Você trabalha hoje para o Marketing do Futuro? | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Você trabalha hoje para o Marketing do Futuro?

Se temos uma vantagem em nosso país é o Relacionamento e a empatia uns com os outros e acho que isto deve sim ser utilizado em benefício de todos. Então, bem vindo à era do Relacionamento

Por | 23/08/2012

leonardo@youdb.com.br

Compartilhe

 

Em qualquer relação pessoal ou profissional busco partir da premissa de que "Somos todos iguais". Isto, de alguma forma, contradiz a base do Marketing para Relacionamento, que parte do ponto de que cada pessoa é diferente, tem necessidades e características únicas. Venho descobrindo que os dois pontos de partida são reais, porém, incompletos. São "verdades" que se complementam.
 
Os pensamentos acima são um tanto filosóficos, mas me ajudam a discorrer sobre o coração da verdadeira mudança, sob o ponto de vista de consumo, que o Brasil vem passando nos últimos anos... E certamente continuará por muito mais tempo. Relacionamento se faz com no mínimo duas pessoas (sejam elas físicas ou jurídicas). Venho escrevendo nos últimos artigos sobre a grande mudança do marketing como ferramenta, matéria e estratégia. Avaliei com maior ênfase o ponto de vista das agências e empresas. Se relacionamento é feito por pelo menos duas pessoas, onde está o outro lado da moeda?
 
É a PESSOA que consome que compra que escolhe. Evito chamar esta pessoa de consumidor, pois isto faz com que criemos um natural distanciamento. Se você quer entender aonde este distanciamento pode levar, veja o vídeo abaixo.

 
Consumidor é um "atalho verbal". É o "Somos todos iguais". É a facilidade para a empresa de vamos juntar o maior número de pessoas similares e oferecer um número reduzido de produtos com o menor custo e a maior escala. Nada de errado nisto, se a estratégia da empresa é ser sustentável ao longo do tempo. O problema é quando este pensamento passa a ser o fim e não o meio.
 
Aprofundando um pouco mais nesta igualdade considero que a evolução do consumo no Brasil não se iniciou no frango e na carne (precisamos comer), nos remédios (precisamos nos cuidar), nas moradias (precisamos de abrigo), nos seguros (precisamos garantir que teremos isto tudo no futuro). A verdade é que este movimento não tem fim (mesmo porque precisamos nos Realizar).
 
Sim, as pessoas desejam, não apenas uma casa, mas uma casa confortável. As pessoas não desejam apenas comida, mas sim um prato bem feito em um local agradável que inclua serviço de qualidade. Ilusão imaginar que somos tão diferentes. Que a classe social diferencia as pessoas umas das outras. A verdade é que a classe social apenas define que a pessoa "está" neste ponto agora. Dê às pessoas a possibilidade de realizar suas necessidades básicas e você verá que rapidamente elas querem satisfazer desejos e necessidades mais elaborados. Saudoso Maslow!
 
Sem nenhuma crítica, mas o modelo de consumo dos Estados Unidos infelizmente não pode ser replicado para o restante do mundo. Simplesmente não é sustentável. Isto não significa, porém, que as pessoas da América do Sul sejam tão diferentes sob o ponto de vista de consumo dos americanos. Viajo há mais de 15 anos de avião e vi durante este período uma drástica mudança na quantidade e perfil de pessoas que está toda semana nos aeroportos. Sim, se cada um de nós tiver a possibilidade de fazer uma viagem mais rápida, certamente fará!
 
Parece bastante óbvio que o Brasil não se preparou para o crescimento (do consumo). E, onde está o "somos indivíduos com necessidades e características únicas"? Aqui esta a beleza do Brasil. Nosso país tem a gigantesca vantagem de ser uma nação que ama a diversidade. Não, não estou negando que ainda temos problema de toda ordem, mas olhe ao redor. Se você é como boa parte do nosso povo, é filho ou neto, ou ainda bisneto de imigrantes europeus. Com uma mistura de índio e africano. Com uma pitada do sangue brasileiro (que é na verdade a mistura de tudo e um pouco mais).
 
E aonde isto nos leva? Agora sim, estamos falando de quem escolhemos ser. Somos um país de muitas falas, ainda que com uma língua só. Somos um país que deseja o crescimento sustentável. O consumo consciente. Curioso que o Instituto Akatu nasceu antes do reconhecimento da "nova classe média". É como se a preocupação com o destino do consumo viesse antes mesmo dele!
 
Se você é um profissional de marketing - aquele que escolheu a comunicação e o relacionamento como profissão - então vale entender um pouco melhor que este movimento do consumo no Brasil está apenas começando. Acho que já ficou aparente que amo este país! O nosso desafio, porém, é saber aproveitar esta oportunidade para construir um novo país, com base no consumo, na sustentabilidade, na política de qualidade, no Relacionamento de Qualidade.
 
Se você já está trabalhando hoje para o marketing do futuro, então atente para o fato de que esta onda de consumo não é passageira e que certamente irá evoluir para coisas que ainda não vivemos no Brasil. Se temos uma vantagem em nosso país é o Relacionamento e a empatia uns com os outros e acho que isto deve sim ser utilizado em benefício de todos. Então, bem vindo à era do Relacionamento.

Por: Leonardo Barci

Presidente da youDb, Formado em Administração de Empresas e pós graduado em Marketing pela FGV. Co-autor do livro Mind The Gap ? Porque o Relacionamento com Clientes vem antes do Marketing


Comentários

Artigos do autor:

Quando o Cliente diz: Não me incomoda!

A Empresa que Nutre os Relacionamentos

A verdadeira riqueza no Relacionamento Empresa-Cliente

Consumo e Consciência

Uma pequena cidade chamada Shopping Center

Deixe seu cliente comprar ao invés de tentar vender

A Bicicleta de Marca

O ‘Fazejamento’ em Marketing

A falta de resultados como caminho

Invertendo a lógica do varejo

Quando a cafeteria decide tirar o café do cardápio

O Relacionamento que vai além da Marca

Educação para o Consumo

Que a Força esteja com você, Luke

Sequestrando o técnico da TV à cabo

Aviões, Nozes e o Relacionamento com Clientes

Relacionamento com Clientes ? CRIANDO UNIÃO ? Parte II - Final

Relacionamento com Clientes - CRIANDO UNIÃO - Início, Meio e Fim

Relacionamento com Clientes ? CRIANDO UNIÃO ? Parte II ? 5

Relacionamento com Clientes ? CRIANDO UNIÃO ? Parte II ? 4

Relacionamento com Clientes ? CRIANDO UNIÃO ? Parte II ? 3

Relacionamento com Clientes ? CRIANDO UNIÃO ? Parte II ? 2

Relacionamento com Clientes ? CRIANDO UNIÃO ? Parte II ? 1

Relacionamento com Clientes ? CRIANDO UNIÃO ? Parte 6

Relacionamento com Clientes ? CRIANDO UNIÃO ? Parte 5

Relacionamento com Clientes ? CRIANDO UNIÃO ? Parte 4

Relacionamento com Clientes ? CRIANDO UNIÃO ? Parte 3

Relacionamento com Clientes ? CRIANDO UNIÃO ? Parte 2

Relacionamento com Clientes ? CRIANDO UNIÃO

Ansiedade e Produtividade

O Mundo não acabou, mas e o Marketing, como fica?

Você trabalha hoje para o Marketing do Futuro?

A Construção do Novo Marketing

Profissional de Marketing de hoje deve ser repensado

Qualidade de Serviço ou Estratégia de CRM?

Privacidade de Informações ? O que é Público. O que é Privado



Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss