Brasil sob os holofotes | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Brasil sob os holofotes

Palco do Rock in Rio, da Copa do Mundo 2014 e das Olimpíadas de 2016, que agora estão a caminho, o Brasil continua na mira dos holofotes do mercado de eventos esportivos

Por | 17/03/2015

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Palco do Rock in Rio, da Copa do Mundo 2014 e das Olimpíadas e Paralimpíadas de 2016, que agora estão a caminho, o Brasil continua na mira dos holofotes do mercado de eventos esportivos. Esse cenário com oportunidades em alta para profissionais do setor abriu inclusive os olhos de grandes empresas estrangeiras, que enxergaram no país o seu potencial para crescimento e expansão.

Muitas empresas internacionais estão se instalando ou firmando parcerias no país por reconhecer aqui um grande mercado em ascensão. E, na verdade, não faltam acontecimentos que exigem produções competentes para as agências aproveitarem essa boa fase e crescer no setor. Afinal, não só de megaeventos e megashows vive o nosso mercado. Simpósios, congressos, feiras, e eventos corporativos internacionais projetam várias oportunidades de atuação para os profissionais da área.

Dados recentes da Associação Brasileira de Eventos (Abeoc) mostram que o mercado de eventos movimentou R$ 59 bilhões em 2013, quando muitas empresas agilizavam os preparativos para a Copa. Em 2004 esse valor era de apenas R$ 4 bilhões. Atualmente, mais de 60 mil empresas atuam diretamente nesse mercado, sendo que 94% delas são micro ou pequenas, segundo estudo encomendado pelo Sebrae Nacional e pela Abeoc ao Observatório do Turismo da Universidade Federal Fluminense (UFF). Esse aquecimento crescente gera cerca de 7,5 milhões de empregos diretos, indiretos e terceirizados.

Essa movimentação impulsiona uma vasta cadeia de empreendedores. Quanto mais empresas estrangeiras no país, mais as organizações locais ficam atentas na busca por novos nichos, novas áreas e investindo em novas alianças para aumentar o potencial de negócios no Brasil.

A nossa empresa, por exemplo, teve novas portas abertas quando, em 2012, firmou parceria com a Havas Sport & Entertainment, agência de engajamento de marca global do Grupo francês Havas, um dos maiores no segmento de publicidade do mundo. A empresa francesa, que está presente em mais de 100 países, é um dos casos de companhias internacionais que passaram a investir no Brasil, reforçando ainda mais seu posicionamento no mercado, ampliando seu campo de atuação e fortalecendo seus negócios no país.

Mas há outro fator, além do investimento de empresas estrangeiras, que incidiu de forma decisiva nesse crescimento do setor de eventos. Foi a mudança na mentalidade do próprio empreendedor da área. Esse é o principal desafio dos profissionais: manter a mente aberta e aproveitar este momento para alçarem voos mais altos.

Afinal, é de extrema importância entender que o mercado de eventos é um setor dinâmico, que proporciona novos negócios, novos clientes e que se deve, sempre, oferecer novos produtos ou opções diferenciadas e personalizadas. É importante, ainda, estar atento às oportunidades, ampliar o leque de atuação e, principalmente, entender que é um mercado sem limites para a inovação e a criatividade.

 

Por: Marcelo Benzaquem

Diretor da Benza Promoção e Eventos


Comentários

Artigos do autor:

Brasil sob os holofotes



Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss