O maior desafio da Apple não será criar novos iPods, iPhones e iPads | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

O maior desafio da Apple não será criar novos iPods, iPhones e iPads

Acredito que a Apple tenha que se reinventar e criar algo disruptivo, outro caminho, pois o "rumo norte" definido pelo seu maior gênio até então, não continuará

Por | 27/09/2012

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

 

Sou da opinião que se não todas, a maioria das pessoas preferem seguir uma liderança, uma direção já estabelecida, seja por comodidade ou por acreditar que está seguindo a "coisa certa", o que trará mais benefícios, felicidade, satisfação a sua vida. Buscamos estas orientações em praticamente tudo, desde a forma de se vestir, alimentação, saúde, divertimento, compras, produtos, viagens, estilo de vida, serviços, religião, política e etc. Sempre existem exceções, mas a regra é que a maioria esmagadora das pessoas segue, ou se esforça para ir atrás de uma tendência.
 
Alguns líderes, como o ex-CEO da Apple Steve Jobs, pela força da sua eloquência, conseguem transcender as suas ideias e propostas para além do seu universo inicial. Ele não era somente um gênio que definiu uma série de facilidades para os seus serviços e engenhocas de tecnologia. O que vejo é que ele criou novos padrões de satisfação e desejos, de forma espetacular. 
 
Acho, inclusive, que ele conseguia vender algo maior que os seus produtos, ele conseguia vender para cada um dos seus fãs os seus próprios sonhos, vender o direito de estar junto com os melhores lançamentos, as primeiras soluções, o que existe de melhor. Isto ele fazia de forma primorosa. Quando falamos que os "applemaníacos" são diferentes, concordo totalmente com a afirmação, pois era exatamente isto que o Steve Jobs sempre se calcou. E conseguiu enorme êxito!
 
Sou da opinião que lideres não são criados, eles existem e num dado momento, por um combinação de oportunidades eles aparecem, são revelados e literalmente acontecem.
 
O grande desafio da Apple, e de varias outras organizações que tiveram a oportunidade de ter uma referência tão forte, um "rumo norte" tão bem definido, não me parece absolutamente nada elementar de ser re-orientado, ou se quer de ser mantido, pois perde-se exatamente o referencial inicial que é a personificação deste líder. Não se trata de colocar no lugar um show-man, que tente continuar esta sedução. São coisas diferentes. Steve Jobs criou o seu estilo todo especial de ser seu próprio show-man, na forma de tratar o seu público, concepção das idéias, falar, apresentar, de se vestir (!) em suma, vejo que o espaço do Steve Jobs continuará vazio. 
 
Um líder morto, não tem substituto. Acredito que um outro líder, outro estilo, outra forma, outro discurso, deve ser buscado, pois a continuidade pura e simples neste caso não se aplica, por força da comparação negativa que sempre será feita. Substituir um verdadeiro líder é tarefa difícil, mas tentar comparar-se a uma lenda, é uma missão impossível.
 
A Apple precisa realizar várias reuniões nos últimos meses pensando em como substituir Steve Jobs, porém, acho que este caminho é equivocado, mas é o caminho mais simples que as grandes corporações tentam buscar, pela força do seu poder econômico em acreditar que poderão construir outro similar, pagando o que for necessário. 
 
Acredito que a Apple tenha que se reinventar e criar algo disruptivo, outro caminho, pois o "rumo norte" definido pelo seu maior gênio até então, não continuará. Concluo acreditando que este desafio será maior do que criar novos iPods, iPhones e iPads. 

Por: Marcelo Botelho

Diretor da Veus Technology


Comentários


Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss