Mercado imobiliário: É preciso estar em rede | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Mercado imobiliário: É preciso estar em rede

Como imobiliárias e corretoras de pequeno e médio porte podem aproveitar os benefícios de estar no mundo digital. Conheça três dicas para potencializar os resultados

Por | 23/03/2015

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Diante dos desafios do atual cenário econômico e das previsões de um 2015 difícil, crescem as exigências para que as operadoras do setor imobiliário estejam preparadas para vencer essa batalha. Quem quer ganhar espaço nesse mercado precisa, cada vez mais, estar conectado e utilizar as modernas ferramentas disponíveis para entregar aos seus clientes as melhores oportunidades. É preciso acompanhar a evolução dos hábitos do consumidor e os novos modelos de negócio que surgem com a tecnologia. 

Nesse contexto, estar presente na internet é uma tendência inevitável para os cerca de 200 mil operadores, entre corretoras e imobiliárias, que compõem o mercado brasileiro. Estima-se, porém, que apenas 10% deste universo esteja hoje inserido no ambiente digital.

Já temos mais de 12 milhões de brasileiros acessando sites imobiliários todos os meses. Mas esse número ainda é pequeno, diante do tamanho do País e do volume de negócios que se realizam todos os dias. Imobiliárias e corretoras de pequeno e médio porte têm muito espaço para investir na rede, desenvolvendo esse mercado e aproveitando o grande potencial do segmento.

Entrar para o mundo digital e desfrutar os benefícios dessa ferramenta democrática não é tão difícil. Bastam alguns poucos passos e as pequenas e médias do setor estarão conectadas com as necessidades dos consumidores do mercado imobiliário, entregando o imóvel ideal com mais eficiência e assertividade. 
Antes de começar qualquer projeto mirabolante na internet ou nas redes sociais, o empresário precisa entender o que é estar no ambiente digital. E precisa buscar conhecimento em práticas e técnicas de marketing imobiliário, pois não haverá projeto de êxito se não houver conhecimento de causa e de público.

Dica 1: Conheça o cliente, onde ele busca imóveis e mantenha contato
Conhecer e entender quem é o público-alvo do negócio é o mais importante. Isso precisa ser uma ferramenta de negócio, já que ela é que dará o norte para as atividades comerciais. Montar uma lista de clientes e contatos, atualizando-a com interesses de cada um, é primordial para o sucesso da empreitada. Tentar saber em que sites o cliente busca por imóveis é bastante importante também. Por isso, é preciso mapear o público de interesse e estar presente nos mesmos locais que ele, fazendo com que perceba sua presença no momento certo, com ofertas que despertem a atenção e conquistem a simpatia de quem está do outro lado da tela.

Um site, por mais simples que seja, e um endereço de e-mail já são ótimos pontos de partida para alavancar o negócio. Mas é preciso lembrar que a comunicação é uma via de mão dupla. O seu cliente precisa saber que você está atento a ele.

Dica 2: invista no relacionamento
Internet hoje é matéria-prima de quase todos os negócios e mercados, e tem se tornado bastante acessível, mas é preciso saber usá-la. Por isso, depois de estabelecer uma estratégia de atuação na web, invista no relacionamento com o público. Não adianta ter um site e não atualizá-lo. Não adianta ter um e-mail e responder às mensagens duas semanas depois de recebê-la. Pequenos gestos significam muito para um cliente que precisa de ajuda.

Além de atender às demandas de maneira rápida e eficiente, imobiliárias e corretoras podem se valer de conteúdos relacionados ao mercado imobiliário para oferecer aos clientes mais do que ofertas. Dicas de decoração, informações sobre financiamentos, detalhes sobre bairros, por exemplo, são temas que podem ser trabalhados e enviados para os contatos da empresa de maneira constante. A internet está recheada desses conteúdos, que podem ser adaptados para a realidade de cada negócio e público e compartilhados.

Colocar a imobiliária ou a corretora nas redes sociais também está se tornando um caminho que precisa ser seguido. Por meios destas redes de relacionamento, os clientes podem elogiar ou recomendar os serviços de quem o atendeu, por exemplo. Isso aumenta a corrente do bem e ajuda a trazer novos consumidores para o negócio. Mas é preciso saber usar estes recursos, dedicando atenção especial a itens importantes para o sucesso da iniciativa, como a atualização dos perfis, a busca por novos recursos e o investimento dedicado em propaganda, promoção de conteúdos e links patrocinados nos principais buscadores da internet.

Dica 3: Ser efetivamente visto. E ponto
Portais de classificados de imóveis são ótimos aliados de corretoras e imobiliárias que anunciam imóveis para compra, venda e locação. Os sites permitem que o anúncio tenha o maior nível possível de detalhamento sobre o imóvel, contam com ferramentas de geolocalização, mapeamento da vizinhança e dos benefícios do bairro em que ele está localizado. Isso tudo agrega valor ao bem anunciado e aumenta a procura pela oferta, gerando mais leads para as anunciantes. E aumentam as chances de fechar negócio, uma vez que a imobiliária ou corretora conseguiu impactar o cliente correto com a oferta certa.

Se quiserem continuar no mercado, pequenos e médios empresários precisam se alinhar e evoluir juntamente com o consumidor. No momento em que se faz quase tudo pela internet, inclusive comprar, vender e alugar imóveis, o modelo tradicional de negócios deve acabar. É necessário estar conectado com o novo cenário que está surgindo no horizonte.

Por: Mateo Cuadras

CEO da Imovelweb


Comentários


Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss