Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Crie uma marca que marque presença

A marca, quando bem construída, se torna o bem mais durável de uma empresa. Ela é quem vai diferenciar, qualificar e chamar a atenção dos consumidores

Por | 14/01/2016

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Para iniciar o processo de planejamento ou reestruturação de uma empresa o primeiro fator a ser pensado é o nome, ou seja, a marca. Todos os dias surgem mais produtos e serviços, os quais precisam de um nome para atrair as pessoas, a fim de aguçar nelas a vontade de comprar.

Analisando a vida até a possível morte de um empreendimento, podemos perceber que os logotipos envelhecem e podem ser renovados, as atividades vão se adaptando, a sede pode ser reformada, porém, a marca, quando bem construída, se torna o bem mais durável de uma empresa. Ela é quem vai diferenciar, qualificar e chamar a atenção dos consumidores. Para que esse objetivo seja conquistado, um processo de naming deve ser cumprido.

Você sabe o que é esse processo? Posso explicar. Trata-se da busca e seleção estratégica de termos que atingirão os objetivos da empresa e que estejam disponíveis para registro, o que atualmente está cada vez mais difícil, pois são mais de 12 milhões de empresas existentes no Brasil.

Agora você pode estar se perguntando: o que devo levar em consideração para criar o nome da minha empresa? Definir o público-alvo, a área de atuação da empresa, a comunicação visual e verbal, e providenciar o registro do termo são alguns quesitos fundamentais nessa criação. Pense que a marca precisa ser fácil de lembrar, ser forte e dizer o que a empresa faz. Lembre-se, ela deve agradar o público e não o dono.

Quando digo sobre o registro da marca, estou falando de algo que garante a segurança de que não haverá outras empresas ou pessoas usando o mesmo termo. Ao definir-se o nome, pesquise para ver se aquele termo já é usado por alguma empresa. Caso esteja liberado, indico que inicie o processo do registro e também compre o domínio que servirá como site ou mesmo para se evitar que outras pessoas utilizem seu termo no endereço da web. O objetivo principal nesse caso é não confundir o consumidor.

Percebemos que o mais comum no mercado é o empresário contar com a própria intuição na hora da criação de uma marca. O foco é quase sempre abrir as portas da empresa o mais rápido possível e, por isso, dá-se um nome qualquer ao produto ou serviço a fim de que a urgência em lucrar seja atendida, mesmo que o termo não expresse com assertividade o que a marca vai oferecer. É preciso atenção! O nome da sua empresa é o que vai marcar presença positiva ou negativa. A escolha está em suas mãos.

Por: João Garrido

Publicitário e sócio da Urso Propaganda.






Comentários


Acervo

Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss