Artigos

Publicidade
Publicidade
Planejamento Estratégico

Sustentabilidade e aumento de vendas: gestão digital de contratos é caminho irreversível para empresas

Tendência pode (e deve) ser incorporada por todas as áreas das organizações

Por José Manuel Jiménez, - 19/05/2022

O recado é claro: sem adotar práticas mais sustentáveis, as empresas não vão sobreviver aos próximos anos. A mensagem foi reforçada inclusive durante a 26ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP26), que ocorreu em Glasgow. Mas, neste momento, muitos empreendedores devem estar se perguntando por onde começar. Um dos caminhos pode ser implementar uma cultura paperless no negócio, com a digitalização da administração dos contratos, por exemplo. Conforme dados da organização não-governamental WWF, a produção de uma tonelada de papel consome de 50 a 60 eucaliptos, 100 mil litros de água e 5 mil KW/h de energia.

Porém, essa tarefa de digitalização ainda enfrenta resistência em empresas de diversos portes. Uma pesquisa da Serasa Experian mostra que, embora 87% das companhias afirmem se preocupar em reduzir o uso do papel no escritório, 63% das empresas brasileiras de todos os portes e segmentos ainda não adotaram o processo de assinatura digital e/ou eletrônica. Esses negócios continuam gastando recursos naturais ao usar documentos em papel, além de enfrentarem desafios para o armazenamento e garantir a integridade no processo. A mesma pesquisa aponta que, dos empresários entrevistados que já tiveram problemas relacionados à segurança do papel, 76% sinalizaram extravio, seguido de prejuízo financeiro (10%), vazamento de informações (10%) e fraudes de identidade (5%). 

Já existem no mercado soluções tecnológicas que facilitam a gestão digital do ciclo de vida de contratos. Essas ferramentas garantem mais agilidade, controle contratual, transparência, segurança e ajudam a evitar perdas por fuga de valor. Além disso, são essenciais para empresas que queiram se manter competitivas e que estão motivadas para uma transformação digital em todos os setores, como RH, compras, vendas,  financeiro e jurídico.  

Um levantamento da World Commerce And Contracting Association (WorldCC) mostra que as empresas perdem 9,15% da receita a cada ano devido à má administração de contratos. Para evitar essa perda, uma solução Contract Lifecycle Management (CLM) não apenas digitaliza contratos, mas auxilia a agilizar todas as etapas do seu ciclo de vida, otimizando os processos de solicitação, elaboração, negociação, aprovação, assinatura eletrônica, armazenamento, execução, acompanhamento, análise e renovação ou rescisão dos contratos ou acordos. 

Vale reforçar que o contrato é um dos ativos econômicos mais cruciais para uma empresa. Por isso, uma gestão de contratos adequada, mais rápida e segura impacta diretamente em vários objetivos comerciais, tais como aumentar o rendimento, melhorar os processos de vendas, aumentar as vendas cruzadas ou reter e fidelizar clientes. Ou seja, administrar digitalmente os contratos pode alavancar as vendas e lucros e ser um importante passo para um crescimento sustentável e com propósito. 

Por: José Manuel Jiménez,

Por José Manuel Jiménez, advogado e CEO e fundador da Webdox CLM, startup que desenvolve software de gestão de contratos. Ele também é conselheiro para a América Latina da World Commerce and Contracting (WorldCC).