Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Sabe qual a principal tendência para o Inbound em 2017/2018? O inbound

Mega evento Inbound2017 teve um ponto dominante: o poder do inbound marketing para gerar resultados efetivos nos mais diversos segmentos e mercados é real

Por | 25/10/2017

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Eu poderia abrir este artigo com o velho clichê de que, contra fatos, não há argumentos. Afinal, um evento como o Inbound2017 que reúne mais de 20 mil profissionais de Marketing de todo o mundo para discutir um único tema durante quatro dias é algo que, por si, diz muito, senão tudo. Mas, seguindo os preceitos do inbound, o assunto que levou milhares de profissionais a Boston há duas semanas, melhor criar um storytelling, atrair sua atenção, oferecer soluções, dados relevantes e, no final, acredito que você irá concordar comigo.

Mas vamos começar pelo megaevento. Resumir quatro intensos dias de palestras técnicas, motivacionais e inspiradoras em um artigo é simplesmente impossível. Posso sim dizer que temas como autenticidade, proximidade, alinhamento e criatividade dominaram as conversas. Palestrantes chave como Brené Brown, Ed Catmull e Michele Obama fizeram milhares de adultos rirem, dançarem e, emocionados, aplaudirem de pé.  Pudemos conhecer novas técnicas e ferramentas, entender cases de sucesso e, em alguns casos, perceber que nossos desafios e algumas das saídas que encontramos são comuns a colegas da Europa e Ásia.

Mas o ponto dominante em todos os contatos foi um só: o poder do inbound marketing para gerar resultados efetivos nos mais diversos segmentos e mercados. De clientes a gestores de agências, passando por tudo o mais que você possa imaginar no meio entre as duas pontas deste balcão, o que vi foi um enorme alinhamento. O conteúdo relevante, desenvolvido e distribuído por meio das modernas ferramentas digitais é, hoje, a principal forma de conectar, engajar e fidelizar o consumidor. Ponto.

Por favor, não me entenda mal. Não estou defendendo que o inbound seja a grande panaceia da comunicação. Mas, num cenário onde o consumidor cada vez mais usa a internet para buscar informações antes de fechar uma compra - em especial para segmentos de maior valor financeiro - e em que toda a comunicação tradicional das marcas é colocada em teste continuamente, a ideia de que um marketing focado em ganhar o interesse das pessoas oferecendo algo importante para elas no lugar de simplesmente ficar empurrando produtos ou serviços goela abaixo faz muito sentido. Não é mesmo? As dezenas, digo, centenas de casos de sucesso que vimos no Inbound2017 comprovaram que sim.

É isso que vemos no setor da educação, que venho acompanhando há 15 anos. Tornando simples uma longa história, nosso foco sempre foi ajudar as instituições de ensino a captar e reter alunos por meio da comunicação. A ferramenta, seja publicidade tradicional, digital, social, call centers etc., sempre foi um meio para atingir este fim. E, para balizar nossas decisões, passamos a medir muito de perto tanto o desempenho de cada campanha/ativação, como o comportamento dos candidatos no período que antecede a inscrição. E qual não foi nossa surpresa ao ver que a maioria das conversões não partia de nossos anúncios pagos, e sim de conteúdos que os estudantes encontravam na internet e discussões nas redes sociais. Bingo!

A partir de então, passamos a dedicar mais e mais esforços para o inbound marketing e, claro, com resultados cada vez melhores e a um custo mais atraente para o cliente.

Repito, não acredito em comunicação feita com apenas uma dimensão. Publicidade tradicional, influenciadores, PR, marketing direto. O mix deve ser completo e equilibrado. Mas nossa experiência e tudo o que vimos e, principalmente, ouvimos de colegas no Inbound2017 reforçam a importância de se adotar uma estratégia forte de marketing voltado para o conteúdo. E, a partir daí, aplicar as linhas mestres que tanto discutimos em Boston: olhar para o seu público alvo, entender suas dinâmicas e necessidades, ajuda-lo a resolver seus problemas, ser sincero e, no caminho, construir uma relação de parceria no longo prazo.

Por: Gustavo Gonçalves

CEO da Mkt4Edu






Comentários


Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2015.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2017. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss
Evento: Influenciadores Digitais