6 Passos para vender online para Mercosul | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

6 Passos para vender online para Mercosul

Surgido em 1991 com a assinatura do Tratado de Assunção pela Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, acordo prevê livre circulação de bens e serviços e tarifa comum

Por | 16/10/2019

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Falar sobre vendas online para o mercado doméstico é chover no molhado, mas e vender online para mercados vizinhos? No nosso caso, vender para Países do Bloco Comercial Mercosul?

Primeiro temos de compreender o que é o tratado e qual suas características mais impactantes:

MercoSul e o Tratato de Asunción

O bloco iniciou em 26 de março de 1991, com a assinatura do Tratado de Assunção pelos governos de Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. Por meio da livre circulação de bens e serviços, do estabelecimento de uma Tarifa Externa Comum, da adoção de uma política comercial comum, além da coordenação de políticas macroeconômicas e da harmonização de legislações nas áreas pertinentes.

Nomenclatura Comum Del Mercosur

A Nomenclatura Comum ao Mercosul foi idealizada (NCM) foi baseada em outro código internacional chamado SH (Sistema Harmonizado de Designação e Codificação de Mercadorias). O SH é um padrão internacional para categorizar todas as mercadorias comercializadas no mundo, portanto tendo como base essa codificação foi criada na América Latina o NCM.

Dessa forma podemos compreender que é possível sim vender, bastando apenas respeitar as regras fiscais e culturais dos Países envolvidos.

Agora vamos passar um passo-a-passo de como promover digitalmente sua empresa em países do Mercosul:

1. Idioma

Obviamente é necessário que seu site possua conteúdos em Espanhol*.

É necessário que as informações sobre produtos, meios de pagamento, formas de envio, detalhamentos técnicos e políticas de trocas estejam na língua nativa do consumidor, isso gera mais confiança e diminui a distância entre o seu negócio e o cliente.

* Importante observar as diferenças entre espanhol (da Espanha) e a mesma língua para países latino Americanos. Confira abaixo alguns exemplos:

"ÔNIBUS" Espanha = autobús, Colômbia = bus, México = camión, Porto Rico & República Dominicana = guagua, Argentina = colectivo

"CANETA": Espanha = bolígrafo ou só "boli", México = pluma, Colômbia = esfero, Argentina = lapicera.

2. Divulgação

Existem diversos pontos de contatos digitais por onde sua loja virtual pode impactar mensagens publicitárias de seu para seu público-alvo internacional:

> Google Adwords (Anúncios com hyper segmentação)

> Facebook (Anúncios com hyper segmentação)

> Instagram (Anúncios com hyper segmentação)

> Email Marketing (Mailings via Marketing Inbound)

> Influenciadores locais (Merchandising e Info Editoriais).

> Veículos de comunicação locais (Sites relevantes o público-alvo).

> Chat e Whatsapp com atendimento em Espanhol.

Em especial, para trabalhar corretamente essas ferramentas é recomendável contratar profissionais experientes da área de marketing, preferencialmente com vasto conhecimento em mercado online e interesse pela cultura latina.

3. Concorrentes locais

É de fundamental importância mapear e acompanhar as ações mercadológicas dos concorrentes locais, seus produtos, preços, métodos de envio, prazo e formatos de relacionamento com seus clientes. Tudo isso fomenta melhores estratégias de Marketing mais eficazes.

4. Formas de Pagamento

O Consumidor do Mercosul, ao efetuar uma compra online, costuma utilizar meios de pagamentos internacionais por *Gatways.

*Ferramenta capaz de conectar uma loja virtual com Bancos e Operadoras de Cartão. Esse método permite o processamento de pagamentos online por meio de crédito, débito, boleto, transferências e afins. Os Gateways mais famosos internacionalmente são PAYPAL, WIRECARD, ALIPAY, WECHAT PAY, PAYLINE, LISTRA, 2CHECKOUT entre outros.

5. Envio

Este é um dos pontos mais importantes para quem deseja vender produtos para países vizinhos. Existem inúmeras empresas de transportes que realizam esse tipo de operação. Para se ter uma ideia, existem dados que provam que existem mais de 600 transportadoras e 48 mil caminhões percorrendo a América do Sul diariamente, e o transporte rodoviário internacional é responsável pela movimentação de aproximadamente 58% das cargas comercializadas entre os países sul americanos.

Dessa forma, conhecer suas precificações, prazos de entrega, regras e taxas são dados estratégicos fundamentais para o gestor do e-commerce. Os Correios, por exemplo, possuem uma linha exclusiva para encomendas internacionais, tais como:

- Sedex Mundi Mercadoria: Serviço de envio de encomendas para fora do Brasil com prioridade máxima ao tratamento e encaminhamento, com garantia do prazo de entrega.

- EMS (Mercadoria Expressa): Envio de mercadorias para fora do Brasil com prioridade máxima de tratamento.

- Leve Internacional: Serviço de envio de mercadorias de até 2kg para fora do Brasil com tratamento prioritário e prazos médios de encaminhamento e entrega.

- Mercadoria econômica: Envio de mercadorias até 20 Kg para fora do Brasil com baixa prioridade de encaminhamento e entrega.

6. Legislação

Cada País possui legislações específicas que podem trazer dor de cabeça para seu negócio, sendo assim sugiro "avançar" suas vendas País a País, exercendo um check list de informações fiscais e jurídicas, porque mesmo que os Países do Mercosul possuem regras de vendas unificadas, cada nação possui leis específicas, como proteções de direitos de consumidor, impostos regiões e afins.

Dica: Se tiver orçamento, contratar um escritório de advocacia jurídica local para auxiliar também é muito interessante.

¡Buenas Ventas!

FONTES:

https://economia.ig.com.br/2016-07-01/mercosul-paises-objetivos-economia.html

https://www.infovarejo.com.br/o-que-e-ncm-e-como-usar-em-meu-cadastro/

http://www.mercosul.gov.br/

Por: Max Calháo

Profissional com mais de 10 anos de experiência em Marketing, Design e inovação. Já desenvolveu projetos para empresas como: Umbro, Marcopolo, Fátima Saúde, DiCorpo. Atualmente Max é responsável pela comunicação da Power Lume, Indústria de Luminárias LED que comercializa seus produtos para toda a América Latina.


Comentários


Acervo

Pesquisar por Tags

Inteligência Inteligência

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2019.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2019. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss