Artigos

Publicidade
Publicidade
Planejamento Estratégico

Qual importância do diagnóstico de comunicação para 2022?

Sua empresa conhece a importância dessa ferramenta?

Por Isabela Pimentel - 21/12/2021

Um dos maiores erros das empresas é criar campanhas e planos de comunicação sem antes ter dedicado o tempo necessário ao diagnóstico.

De acordo com Kunsch (2003), o diagnóstico de comunicação integrada é um processo que visa identificar a realidade situacional da empresa.

Assim sendo, o diagnóstico é um processo sistêmico, conduzido através do levantamento de informações e análise de dados,  a fim de tirar uma ‘fotografia’ do atual momento da empresa.

Dessa forma, é a partir dos dados obtidos nessa fase, que a empresa consegue formular seus objetivos, metas e estratégias a fim de alcançar os resultados almejados.

Após entendermos o conceito de diagnóstico, é hora de pensar em sua importância e benefícios. A importância do diagnóstico está em permitir: 

-  Alinhar o profissional à realidade do ambiente em que ele irá atuar;
- Enxergar oportunidades e ameaças em eventuais estratégias;
-  Delimitar até onde deve e como deve operar;
-  Gerar dados estratégicos para tomada de decisão posterior no plano de comunicação proposto;
-  Entender os cenários (macro e microambiente).

Sendo um processo complexo, o diagnóstico de comunicação envolve observação atenta, escuta, análise, pois, para Kunsch, é ele que “direciona as técnicas e decisões que serão minuciosamente traçadas, tendo em vista atingir o que a organização almeja". (KUNSCH, 2003).

Confira as etapas detalhadas do diagnóstico: 

-   Estudo aprofundado do planejamento estratégico da empresa;
-   Metas e objetivos estratégicos da empresa para curto, médio e longo prazo; 
-  Analisar empresa e sua reputação;
-   Entrevistas com públicos estratégicos: parceiros, fornecedores, diretoria, colaboradores;
-  Auditoria de imagem;
-   Auditoria da reputação (redes sociais, mídia impressa, defesa do consumidor, manifestações de clientes);
-   Mapeamento de defensores e detratores;
-   Mapeamento de concorrentes nacionais e internacionais;
-   Pesquisas de opinião;
-   Pesquisa de mercado;
-   Pesquisas de clima;
-   Pesquisa de atendimento ao cliente;
 -   Grupo focal com formadores de opinião;
 - Compilação de dados;
-   Apresentação.

E aí, sua empresa está pronta para um diagnóstico de comunicação? Invista nesse processo e tenha dados ricos para criar seu plano de comunicação e marketing 2022! 

Por: Isabela Pimentel

Consultora, Professora e Fundadora da consultoria Comunicação Integrada