mostrado o seu valor. Empresas visionárias como Google, Facebook, Twitter, Amex, General Miles, Atena, Nike e Ford tem ajudado a disseminação das técnicas meditativas no ocidente oferecendo o programa de Mindfulness a seus colaboradores com resultados, a primeira vista, surpreendentes: uma equipe ancorada no presente, que sabe relaxar e é mais consciente do seu corpo e de suas emoções, é capaz de perceber e aproveitar melhor as oportunidades; é mais produtiva, criativa e colaborativa.

Também, não foi por acaso, que estes programas de Mindfulness começaram a pipocar na última década tanto no mundo acadêmico quanto no empresarial e político. Sim existem programas de Mindfulness até no Parlamento Inglês, no exército e no Congresso americano também. O mundo está a beira do colapso, a crise econômica mundial, os desequilíbrios naturais, as guerras, a crise migratória, são provas mais do que suficientes de que a forma como estamos conduzindo nossas vidas e o mundo não está dando certo. Chegamos ao limite, físico, emocional e social.

A falta de foco e as consequências da atenção parcial contínua
Vivemos a Era da Reação, uma sociedade que valoriza o fazer incondicional e automático. Fazer, fazer e fazer, sem parar. Se paramos ou não operamos no modo multitarefa nos sentimos e somos julgados como ineficientes, pouco produtivos, folgados mesmo. A sensação de culpa, frustração e esgotamento são nossos companheiros quase que inseparáveis ultimamente.

Somos movidos por metas e expectativas baseadas em comportamentos rígidos e obsoletos e pior é que estamos operando desta forma há séculos. Sejamos realistas, alguém está satisfeito com o mundo hoje? Somos literalmente viciados no modo fazer, e no fazer repetindo padrões de comportamentos limitados por necessidades pessoais e não globais. Não paramos para refletir sobre o cenário maior. Qual o verdadeiro impacto das nossas ações, ou melhor, reações à vida? O que realmente importa para nós e para o mundo? Quais são as nossas prioridades? Esta promoção no trabalho é realmente o que queremos, é o que precisamos neste momento, ou é simplesmente o que se espera de nós? Qual o nosso propósito?

Ao nos entregarmos automaticamente ao modo fazer, nos desconectamos da nossa essência, e assim escapamos destes questionamentos que sempre fizeram parte da vida, mas que requerem esforço, coragem, dedicação. Segundo Daniel Goleman, autor de Inteligência Emocional, pensar profundamente exige manter a mente focada. Quanto mais distraídos estamos, mais superficiais são nossas reflexões e a incapacidade de abandonar um foco para tratar de outros pode deixar a mente perdida num ciclo de ansiedade crônica.

A esta altura provavelmente, você pode estar, ao mesmo tempo em que lê este texto, pensando na sua próxima reunião, ou que deixou de mandar um email importante. E é exatamente isso o que acontece com a nossa mente, o tempo inteiro. A mente fica vagando por ai, entre o passado e o futuro, cada vez mais dispersa, a tal ponto que, foi cientificamente comprovado que o nosso nível de foco, de concentração atual é menor do que a de um peixinho dourado.

Mindfulness: a simplicidade integrando de forma harmoniosa a prática ao seu dia-a-dia
Mas como é possível reverter este quadro, sair do automático e agir de forma consciente? É exatamente aí que entra a importância da prática de Mindfulness, promovendo uma forma diferente de ser e estar no mundo, nos ancorando ao momento presente, no que realmente importa, no que faz sentido.

Mindfulness tem sua origem em um ensinamento do Budha chamado Anapansati, mas apesar da sua origem é uma prática secular, completamente desvinculada de qualquer religião ou crença.

A simplicidade de suas técnicas e ensinamentos unidos e copilados de forma extremamente eficaz e precisa pelo americano Jon Kabat-Zinn criador do MBSR - Programa de Redução de Stress Baseado em Técnicas de Mindfulness - traduz o sucesso mundial da prática.

É através da Atenção Plena, com tem sido traduzida a palavra Mindfulness, que tomamos a rédeas de nossas vidas, deixamos de ser escravos de nossas ruminações mentais e passamos agir de forma consciente, dominando nossas emoções e não ao contrário. Conquistamos maior clareza mental e somos capazes de lidar com problemas de forma mais madura com menos sofrimento. Praticamos empatia e compaixão e assim fazemos a verdadeira revolução que o mundo precisa, de dentro para fora, transformando primeiro o Ser para assim sermos capazes de transformarmos a sociedade. 

Por: Milca Ribeiro

Ministra Programas de Mindfulness em empresas e para o público em geral em São Paulo. Formada em Comunicação Social


Comentários

Artigos do autor:

A revolução Mindfulness



Acervo

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss